As dez palavras


- Texto para reflexão: Então ele vos anunciou o seu pacto, o qual vos ordenou que observásseis, isto é, os dez mandamentos; e os escreveu em duas tábuas de pedra (Deuteronômio 4.13).

É fato que nós costumamos chamar o decalogo de “dez mandamentos”, mas o texto hebraico fala de dez palavras (Dt. 10.4; Êx 34.28). As dez palavras definem as condições necessárias para uma comunidade do povo de Deus livre, amorosa e justa se desenvolver e prosperar. Os três adjetivos — livre, amorosa e justa — são fundamentais.
A comunidade é um organismo intricado e complexo. E constituída de várias pessoas com diversos estados de espírito, idéias, necessidades, experiências, dons e dores, desejos e decepções, bênçãos e perdas, inteligência e estupidez, vivendo numa relação mútua de proximidade e respeito e adorando a Deus com fé.
Não é fácil e não é simples. As condições, definidas pelas dez palavras, pelo menos tornam esse convívio possível. Nenhuma das condições é onerosa. Todas são necessárias e inegociáveis (PETERSON, Eugene H. A maldição do Cristo genérico: A banalização de Jesus na espiritualidade atual. São Paulo: Mundo Cristão, 2007, p. 327)..
As dez palavras são dispostas em quintetos. O primeiro quinteto determina as condições referentes a Deus, o segundo, aos seres humanos. Cada palavra do primeiro quinteto de condições referentes a Deus usa a expressão "O Senhor teu Deus". No segundo quinteto, cada palavra é ordem direta e sem rodeios: "Não...".
Para vivermos em comunidade, o relacionamento com Deus deve ter precedência sobre o relacionamento com os homens e mulheres que podemos ver. Então devemos olhar para o plano divino e também para plano horizontal.
Adoramos a Deus respeitando-o, reverenciando-o, sendo criteriosos na adoração a ele. E também o adoramos quando amamos o próximo, quando preservamos a vida, quando respeitamos tudo o que nosso próximo tem. Quando não damos vazão a inveja e a cobiça.
Viver em comunidade, implica em ter o relacionamento com homens e mulheres que devem ser respeitados, porque se não respeitamos, não aodramos, se não honramos Deus através da criação, não aodramos, se não cuidamos do próximo, não servimos ao criador em adoração e reverência diante dele.
Interessante que gostamos de falar sempre das primeiras palavras, mas, é fato, não tem jeito de expressarmos na prática a primeira parte sem cumprir a segunda. Adoramos a Deus amando, vivendo em comunidade, respeitando o próximo.
As dez palavras são para a vida, o coração, para a comunidade dos que são tocados pela graça divina, a fim de viverem um projeto da aliança que é glorificar o Deus da vida por meio de sua própria criação.
Que adoremos a Deus na comunidade amando e sendo amados!

____________
Alcindo Almeida

Comentários

Postagens mais visitadas