Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2011

Leituras no mês de janeiro de 2011

SWINDOLL, Charles R. Série Heróis da Fé - José. São Paulo: Mundo Cristão, 2000. Nenhuma família em nossos dias é mais disfuncional que a de José. Ninguém é confrontado hoje por uma tentação maior do que a oferecida a José pela mulher de Potifar. Fé nenhuma é mais desafiada do que a de José na cela da morte numa prisão egípcia. Todavia, José se manteve firme, dando-nos exemplo do que é possível quando pessoas comuns continuam em comunhão com Deus. Contém 280 páginas.
NEWBERRY, Tommy. O princípio 4:8. São Paulo: Mundo Cristão, 2008. A receptividade ao livro foi tamanha que a mensagem central da obra se espalhou rapidamente boca a boca: A alegria é uma escolha, e é totalmente previsível. Pelo menos é isso que indica a leitura que Newberry faz do texto bíblico de Filipenses 4:8: A Bíblia possui o mapa do caminho para a felicidade, e ele é muito mais descomplicado do que poderíamos imaginar. Contém 216 páginas.
FOSTER, Richard. Rios de água viva. São Paulo: Vida, 2008. O autor explora as sei…

Fotos da nossa pequena em Igaratá 2011

Reflexão 5

"A realidade do Deus verdadeiro revela o nosso caráter, a nossa relação mostra se o temos como nosso único Deus mesmo durante o sofrimento, mesmo no deserto da vida. No deserto se revela a realidade do que Deus representa para nós, se o temos como nosso pastor ou se para nós ele não passa de um servente dos nossos desejos e prazeres pessoais". (ALMEIDA, Alcindo. Salmo 23: descanso no pastor da nossa alma. São Paulo: Arte Editorial, 2007).

Para meditar:

Estou lendo o Livro de Gênesis e hoje me deparei com o capítulo 30 que a gente não presta muito atenção por conhecer bem. É aquele texto sobre a chegada dos filhos de Jacó. Só que hoje bateu forte no coração o versículo 22 que diz: Lembrou-se Deus de Raquel, ouviu-a e a fez fecunda. Ao ouvir Raquel, Deus simplesmente mandou um dos maiores homens que o VT conhece, José do Egito. Ele é um tipo de Cristo, alguém que é paradigma de espiritualidade e santidade para nós. Que lembrança divina profunda hein!!! Minha oração hoje na devoção foi: Deus, obrigado porque te lembras de nós.Tu derramas graça especial em nossa vida. Tu realizas grandes coisas em nossa vida. Louvado seja o Deus da graça e amor por pecadores!!!

Timão e Tolima

Torçam pelo Timão hj. Será um jogo importante para nós seguirmos no plano da Libertadores. O Timão entra em uma fase eliminatória da competição. Precisa, então, eliminar o Tolima em dois jogos (o segundo é no dia 2 de fevereiro, em Ibagué) para ir à fase de grupos, onde terá pela frente Cruzeiro, Estudiantes-ARG e Guarani-PAR.

Reflexão 4

"Vivemos em dias em que os “gurus” da pós-modernidade são celebrados todos os dias como se tivessem a resposta para os dilemas milenares da alma humana. Mas, eles não têm essas respostas divinas, aquela solução humana para a vida que necessita de Deus. O pastor dá a solução do vazio no coração, dá a solução para o coração desesperado e nos motiva a viver a vida com a graça e a dependência total dele". (ALMEIDA, Alcindo. Salmo 23: descanso no pastor da nossa alma. São Paulo: Arte Editorial, 2007, p. 25).

Religião X espiritualidade

"Há um espírito vivendo em nós – então, naturalmente, haverá espiritualidade." Dizer que há uma diferença entre religião, espiritualidade e espiritualidade cristã já virou lugar-comum. Mas é sempre conveniente estabelecer os limites entre elas. A religião resulta sempre de um caldo de crenças, convicções, definições e marcos concretos capazes de definir com certa precisão quem são os de dentro e os de fora. Religião e cultura estão intrincadas de tal maneira que, em muitos casos, não se sabe onde começa uma e termina outra. Conquanto sua etimologia – a origem é o termo latino religare – proponha a conexão, o religamento com o divino, a religião nem sempre pode ser considerada um ponto de contato com Deus. A religião é uma codificação de Deus, e por isso se apoia no dogma. Na mais elementar observação, é justo afirmar ser a religião uma criação humana para se aproximar de Deus.Já espiritualidade é uma expressão do espírito, dessa dimensão misteriosa do nosso ser; de algo em nó…

Tempo de reavaliar a caminhada

A teologia da missão integral foi anunciada e celebrada em Cape Town 2010.
Participar do III Congresso de Evangelização Mundial em Cidade do Cabo (África do Sul) era para mim uma espécie de “sonho de seminarista”. Construí minha jornada teológica a partir dos textos e ideias lançadas na primeira edição do evento, em Lausanne, na Suíça, em 1974. Ao iniciar meu primeiro ministério pastoral, em 1987, todos os conceitos da missão integral – a ideia de levar o Evangelho todo, para o homem todo, para todos os homens – envolviam minha mente e aqueciam meu coração. Pouco a pouco, tudo o que era teoria foi sendo transformado em realidade. Na época, eu pastoreava uma igreja local num populoso bairro na periferia da cidade de São Paulo. Ali passei oito anos de minha vida e fui testemunha ocular do que aconteceu quando uma comunidade local abraçou essa missão. Nasceram novas congregações onde o Evangelho era proclamado, bem como projetos de serviço à população mais carente onde o Reino de Deus era…

Não percamos a noção da fé no coração

Vós, porém, caríssimos, edificados sobre vossa santíssima fé, orai no Espírito Santo e conservai-vos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna (Jd. 20-21).Hoje há uma crise enorme na fé cristã. As pessoas não sabem discernir ao certo no que elas crêem, há muitos espaços na mente, há muitas dúvidas na mente das pessoas. Não há uma segurança e certeza de fé no cotidiano. Muitos ouvem uma prédica sobre os ensinos de Jesus, por exemplo, sobre a solitude da vida. Que nós não precisamos nos preocupar com o dia de amanhã, a graça nos sustenta. Mas, na prática ficamos preocupados e perdemos a noção da fé no coração. Judas nos chama a atenção para termos uma coerência na vida espiritual. Precisamos estar edificados na fé cristã. A pergunta é: Como?
- Andando na perspectiva da Bíblia Sagrada no coração. O texto diz que devemos crer no sentido de entregar ao Senhor Deus a nossa caminhada e esperar a sua ação dele em nossa vida (Salmo 37.5).
- Sendo…

Reflexão 3

"O pastor ao qual servimos pode ver a nossa miséria e derramar sua compaixão a fim de nos socorrer em tempo oportuno. O nosso pastor pode ver a nossa dor e nos consolar com a sua graça à medida que necessitamos, porque ele sabe o que significa a dor. Jesus, mais do que qualquer outro ser humano, entende e se identifica com a dor humana. O nosso pastor pode nos perdoar os pecados porque ele foi à cruz para remover toda pena que nos condenava. O nosso pastor pode dar cabo da nossa tristeza porque ele foi ferido para trazer paz e alegria ao coração humano. E não nos esqueçamos que este é apenas um dos benefícios da encarnação de Cristo. Um dia desses estava em uma visita na casa de um amigo, presbítero da nossa comunidade. Ele estava com câncer na faringe. Estava totalmente debilitado sobre uma cama, um homem muito inteligente, cheio de conhecimentos e profundo conhecedor da história da igreja como da história da humanidade. Naquele tempo ele se encontrava enfermo num leito de dor a…

Reflexão 2

"O nosso pastor é Deus das verdades absolutas e inquestionáveis, o único Deus verdadeiro que está ao nosso lado e sempre luta em favor do seu povo. O nosso pastor é o Deus que permite ao homem ser encontrado e que responde aos seus questionamentos. O nosso pastor é, ao mesmo tempo, gracioso e bondoso em suprir as necessidades do seu povo. O nosso pastor sempre intercede pelo seu povo, sempre zela pelo seu povo, sempre socorre o seu povo". (ALMEIDA, Alcindo. Salmo 23: descanso no pastor da nossa alma. São Paulo: Arte Editorial, 2007, p. 22).

Louvor

“Sete vezes no dia eu te louvo... ” Salmos 119:164 Louvor é um trabalho sublime que os filhos de Deus podem realizar. Embora o trono de Deus seja o coração do universo, ele é estabelecido sobre o louvor dos seus filhos, Salmos 22:3. O nome de Deus é exaltado por meio do louvor. A oração ocupa uma posição elevada. Davi em seus salmos diz: “á tarde, pela manhã e ao meio-dia, farei as minhas queixas ao Senhor e lamentarei, e ele ouvirá a minha voz. Salmos 55:17” Ele ora três vezes ao dia, mas louva sete. “sete vezes no dia eu te louvo pela justiça dos teus juízos. Salmos 119:164”. Á medida em que é movido pelo Espírito Santo, Davi reconhece a importância do louvor.
Todos os assuntos relacionados com o serviço no tabernáculo, com os sacrifícios, com os sacerdotes são dados em detalhes no livro de Êxodo. O modelo mostrado a Moisés mostrado no monte não podia sofrer acréscimo ou diminuição. Tudo foi feito conforme o modelo mostrado a Moisés. Êx.25:9 Entretanto, anos mais tarde, Davi fez uma m…

Uma pequena parte do meu livro: Salmo 23 - Descanso no pastor da nossa alma

"O texto do Salmo diz que o Senhor é o nosso Pastor, o Pastor que conhece todas as cargas e bagagens que trazemos no coração. Ele é o Pastor e ninguém mais tem esse cuidado conosco. Ele é o único que pode aliviar o nosso peso e angústias que a vida coloca diante de nós. Não há como criarmos alguma divindade menor que alivie a nossa ansiedade e a nossa angústia. O Senhor é o Pastor e tão-somente Ele pode nos socorrer, porque Ele mantém uma relação de cuidado e amor constantes conosco" (ALMEIDA, Alcindo. Salmo 23: descanso no pastor da nossa alma. São Paulo: Arte Editorial, 2007, p. 22).

R. Carlos faz gol olímpico e Corinthians bate a Lusa

Bem, farei uma pequena análise...do futebol neste fim de semana...O todo poderoso Corinthians...time fera...começou bem o preparo para a Lib...Ganhamos com um golaço do veterano de 38 anos...O Verdinho do Agreste, Adrien, Costa & Cia pra variar começou o ano do jeito q terminou...um fiasco...!!! O Santos tb vem forte e creio que é o mais forte dos paulistas..Só não tem um técnico fera!! O SP começou como sempre...dependendo do veterano R. Ceni....mas aquele menino Jean é bom de bola...E isso aí gente....vamos lá na torcida pelo Paulistão, Libertadores e Brasileiro...

Mais uma parte pequena do meu novo livro

"Através da amizade tocamos o amor trinitário que flui de maneira profunda entre o Pai, Filho e Espírito Santo. Os amigos nos fazem voltar para casa e nos sentir tranqüilos e em paz. Os amigos nos fazem sentir a vontade. Os amigos nos ajudam a confessar melhor que somos e o que desejamos na presença de Deus. Amigos são assim, por isso creio que é extremamente importante escrever sobre a amizade". (ALMEIDA, Alcindo. A amizade da alma: Fidelidade na mentoria da vida. São Paulo: Fôlego, 2011, p.06).

Essa canção falou comigo hj - Eu quero te seguir

Depois de ler o livro de tiago meditei um pouco nesta letra preciosa de Daniel Souza:
Eu quero te seguir, eu quero te servir Senhor Fazer tua vontade Eu quero te amar, eu quero te adorar Senhor Dedicar minha vida, prá que tu recebas Glória glória glória ao teu nome Glória, glória, glória ao teu nome Eu quero te seguir, eu quero te servir Senhor Como teu discípulo Eu quero te amar, eu quero te adorar Senhor Refletir tua glória, prá que todos vejam Glória...

O que eu seria sem meus amigos?

O que eu seria sem meus amigos? Nem sei dizer!!!
Davi era mestre em amizades. Tenho avaliado o coração de Davi neste sentido. Tem um texto em II Samuel 15.21 que Itai se encontra com Davi e diz: Vive o Senhor e vive o rei meu senhor, que no lugar em que estiver o rei meu senhor, seja para morte seja para vida, aí certamente estará também o teu servidor.
Davi tem uma pessoa que preza tanto ele, que ela está disposta até a morrer por Davi. Essa é a fala de Itai: No lugar em que estiver o rei meu senhor, seja para morte seja para vida, aí certamente estará também o teu servidor. Que homem é esse que mexe tanto com a vida de outros, que vão com ele até na hora da morte?
Eu concluo que a amizade é para o sofrimento, é para a alegria, é para o tempo de dor e de prazer, ela é pra morte e para a vida. A amizade é para nos identificar como seres humanos criados a imagem de Deus. A amizade é para desfrutarmos da alegria de viver. Como disse Agostinho: “Sem amigos nada é agradável na vida” (GR…

Um bombeiro chorava

Ontem depois de pregar na igreja...um irmão que é bombeiro chorava...porque 3 colegas dele foram soterrados...na busca para salvar pessoas naquelas tragédias... Que Deus tenha compaixão e console os corações dos familiares destes heróis.

Obrigado Deus pela vida dos bombeiros

Ontem vi uma cena que nunca mais me esquecerei...Um bebê de seis meses foi salvo por volta das 20h30 da quarta-feira (12) dos escombros no centro de Nova Friburgo. Os bombeiros que trabalharam no resgate ficaram bastante emocionados e vibraram bastante quando conseguiram retirar o bebê, um menino, sem arranhões. O pequeno Nicolas estava vestido com apenas uma blusa e não chorou em nenhum momento. As palavras de Ademilson Guimarães, avô do bebê foram: “Agradeço a Deus, isso é um milagre”. Nós olhamos e percebemos o quanto aquele homem estava emocionado. Depois de 30 minutos os bombeiros conseguiram resgatar também com vida o pai de Nicolas, Wellington da Silva Guimarães, de 25 anos. Segundo os bombeiros, ele ficou cerca de 15 horas soterrado, abraçado ao filho. Quando ouvimos o capitão Leonard, oficial médico do Corpo de Bombeiros, ele disse que o resgate foi possível graças a experiência da equipe. Suas palavras foram: “Esse resgate foi emocionante e se deve à equipe altamente qualific…

Leituras de 2010

· ALMEIDA, Alcindo. Alegria verdadeira - Série Intimidade com a Palavra - Livro de Filipenses. São Paulo: Fôlego 2010. Alcindo foi muito feliz quando abordou as marcas da verdadeira alegria na elaboração desta obra. Não podia ser o contrário. Primeiro, porque ele foi beber na cacimba da alegria. Esta carta delicia qualquer peregrino exausto. Quando eu ando meio jururu, então está na hora de saborear água fresca neste manadeiro da excelência gozosa. Assim, freqüentemente, eu preciso retornar à meditação desta Epístola recheada de regozijo para me restaurar. Segundo, Alcindo é um discípulo desta escola jubilosa, evidenciando no seu estilo os traços de uma pessoa bem-aventurada (Glenio Fonseca Paranaguá Mendigo-padrão da Casa da Aba). Contém 132 páginas. · BELL, Rob. Repintando a igreja Uma visão contemporânea. São Paulo: Vida, 2010. Já parou para pensar que fazemos parte de uma corrente histórica e mundial de pessoas que crêem que Deus não nos abandonou, mas está envolvido em nossa histó…