Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2019

Leituras em novembro de 2019

Imagem
LEMAN, Kevin. Transforme sua família em cinco dias. São Paulo: Mundo Cristão, 2019. Repleto de testemunhos inspiradores, informações curiosas e abordagens divertidas, o livro traz um apanhado de conteúdos importantes para todo leitor que deseja ser um agente participativo na restauração de seu lar. No livro, Kevin Leman, psicólogo clínico de fama internacional, aborda diversos temas preciosos para a saúde da família e mostra soluções possíveis para os problemas do dia a dia, tudo por meio de uma proposta fácil e altamente prática. Contém 224 páginas. 
NICODEMUS, Augustus. Cristianismo facilitado. São Paulo: Mundo Cristão, 2019. Após a excelente repercussão de suas obras Cristianismo descomplicado e Cristianismo simplificado, Augustus Nicodemus apresenta Cristianismo facilitado, em que o autor prossegue sua jornada de tornar compreensível os principais tópicos da fé cristã e suas aplicações no dia a dia. Seu método é simples, mas não menos eficaz: questionamentos complexos no campo da …

Fragilidade na dor

Imagem
Henri Nouwen afirmou no livro O sofrimento que cura: “Ninguém escapa de ser ferido. Somos todos pessoas feridas, física, emocional, mental ou espiritualmente. A questão principal não é como podemos esconder nossas feridas, para assim não nos sentirmos envergonhados, mas como podemos colocá-las a serviço de outros.”  Quando nossas feridas deixam de ser uma fonte de vergonha e passam ser a uma fonte de cura, nos tornamos pessoas feridas que curam. No meio das nossas feridas encontramos a pérola do nosso verdadeiro ser interior. Pois, as feridas tiram as máscaras que usamos e a carcaça que colocamos em volta da nossa alma para nos proteger dos outros. As feridas mostram a nossa fragilidade da alma e o quanto precisamos do ombro amigo para chorar as dores do ser. Através das feridas que temos, mostramos que somos mais humanos, mais sensíveis e mais empáticos diante da dor dos outros que sofrem.  Jesus foi assim, ele veio aqui entre nós, ele assumiu a natureza humana com todas as fragilidade…

Nele vivemos e existimos

Imagem
O mundo pós-moderno é o mundo do desencanto, da decepção, da desilusão e das incertezas. Emocionalmente, a modernidade refletiu o progresso, o otimismo e a confiança na tecnologia. O pós-moderno vive o oposto da ideia de depender do ser divino. O pós-moderno acha que tudo é subjetivo e vive pelo movimento dos sentidos. É um movimento que cortou Deus no centro de tudo. A pessoa diz: eu sigo minha vida e determino tudo para mim. Não preciso de ninguém, sou um ser divino e ando com vibrações. Ela só não pensa assim quando está num ofício fúnebre e vê que um caixão é carregado por outros, não pela própria pessoa que é finita, limitada e insuficiente para as realidades da vida humana. Paulo nos convida a ter a percepção da dependência de Deus, quando afirma em Atos 17: Seu propósito era que as nações buscassem a Deus e, tateando, talvez viessem a encontrá-lo, embora ele não esteja longe de nenhum de nós. Pois nele vivemos, nos movemos e existimos. Como disseram alguns de seus próprios poetas…

Drive thru de oração

Imagem
Fico pensando como usamos Deus na oração. Usamos Deus para nos socorrer quando estamos precisando de ajuda e a solução dos problemas. Só que ele não é um atendente celestial pronto a responder a nosso aceno e chamada para satisfazer nossos caprichos. As vezes, pensamos que Deus é um drive thru de oração, que chegamos, fazemos o pedido e somos atendidos a hora que sentimos em pedir. Por isso, alguns até acham que temos poder na oração e podemos exigir qualquer coisa da parte dele, que dará.  Não, mil vezes não! A oração não é para isso! A oração não é algo para usarmos Deus, tratarmos Deus como o nosso serviçal das vontades, necessidades e desejos humanos. A oração é para exercitar nossa dependência daquele que é dono e Senhor da nossa vida. A oração é para o diálogo como o nosso amigo celestial. A oração é para expressar o nosso amor, dedicação, reverência e abertura do nosso ser para Deus. A oração é para dizermos para Deus que o amamos e o servimos, concordando com a vontade e quere…

Precisamos de um santuário

Imagem
No texto de 1 Samuel 21.1-6, percebemos que Davi vai ao Santuário para se fortalecer. Lá ele recebe o pão para matar sua fome, e a espada para se manter na luta diante da perseguição do rei Saul. Eu acredito desde criança que, o santuário é fundamental para o crescimento e alimento espiritual da nossa vida cristã. Não é por acaso que o salmista afirmou: Alegrei-me quando me disseram: vamos à casa do Senhor.  Precisamos de um santuário para nos voltar quando estamos cheios de lutas, tribulações e as dores na alma. Precisamos de um santuário para nos sustentarmos na presença de Deus. Precisamos de um santuário para demonstrar a nossa alegria e singeleza de coração diante de Deus.  Precisamos de um santuário para aprender a viver nesse mundo perigoso e hostil aos valores da nossa fé. Os lugares santos são necessários para vivermos. Mas, não quero me expressar aqui que o santuário para nós, seja apenas a ideia do templo. O templo somos nós, a casa de Deus somos nós. Mas, me refiro ao lugar …

Vida em comunhão

Imagem
Henri Nouwen certa vez disse que vida cristã é vida em comunhão. Ele diz mais: o Deus que vive em nós faz com que reconheçamos o Deus em nossos semelhantes. O nosso Deus se manifesta em formas concretas em nós: através do perdão, da reconciliação, do gesto de amor, compaixão, preocupação com o outro. Através da repreensão, da intimidade, da amizade, do partir do pão. Segundo Nouwen, mais do que a eucaristia, a “vida eucarística” é que faz a diferença no dia-a-dia, a cada gole, a cada gesto, como uma celebração constante no seio da graça e na casa de Deus, que existe onde quer que pessoas estejam reunidas em seu nome.  Comunhão é algo divino mesmo, porque nela aprendemos mais sobre os outros, sobre as necessidades de uma pessoa e sobre afetos. Comunhão é dividir a alma com o outro, é abrir o coração e dizer como estamos.  Não foi sem pensar que Paulo disse que deveríamos amar cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-nos em honra uns aos outros. Ele disse que deveríamos …

Um jeito divino de amar

Imagem
Pensando na criação, Deus rompeu o silêncio diante do homem com as obras poderosas da sua graça amorosa e resolveu também por graça e amor mostrar a redenção na história. Ele fez tudo isso simplesmente para revelar a si mesmo como Senhor tanto do espaço, como do tempo. Que Deus maravilhoso e relacional não?  Deus resolveu se relacionar criando o ser humano e demonstrando o seu jeito de amar gente através da Cruz de Jesus Cristo de Nazaré! Ele criou Adão e Eva para refletir neles um pouco da sua graça, inteligência, bondade, criatividade, amor, justiça, compaixão, arte em ver o belo, misericórdia, companheirismo, felicidade e os afetos.  Deus nos dá a graça de imitá-lo na sua comunhão e amor. Deus nos dá o privilégio de sermos os jardineiros da sua criação. Evidentemente que o pecado manchou o belo dentro do decreto divino, temos mais dificuldades de expressar os atributos comunicáveis de Deus, por causa da nossa natureza pecaminosa. Mas, ainda assim, sendo restaurados no interior do cor…

Minuto de Graça #158 - Alegria e dor

Imagem

Sinceridade na vida

Imagem
A história da vida de Davi é uma história cheia de humanidade. Mostra um servo de Deus que não busca ser super espiritual, nem quer bancar o santarrão. Ele não procura se deter na moralidade quando compartilha sobre Deus, mas que apenas vive, como humano que é, na comunhão com Deus diária, reconhecendo seus erros, suplicando por misericórdia e se sentindo acolhido por Deus.  Eu gosto demais da sinceridade de Davi, ele não esconde quando está triste, alegre, ele é pontual quando precisa. Às vezes, ele pega pesado na vida, quando fala com Mical, depois de ser questionado porque dançou para Deus. Ele responde dando um recado duro e sério para ela: Eu reinarei no lugar do seu pai. E quem me colocou nisso tudo foi Deus, não você! Então tome o seu lugar mulher! Ele é sincero na relação com Deus e pede humildemente para Deus não tirar a alegria da salvação quando ele peca. Ele peca feio ao matar Urias e adulterar com sua mulher. Ele reconhece de maneira séria a sua miséria e a sua podridão de…

Rasguemos a alma na oração

Imagem
Como é bom viver na confiança da dependência de Deus através da oração. Pois, ela é o encontro que faz parte da vida cristã, como um fenômeno de transformação. Este encontro nos torna diferentes do que éramos antes. Este encontro nos coloca diante daquele que nos faz vislumbrar o ser da nossa identidade e o quanto precisamos dele. Davi entende isso e afirma que todo homem procurará a Deus em oração. Porque na oração temos o privilégio de conhecer a Deus. Na oração acontece o encontro entre o criador e a criatura. Na oração conhecemos mais sobre provisão, graça, cuidado e amor*. Na oração somos transformados em nosso ser, aprendemos mais sobre comunhão com a Trindade. Na oração crescemos na espiritualidade porque aprendemos a abrir a nossa página interna diante do nosso Senhor. Na oração rasgamos a nossa alma diante dele e dizemos sem medo quais são as carências, fraquezas e dilemas da nossa alma. Não tenhamos medo de ir para o tempo de quietude e lá abrirmos o nosso coração diante daq…

É lá que vou morar

Imagem
Há um paraíso preparado para nós povo de Deus. O ladrão da Cruz está ao lado de Jesus e é tocado pela graça divina e faz um pedido profundo: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino. E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso. Que resposta maravilhosa e marcante de maneira eterna para esse homem. Ele foi aceito por Jesus e foi livre o inferno terrível que o separaria do céu para sempre. Nós somos os ladrões que ganhamos um lugar na família do Deus Eterno. O Senhor Jesus deu a graça daquele ladrão compreender mesmo que por um momento, o Reino de Deus e o Paraíso. Como um rei estaria numa cruz? E como ele poderia prometer um paraíso? Isso é a fé que esse ladrão recebeu e nós também recebemos em Cristo Jesus.  Temos um Senhor que é dono do Reino e ele nos promete redenção nele, que é a comunhão do céu e da casa dele. Temos de presente a morada do Pai na terra redimida. Para quem? Para pecadores como nós, para pessoas miseráveis que são aceitas pe…

Rejeição e desapontamento

Imagem
Quando sofremos algum tipo de rejeição ou desapontamento, ficarmos tão desencorajados que paramos na vida. Travamos o nosso passo para frente, porque a rejeição vai lá dentro mesmo e nos entristece profundamente. A rejeição acaba com a nossa motivação e destrói parte dos sonhos que temos na nossa vida. 
São inúmeros os sentimentos que passam em nossa mente quando alguém nos desqualifica, quando alguém nos menospreza e fala de algo que não sabemos fazer, ou algo da nossa fraqueza. Geralmente dizemos: Talvez eu não tenha talento mesmo! Acho que nunca conseguirei fazer algo bom mesmo! Nunca farei algo certo na vida!.  Quando o desapontamento ou a rejeição atacarem, voltemos para Deus. Ele que nos conhece, ele que nos formou, ele que conhece todos os detalhes da nossa existência. Claro que diante do desânimo, desistimos facilmente dos sonhos. É verdade que Deus fecha algumas portas em trajetórias da nossa vida, mas não porque nos rejeita ou porque se esqueceu de nós, mas porque tem algo me…

Sigamos confiantes

Imagem
O famoso arquiteto Frank Lloyd Wright criou vários prédios e tudo muito bonito, além de outras estruturas extraordinárias. No final de sua carreira, um repórter perguntou: De todos os seus lindos projetos, qual é o favorito? Ele respondeu: O próximo. Frank capitou o princípio de continuar lutando até o limite, de constantemente seguir tentando, de nunca ficar satisfeito com os sucessos do passado.  Muita gente está vivendo bem abaixo do potencial. Alguns pararam no tempo e estão desanimados na toada da vida. Eu lembro quando cheguei a editar meu livro, simples e numa editora totalmente desconhecida. Lembro que antes de editar, recebi 51 respostas negativas. Batia na porta pedindo para editarem meu projeto. Era doloroso e poderia ter desistido fácil daquele sonho de editar meus livros.  A vida é cheia de desafios, ela é cheia de processos duros, tão duros que parece que não teremos forças para continuar. Isso me lembra o texto de Hebreus 11: Os quais, por meio da fé, subjugaram reinos, p…

Minuto de Graça #157 O amor que acolhe

Imagem

Ervas daninhas da amargura

Imagem
Nós sabemos que os psicólogos observam que o cultivo das ervas daninhas da amargura e do rancor tem um custo muito alto. São as traições feitas por cônjuges infiéis. São os pais negligentes e insensíveis, pais que violentam os seus próprios filhos. São aquelas lembranças dolorosas de abuso sexual sofrido na infância pelo próprio membro da família. São os parentes cruéis que nos trataram de maneira cruel e desumana. Há muitas dores no coração e relacionamentos profundamente afetados e que trouxeram tristezas profundas e há uma enorme dificuldade em perdoar.  Eu vivi uma história muito triste com uma pessoa que me humilhou na frente de todos. Estava cumprimentando as pessoas ao final do culto, numa das comunidades que fui pastor. Essa pessoa me colocou para baixo, disse que eu não era pastor e nunca seria aceito como pastor. Disse que eu era um desqualificado total. Confesso que fiquei remoendo durante alguns meses aquelas palavras malditas e desumanas. Quase fui azedado pelas ervas d…

Alegria e tristeza

Imagem
Não tem jeito, temos alegria e tristeza nessa vida. Várias vezes pensamos que a alegria não pode conviver no mesmo lugar que a tristeza está. Assim, a alegria significaria ausência de tristeza e a tristeza, ausência de alegria. Quando olhamos para a vida em sua complexidade, vemos que muitas vezes elas andam juntas e estão até misturadas. A alegria que se vive se torna mais profunda quando se conhece o que é tristeza. Jesus foi o homem das dores, mas também o homem da alegria radiante. Ele disse: A minha alegria é completa em vocês. Ele teve alegria mesmo quando sofreu por nós na Cruz do Calvário. Jesus nos ensina a conviver com esses dois processos da vida sem desespero. Não ficamos loucos quando acordamos tristes e no mesmo dia, somos invadidos pela alegria divina em nós. Henri Nouwen disse: O cálice da vida é o cálice da alegria tanto quanto é o da tristeza. É o cálice no qual tristezas e alegrias, dor e felicidade, luto e dança nunca se separam. Se as alegrias não pudessem estar ond…

Aceitação da fragilidade

Imagem
A vida do ser humano não é só sofrimento, mas envolve sofrer também. É evidente que é impossível eliminar o sofrimento nesta vida, pois esse é inerente a ela, como uma das consequências da nossa natureza adâmica (natureza pecaminosa). Mas, sempre que possível e por meio correto, devemos tentar reduzir ou até mesmo suprimir o sofrimento, seja o nosso ou seja do nosso semelhante. Para isso servem os tratamentos diversos como ferramentas da graça de Deus. E com tudo isso, podemos devemos aceitar o que do sofrimento restar e for inevitável na jornada que seguimos. 
Esse é o ensinamento das Escrituras e seria loucura qualquer conduta diversa. Sei que não é fácil lidar com essa realidade, mas o sofrimento pode nos fazer mais humildes ou mais amargos. Claro que isso dependendo de como encaramos o sofrimento. O sofrimento nos ensina a aceitar a fragilidade da nossa condição de humanos caídos como já falado.  O sofrimento nos aproxima do Eterno Deus e nos faz vê-lo como Todo-Poderoso em nós. O s…

Histórias do coração

Imagem
Gosto muito de Henri Nouwen e sem sombra de dúvidas, ele foi um artista da vida. Ele foi alguém profundamente fascinado pela vida e pelas pessoas. Nouwen resolveu trabalhar com a conexão de pessoas e também se relacionar com as pessoas mais carentes na vida. Parte de sua veia artística está em ter conseguido pintar de modo tão brilhante, sensível e inspirador sua teia particular de relações com a vida e com Deus.  Eu li pausadamente o Diário de seu último ano sabático e sabem que me identifiquei com várias partes da vida dele porque ele gostava de fazer três coisas: escrever livros, fazer amigos e partilhar histórias. Parte do meu tempo de vida, gosto de colocar no papel o que penso sobre os textos bíblicos, sobre a vida e sobre o que acontece ao meu redor. Gosto demais de fazer amigos e cultivar os antigos amigos, aqueles que viveram partes profundas da minha história. Gosto de sentar com eles e recordar o tempo da juventude que passou a algumas décadas. E gosto de partilhar história…

Caráter e integridade na vida

Imagem
Caráter é o termo que designa o aspecto da personalidade responsável pela forma habitual e constante de agir peculiar a cada indivíduo; esta qualidade é inerente somente a uma pessoa, pois é o conjunto dos traços particulares, o modo de ser; sua índole, sua natureza e temperamento. Caráter é o conjunto das qualidades, boas ou más, de um indivíduo lhe determinam a conduta e a concepção moral;  Integridade significa a qualidade de alguém ou algo ser íntegro, de conduta reta, pessoa de honra, ética, educada, imparcial, brioso, pundonoroso, cuja natureza de ação nos dá uma imagem de inocência e pureza.  Pensando aqui nessas duas palavras: caráter e integridade lembro do que Steve Lawson relata sobre Jonathan Edwards. Ele diz que Edwards se propôs a examinar a si mesmo, a fim de desarraigar o pecado interior, de modo a cultivar a piedade. Edwards, em sua resolução escreveu: Resolvi indagar todas as noites, quando estiver indo para a cama, em que fui negligente, que pecado cometi e em que sit…

A prática de ouvir Deus

Imagem
Fiquei emocionado com o texto sagrado de Deuteronômio 6. Deus dá os mandamentos, os estatutos e os juízos para que haja ensinamento no meio do povo escolhido por ele. E tudo tem como resultado: temor diante do Senhor. E a grande ênfase do capítulo 6 está no versículo 4: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor. Porque quando ouvimos, tememos, quando ouvimos Deus o amamos e o servimos com alma, coração e entendimento.  Ouvir a voz do Eterno dentro de nós tem um efeito profundo na dinâmica da vida espiritual. Henri Nouwen no livro precioso chamado Renovando todas as coisas, disse: Através da prática de uma disciplina espiritual nos tornamos sensíveis à voz tranquila de Deus e ficamos prontos a responder quando a ouvimos. Esse é o grande ponto para o povo de Israel, dar atenção ao ouvir Deus. Para ouvir Deus necessitamos de tempo, de reverencia, de atenção e silêncio. Podemos perceber que no livro de Deuteronômio o verbo ouvir aparece várias vezes, para dar ênfase mesmo, quanto …

Leituras em outubro de 2019

Imagem
TITUS, Larry. Liderando como Jesus. Princípios de sucesso do maior líder de todos os tempos. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2019. Liderança é mais que um dom. É questão de atitude. O senso geral considera a liderança como um status garantido apenas a pessoas com alto grau de capacitação, cheias de talento ou abençoadas com dons especiais. E no ambiente das igrejas cristãs evangélicas há, pelo menos, dois fatores que contribuem para essa concepção: a hierarquia — especialmente simbolizada na figura do pastor — e o próprio exemplo de Jesus, o Verbo feito carne e Líder perfeito. O que Larry Titus procura mostrar neste livro é que a liderança não é um bicho-de-sete-cabeças, e menos ainda uma prerrogativa limitada a uma minoria privilegiada, embora exija certas disciplinas e atitudes para ser exercida com sabedoria, responsabilidade, eficiência, fé, integridade, paixão e compaixão. Liderando como Jesus oferece a orientação bíblica segura e o modelo divino para se tornar o tipo de lí…