Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2015

Fé e dependência

Descansar em Deus é como entrar num barco e não ter remo, mas sabemos que ele está no comando. Descansar é ter fé e dependência do caráter e vontade do Eterno na nossa vida (Alcindo Almeida).

Lectio divina no Salmo 131

Deus bendito, torna-me uma criança em tua presença para eu descansar em ti e celebrar no coração quem tu és e o que tu realizas dentro do meu coração. Amém!!!

O fardo pesado do nosso pecado

No capítulo 53.4 de Isaías está dito: Certamente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido. A linguagem que o profeta usa é de dores e sofrimento. E o texto nos aponta para o fato que não é somente aos males físicos que acontece a referência, mas a todo tipo de sofrimento humano. Quero crer que Isaías aponta para os sofrimentos físicos, mentais e espirituais. O servo tem dor e sofrimento para passar em favor de pecadores. Ele carrega sobre si mesmo todas as nossas falhas de caráter e alma realizando uma "expiação”. Ele cobre o nosso pecado e todas as nossas iniquidades. O verbo levar numa linguagem próxima do original nos mostra o sentido de carregar uma carga e arrastar-se. O Cordeiro divino carregou vicariamente e tomou sobre si mesmo o fardo pesado do nosso pecado. Ele fez isso por amor, graça e perdão. Ele levou sobre si a nossa deformidade de alma e caráter por graça, por isso, ele f…

Um Messias crucificado

Deus redimiu nossa raça decaída por meio da suprema contradição, um Messias crucificado. Nessa semana pensaremos sobre isso, Deus vindo a terra e sofrendo terrivelmente para redimir pecadores como nós (Alcindo Almeida).

O toque do pastor

Muitas são as dores na vida por causa das perdas, os momentos de frustração, as angústias. Estas realidades mostram o quanto precisamos do bálsamo curador que Deus tem. Como necessitamos do toque do pastor que tocou aquela mulher que sofria há doze anos com o fluxo de sangue e curou o seu corpo enfermo. Como necessitamos do toque do pastor que tocou o coração aflito de Maria Madalena e trouxe perdão. Como necessitamos do toque do pastor que tocou o coração do traidor Pedro e trouxe arrependimento para ele (Livro Salmo 23 - Descanso no pastor da nossa alma).

Lidando com as perdas sem dureza

Todos os dias nós somos chamados a sofrer nossas perdas. Vivemos no meio de um paradoxo com alegrias e tristezas. Mas, uma grande percepção nessa vida é lidarmos com as perdas sem dureza, percebendo que Deus está ao nosso lado, nos amando e olhando para nossa dor e sofrimento (Alcindo Almeida).

A totalidade do ser humano

Confundimos o conceito do senhorio de Cristo sobre a totalidade do ser humano e sobre todo o universo e não nos apropriamos das riquezas que a Bíblia oferece para nós mesmos, nossa vida e nossa cultura. O senhorio de Cristo sobre a vida como um todo significa que não há áreas platônicas no cristianismo, nem dicotomia ou hierarquia entre corpo e alma. Deus fez tanto o corpo como a alma, e a redenção é para o homem todo (A Arte e a Bíblia).

Cristo brilhando em nós

Uma triste realidade hoje é que quer o assunto seja divórcio, materialismo, promiscuidade sexual, racismo, abuso físico no casamento ou negligência à visão de mundo bíblica. As pesquisas apontam para uma desobediência gritante e generalizada a exigências bíblicas morais por parte daqueles que se dizem evangélicos, cristãos nascidos de novo. As estatísticas são devastadoras porque vemos um envolvimento com o teórico dissociado da prática verdadeira e honesta das Escrituras Sagradas. Um monte de gente que se diz cristã, rouba, leva vantagem nos negócios e não transpira o Evangelho genuíno. Acredito que precisamos de uma conversão sincera e profunda entre nós, quando nos rendemos diante do Senhor Jesus e começamos a fugir dos nossos próprios pecados. Para que Cristo brilhe em nossa maneira de viver (Alcindo Almeida).

Uma teologia operante

Uma “teologia operante” é a teologia que se expressa no burburinho das praças, onde a crença e a experiência de Deus adentra os sistemas de ideias, as religiões e a vida de cada dia das pessoas no mundo greco-romano, ao iniciar-se a segunda metade do primeiro século. A tarefa teológica de Paulo é a mais complexa porque tem lugar num ambiente racial e socialmente diversificado. Em parte, portanto, as questões suscitadas por Paulo inter-relacionam-se com o que o Deus dos judeus (o único Deus) estava fazendo na história por intermédio de Cristo e do Espírito (Gordon D Fee - Paulo, o Espírito e o povo de Deus).

A nossa história humana

Nossa compreensão de Deus é para sempre marcada pelo fato de que em Cristo Ele ganhou consistência num certo momento de nossa história humana (Gordon Fee).

O Espírito Santo como uma pessoa

Lendo sobre a visão de Paulo, ele compreende o Espírito Santo como uma pessoa. O Espírito é o sujeito de um grande número de verbos que requerem um agente pessoal: Ele perscruta todas as coisas (1 Co 2.10), conhece a mente de Deus (1 Co 2.11). Ele ensina o conteúdo do evangelho aos cristãos (1 Co 2.13), habita entre ou dentro deles (1 Co 12.11; Rm. 8.11; 2 Tm 1.14), realiza todas as coisas (1 Co 12.11), dá vida àqueles que creem (2 Co 3.6), clama dentro de nossos corações (Gl. 1 4.6), guia-nos nos caminhos de Deus (Gl 5.18; Rm 8.14), testifica com o nosso espírito (Rm 8.16), milita contra a carne [desejos carnais] (Gl 5.17), ajuda-nos em nossa fraqueza (Rm 8.26), intercede por nós (Rm 8.26,27), opera tudo juntamente para o nosso bem (Rm 8.28). Ele nos fortalece (Ef. 3.16) e se entristece com nossa pecaminosidade Ef. 4.30 (Alcindo Almeida).

Uma manifestação visível

O Espírito é tanto a expressão interior da invisível personalidade de Deus como a manifestação visível da atividade de Deus no mundo (Gordon Fee).

O amor de Deus

O amor de Deus para nós tem sido derramado como uma realidade pródiga experimentada pela presença do Espírito Santo, que Deus tem também profusamente derramado em nossos corações (Gordon Fee).

Ele está conosco todo dia

Diante da luta de cada dia temos de ter esta certeza no coração: o nosso pastor amado está conosco. Ele dirige a nossa vida, ele controla todos os nossos passos e não permite que andemos sozinhos sem a intimidade dele. Jesus nos ampara na hora da dor. Ele prometeu que estaria conosco todos os dias da nossa vida, e ele cumpre esta promessa sempre (Livro Salmo 23 - Descanso no pastor da nossa alma).

Deus cuida dos detalhes da vida

Jesus disse em Mateus 6.26: Observem as aves do céu: não semeiam nem colhem nem armazenam em celeiros; contudo, o Pai celestial as alimenta. Não têm vocês muito mais valor do que elas? Esta é uma razão pela qual não devemos andar de maneira ansiosa, porque Deus dá provisão de alimento para as aves, que dirá para aqueles que são povo dele, aqueles que são seus filhos. A palavra de Jesus é que nos um valor maior do que as aves. Somos propriedade exclusiva da Trindade e, portanto, ele suprirá nossa necessidade. Você está em crise? Saiba desta verdade para o coração. Deus se importa com você, ele não o abandona nunca. Ele olha para a sua criação com cuidado e prazer. Apesar de sermos pecadores miseráveis, Deus se importa e cuida de nós (Alcindo Almeida).

Sonhar, sonhar...

Olhando para a vida, muitas vezes, pensamos que não podemos somar para a vida, mas podemos, sim, podemos. Todos temos sonhos e desejos na vida. Enquanto há fôlego devemos sonhar, sonhar e sonhar. Quando estava no Seminário tinha o desejo de escrever livros, mas não tinha abertura em nenhuma editora, comecei meus projetos e sonhava todos os dias em lançar meu primeiro livro. Mandei para 51 editoras e todas responderam não. Até que um dia uma Editora disse sim. Saiu meu primeiro trabalho e hoje já tenho 20 livros editados pela graça divina. Não desanime nos seus alvos e metas para a vida, busque, sonhe, corra atrás e dependa do Eterno Deus em tudo o que realizar na sua caminhada (Alcindo Almeida)

Presença

Presença é uma palavra deliciosa—porque aponta para uma de nossas grandes e preciosas dádivas. Nada mais pode ocupar o lugar da presença, nem presentes, nem telefonemas, nem fotos, nem lembranças, nada. Pergunte à pessoa que perdeu seu cônjuge de longos anos do que mais ela sente falta; a resposta invariavelmente será “presença”. Quando estamos doentes, não precisamos tanto de palavras confortadoras quanto precisamos da presença daqueles que amamos e nos amam. Deus nos fez desta forma, à sua própria imagem, porque Ele mesmo é um ser pessoal que se relaciona (Gordon Fee).

O nosso socorro verdadeiro

A vida só faz sentido quando entendemos que o Senhor é o nosso socorro verdadeiro e presente em todos os momentos dela  (Livro Salmo 23 - Descanso no pastor da nossa alma).

Seres livres

Na oração descobrimos que não há obstáculos entre nós e Deus, não há palavras ou orações pré-formuladas. A oração nos obriga a penetrar na verdade. Mas, a verdade nos tornará em seres livres e ela nos colocará em ordem, nos endireitará quando nossos pensamentos e desejos não estiverem corretos diante de Deus (Alcindo Almeida).

Nada pode nos separar

O bom pastor nos faz entrar em comunhão com ele e ouvirmos a voz do Santo Espírito. Daí, não tem mais cadeias que nos prendem e nenhum peso na consciência que nos separe de Deus Pai. Não! Nada pode nos separar deste amor e da comunhão com a Trindade. Porque o bom pastor veio ao nosso encontro. O relacionamento com o bom pastor nos dá a liberdade que os poderes das trevas nunca poderão tirar.  Porque o bom pastor veio para habitar dentro do nosso coração (Alcindo Almeida).

A fragilidade da nossa vida

Na vida temos uma razão maravilhosa para ter esperança em meio a dor e a angústia do coração; é a graça oculta do Pai em nosso caminhar quando o pastor nos leva para os lugares de alívio (Livro Salmo 23 - Descanso no pastor da nossa alma).

Sua misericórdia dura para sempre

A palavra misericórdia tem uma eficácia enorme no nosso coração. Ela aparece cerca de 150 vezes na Bíblia e quase a metade delas, no livro dos Salmos. Misericórdia é Deus não nos castigar como merece nosso pecado. Misericórdia é Deus deixar de dar o que merecemos de fato, condenação. Esta palavra existe porque a palavra pecado existe. Deus não tem obrigação de perdoar e nos amar por causa de nós. Se ele intervém por nós é apenas porque sua misericórdia dura para sempre. Misericórdia é Deus amar gente que merece a perdição e separação total dele. Sejamos gratos pela misericórdia divina para conosco (Alcindo Almeida).

Falando em fé

Quando começamos a falar em ansiedade não podemos falar em fé. A ansiedade não deixa que o homem entregue tudo para o pastor que nos guia sempre (Livro Salmo 23 - Descanso no pastor da nossa alma).

Transformação na vida das pessoas

Chamado, Vocação, Transformação, Evangelho e Reino. Num momento tão caótico que vive o nosso país, tais palavras precisam ecoar mais que nunca no grupo que se diz "protestante". O nosso chamado é para salvação em Cristo Jesus e como chamados, a nossa vocação é servir com os talentos que o Eterno nos deu, sendo cristãos autênticos, verdadeiros e honestos em tudo. O nosso envolvimento que gera transformação na vida da pessoas é através do que chamamos de missão integral. Nós apresentamos o Evangelho do Reino de Deus, o único que pode transformar essa nação corrompida até o limite. Então, protestemos realizando a missão na terra! (Alcindo Almeida).

Babilônia do Caos

Novela Babilônia, digamos não para essa Rede Globo, que não respeita princípios e valores normais numa sociedade. A moral e ética para essa emissora valem zero. Não deixemos nossos filhos verem o que se passa nessa tela, porque os entregaremos ao nível mais baixo que um ser humano pode ter. Falo sério demais gente!!

A voz do pastor divino

Orar inclui escutar a voz do pastor divino da nossa alma. A sua voz é o ressoar tranquilo, é quase um sussurro, é a voz de um amor gentil que se dá na cruz em favor de pecadores. Só que no meio do barulho da correria parece que às vezes, não conseguimos ouvir essa voz e ecoa no coração. Precisamos fugir do barulho para escutar o bom pastor com o coração (Livro Salmo 23 - Descanso no pastor da nossa alma).

Um descanso necessário

Nesse mundo tão corrido e agitado precisamos urgentemente buscar o Nesse mundo tão corrido e agitado precisamos urgentemente buscar o descanso na presença profunda do pastor da nossa alma. É impossível vivermos nele sem que a nossa alma encontre o descanso necessário diante de Jesus (Livro Salmo 23 - Descanso no pastor da nossa alma).

A voz de Deus

Precisamos ir para o lugar onde a voz de Deus seja ouvida, um lugar onde o coração repouse de maneira tranquila (Livro Salmo 23 - Descanso no pastor da nossa alma).

Lugares tranquilos

Nos lugares tranquilos, que encontramos forças para renovar o nosso vigor emocional e espiritual. Nos lugares tranquilos que paramos para orar e experimentar a presença de Deus Pai. Nesses lugares encontramos descanso da parte de Deus, alento, refrigério, restauração para o nosso coração. Esses lugares são necessários para alimentar a nossa alma. Precisamos deles, não para fugir do mundo, mas para contemplá-lo de longe e poder compreendê-lo; não para nos afastar do trabalho e da rotina, mas para respondermos com mais responsabilidade a eles (Livro Salmo 23 - Descanso no pastor da nossa alma).

Ele vê nossa dor

O pastor a quem servimos pode ver a nossa miséria e derramar sua compaixão a fim de nos socorrer em tempo oportuno. O nosso pastor pode ver a nossa dor e nos consolar com a sua graça à medida que necessitamos, porque ele sabe o que significa a dor. Jesus, mais do que qualquer outro ser humano, entende e se identifica com a dor humana (Livro Salmo 23 - Descanso no pastor da nossa alma).

Uma lei bíblica do sucesso

O sucesso demora, dói e dá trabalho. Por outro lado, você pode ter certeza de uma coisa: dói menos e demora menos do que não ter sucesso, do que desistir, do que não ter sonhos nem planos e ficar à margem da vida (As 25 leis bíblicas do sucesso).

Antídotos na vida

• Desenvolva a paciência.
• Aproveite o que pode parecer uma “demora” para adquirir
mais conhecimento e experiência.
• Lembre-se de que a direção correta é mais importante que a velocidade (As 25 leis bíblicas do sucesso).

As nossas limitações

O nosso pastor conhece as nossas limitações e sabe exatamente aquilo que precisamos. Não é preciso ficar preso pelo querer ter, pelo querer resolver as situações da vida. Ele sabe aquilo que é melhor para a nossa sobrevivência (Livro Salmo 23 - Descanso no pastor da nossa alma).

Ser encontrado

O nosso pastor é o Deus das verdades absolutas e inquestionáveis, ele é o único Deus verdadeiro que está ao nosso lado e sempre luta em favor do seu povo. O nosso pastor é o Deus que permite ao homem ser encontrado e que responde aos seus questionamentos. O nosso pastor é, ao mesmo tempo, gracioso e bondoso em suprir as necessidades do seu povo. O nosso pastor sempre intercede pelo seu povo, sempre zela pelo seu povo, sempre socorre o seu povo (Livro Salmo 23 - Descanso no pastor da nossa alma).

A minha alma chora

Antes que me joguem pedras, quero dizer que o que escreverei é só uma posição e visão que tenho do quadro atual da política brasileira e momento que passa o nosso país. Eu quero dizer que entendo melhor porque nossa amiga e honesta Marina Silva não alcançou a chance de se tornar presidente (a) da nossa nação. Ela foi humilhada e esse partido dos "petralhas". Ele fez de tudo usando mentiras e articulações falsas para denegrir a campanha da nossa candidata. Ainda bem que ela não entrou, seria terrível para sua equipe pegar um país que está um estrago total e completamente assaltado por essa corja que está no Planalto. Não escapa quase ninguém! Todos com algum tipo de corrupção nas costas. Conta-se nos dedos quem realmente ainda pensa e luta pelo ideal de ordem e progresso! A fala é: povo que se diz cristão de fato e de verdade, é hora de nos ajoelhar, porque os dias são terríveis e de profunda dor. Estamos no tempo de escassez e humilhação da nossa terra. Viramos motivos de de…

Fala serena e sábia de Marina Silva

“Qualquer governante pode pedir suor e lágrimas. Só não pode fazer isso mentindo. O teor do pronunciamento da presidente Dilma Rousseff foi muito ruim. Por trás de palavras como ‘paciência’, ela camuflou uma versão dos fatos que ofende a inteligência. Disse que a crise internacional explica a conjuntura brasileira, que nem está tão ruim; a imprensa é que confunde, em vez de esclarecer. Depois de uma campanha em que mentiu sobre a situação econômica e energética do país, fica muito difícil ouvir a mesma irritante distorção da realidade. A explicação para a mudança de inflexão da política econômica poderia ser feita de forma mais sincera, se ela não tivesse feito um marketing tão agressivo, acusando os seus adversários de preparar o que ela já sabia que tinha contratado.” Miriam Leitão em sua coluna no jornal O Globo expõe sua opinião – esta sim sincera – sobre o pronunciamento da presidente Dilma no domingo – http://bit.ly/1EQxgyy

O nosso país está doente

Ontem recebemos aqui na nossa comunidade a Dra. Damaris Alves, que é educadora, advogada, pastora e assessora parlamentar. Há mais de 35 anos ela vem ministrando sobre a defesa da criança, dos direitos dos pais e da família e em defesa da vida humana, seja qual for a etnia ou cultura.  Ela disse que o nosso país está doente em todas as áreas. Nossas crianças são desprezadas, o governo não se preocupa com a vida humana. Ouvimos muito sobre a verdadeira leitura do estado do nosso país. E a noite terminou com os gritos, vaias, panelas batendo e buzinas ouvidos em algumas cidades do país durante o discurso da presidenta dos petistas. E na verdade, para quem não viu, não perdeu nada. Porque qualquer fala da presidência, só reflete o estado de Marte (outro planeta).  Porque o que se fala, não tem nada a ver com a realidade cruel, dura e problemática que o nosso país vive. O Brasil está num verdadeiro caos em todos os setores. Na economia, na saúde, na educação, na segurança e nas políticas…

O pastor por excelência

O Senhor é o pastor da nossa alma e é ele quem resolve os nossos conflitos, quem resolve as nossas dores da alma. É ele quem dirige o nosso coração nos momentos de tristeza e pesar. É ele quem consola o coração de alguém quando perde aquele a quem ama. É o pastor da nossa alma que fortalece o coração da mãe aflita que sofre pelo filho distante e envolvido com amizades reprováveis. É ele que acalma essa mãe quando ela não consegue dormir enquanto o filho não chega em casa. É o pastor que alegra o coração do pai que espera pela conversão do filho distante de Deus e da família. É o pastor da nossa alma que fortalece o que está cansado e ferido num leito de dor no hospital, cujos médicos disseram não haver mais jeito. Só o pastor por excelência pode consolar pessoas assim (Livro Salmo 23 - Descanso no pastor da nossa alma).

A realidade de Deus

Somente pessoas com experiência de oração como Davi, permanecem diante de Deus Pai no deserto. A realidade do Deus verdadeiro revela o nosso caráter, a nossa relação mostra se o temos como o único Deus no sofrimento, mesmo no deserto da vida. No deserto se revela a realidade do que Deus representa para nós, se o temos como nosso pastor, ou se para nós, ele não passa de um servente dos desejos e dos prazeres (Livro Salmo 23 - Descanso no pastor da nossa alma).

Dependência total

Vivemos em dias em que os “gurus” da pós-modernidade são celebrados todos os dias como se tivessem a resposta para os dilemas milenares da alma humana. Mas, eles não têm essas respostas divinas, aquela solução humana para a vida que necessita de Deus. Jesus, o pastor da alma, ele sim, tem a solução do vazio no coração, ele quem dá solução para o coração desesperado e nos motiva a viver a vida com a graça e a dependência total dele. O pastor da nossa alma nos sustenta, anima e traz esperança sempre (Salmo 23 - Descanso no pastor da nossa alma).

O pastor gracioso e bondoso

O nosso pastor é Deus das verdades absolutas e inquestionáveis, o único Deus verdadeiro que está ao nosso lado e sempre luta em favor do seu povo. O nosso pastor é o Deus que permite ao homem ser encontrado e que responde aos seus questionamentos. O nosso pastor é, ao mesmo tempo, gracioso e bondoso em suprir as necessidades do seu povo. O nosso pastor sempre intercede pelo seu povo, sempre zela pelo seu povo, sempre socorre o seu povo (Salmo 23 - Descanso no pastor da nossa alma).

Descanso no pastor da nossa alma

Neste salmo Davi quer depender de Deus Pai. Ele quer estar nos braços de Deus como uma criança desmamada quer estar no colo de sua mãe. Ele não quer fazer nada por si mesmo; quer se voltar sempre para o Pai, somente isso. Só assim julga que a sua alma ficará totalmente tranquila, descansada diante de si mesmo. O seu alimento é Deus, a sua contemplação é a do Pai. Exatamente por isso, a sua alma está absolutamente serena e tranquila (Salmo 23 - Descanso no pastor da nossa alma).

Salmo 23

O salmista não diz que o seu poder era o seu pastor, que a sua riqueza era o seu pastor, não, mil vezes não! O Senhor, aquele que assume o caráter de pastor por excelência, era o seu pastor. Aquele que é bondoso, misericordioso e amoroso é que orientava e guiava a vida de Davi (Salmo 23 - Descanso no pastor da nossa alma).

A vida tem todo o sentido

Quando as pessoas são atraídas pela graça do Senhor Jesus, elas aprendem que ele é o caminho, a verdade e a vida. Elas aprendem que o seu fardo é leve e suave. Elas aprendem que na presença dele a vida tem todo o sentido e que ele traz consolo para a nossa vida em todas as situações dela (Livro: O Jesus do Evangelho de Mateus).

Leituras em fevereiro de 2015

WIERSBE, Warren. Jesus presente. Rio de Janeiro: Thomas Nelson, 2011. Em seu livro Jesus Presente, Warren comenta que o passado pode ser devastador mas o seu futuro, e  lança luz às declarações de Deus através da escritura e  história, e mostra como elas podem interferir positivamente na vida das pessoas.
BALTHASAR, Hans Urs. Teologia da historia. São Paulo: Editora Cristã Novo Século, 2005. Cristo é visto como o cumprimento da história realizada e o sentido da história por vir.É com prazer que entregamos aos nossos leitores Teologia da história de Hans Urs Von Balthasar, mais um clássico da teologia disponível para você.
ORTBERG, John. Fé e duvida. São Paulo: Editora Vida, 2011. Neste livro, o autor examina em os temores e as incertezas que costumam turvar nossa visão de Deus. Neste revigorante olhar de franqueza para uma vida de fé, o autor traça a linha divisória entre a crença e a descrença: menos um risco a delimitar dois lados hostis que o gume de uma lâmina a penetrar a alma. Sua…