Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2014

497 anos de Reforma Protestante

Hoje nós não damos vazão a nenhuma festa, a não ser a celebração da Reforma Protestante. Quando um homem cheio de coragem e compromisso com as Escrituras, deu um grito de renúncia diante da falta de coerência dos homens do Século XVI que não davam importância para as Escrituras. Ele defendeu os “5 pilares” que são usados até hoje para definir nossa fé protestante:  Só a Escritura, Só a Fé, Só a Graça, Só Cristo Só a glória Deus.

O caminho certo

William Douglas tratando sobre José em Gênesis diz: "Todas as armas usadas contra quem trilha o caminho certo convergirão para o seu êxito, independentemente da vontade dos seus inimigos" (William Douglas e Rubens Teixeira. Sociedade com Deus, p. 64).

Minuto de graça

Minuto de graça  O amor profundo do Eterno Deus https://www.youtube.com/watch?v=LzRyF_66Yxc&feature=youtu.be

O Deus soberano

A ideia de um “Deus-almoxarifado”, que controlamos, parece ser mais confortável que a do Deus soberano, mas não é. O “Deus-almoxarifado” é limitado ao que pedimos ou pensamos, já o Deus soberano não tem limites e é capaz de nos fazer alcançar sucessos além do que imaginamos. Esse “Deus-almoxarifado”, se existisse, não daria espaço para parceria e nem o crescimento pessoal. Fazer tudo por alguém não é o caminho para que a pessoa evolua. Mesmo assim, por incrível que pareça, por vezes a misericórdia de Deus dá socorro a quem o trata de forma tão tacanha (William Douglas e Rubens Teixeira. Sociedade com Deus).

Preletor Summit 2014 - Jeffrey Immelt

Presidente e CEO da General Electric (GE). https://www.youtube.com/watch?v=2Fey7-DI_wA

No Summit 2014 conheça a Erica Ariel Fox

Erica Fox é articulista para a Forbes, Huffington Post, Bloomberg, The Harvard Business Review e influenciadora em LinkedIn. Em seu livro, explora um método inovador para conduzir as negociações mais importantes – aquelas que você faz consigo mesmo. Erica é sócia fundadora da Mobius Executive Leadership, empresa que fornece ampla gama de programas de desenvolvimento de liderança para organizações.  https://www.youtube.com/watch?v=PG1S9Q77f0c

Uma causa nobre

Precisamos do ensino mais profundo das Escrituras, pois muitos até naquilo que chamamos de igreja, não têm uma noção correta e verdadeira dos valores da vida, da família e da sociedade. Acredito que temos uma causa nobre que é o Reino do Eterno Deus, é por ele que lutamos, não por nosso próprio benefício e conforto. Diante do quadro atual do nosso amado país, continuemos a fazer justiça, cuidando da criação e honrando Deus em tudo que realizarmos. Como? Orando, trabalhando e valorizando a vida de Deus em nós! (Alcindo Almeida).

O reino da justiça

A crescente intimidade que Jesus tinha com o Pai e a percepção que também tinha da santidade do Pai enchiam-no de uma sede pelo Pai que o consumia. Sua vida interior de confiança e de rendição amorosa não era simplesmente uma questão de oração individual, de experiência religiosa em particular, deleitando-se na presença íntima de Deus enquanto se esquecia do mundo real em sua luta pela redenção, pela justiça e pela paz. A vida interior de Jesus Cristo ganhava expressão em sua própria presença no mundo, de forma qualitativa, vital e especial, nas mais ativas situações. Havia dentro dele um desejo acima de todos os demais de revelar seu Pai enquanto servia aos pobres, aos cativos, aos cegos e a todos os necessitados. Jesus era inteiramente consumido por sua missão. Foi a experiência da santidade do Pai que criou o imperativo de pregar o reino da justiça de Deus, da paz e do amor perdoador de Deus (Brennan Manning).

Um quadro do futuro

Visão é saber quem você é, onde você está indo e o que guiará sua jornada. Saber quem você é implica em ter propósitos significativos. Saber para onde se vai significa ter um panorama, um quadro do futuro. Seus valores são o que claramente guiarão você. E para que a visão tenha êxito em sua implementação, é preciso observar três importantes pontos: como a visão é criada, como ela é comunicada e como ela é vivida (Ken Blanchard).

De volta para casa

Deus nos chama a todos para fora do esconderijo. Ele nos chama de onde quer que tenhamos ido para encontrar vida, chama-nos de volta para casa” (Falsos, metidos e impostores de Brennan Manning).

Dependência total

"A graça reserva aceitação completa, pueril e satisfeita da nossa necessidade e, uma alegria na dependência total. O homem bom sente pesar pelos pecados que fizeram com que sua necessidade aumentasse, mas não se sente inteiramente pesaroso pela necessidade que eles produziram" (C. S. Lewis - Os quatro amores).

O que a graça de Deus significa

Viver pela graça significa reconhecer toda a história da minha vida, o lado bom e o ruim. Ao admitir o meu lado escuro, aprendo quem sou e o que a graça de Deus significa (O Evangelho Maltrapilho).

A graça atinge a gente

A graça nos atinge quando estamos em grande dor e desassossego. Ela nos atinge quando andamos pelo vale sombrio da falta de significado. Ela nos atinge quando, ano após ano, a perfeição há muito esperada não aparece, quando as velhas compulsões reinam dentro de nós. A graça nos atinge nos momentos que precisamos aprender o significado da dependência do divino e não de nossas próprias forças.

Uma civilização que nega Deus

“A legalização [do casamento gay] abre as portas para uma civilização que nega Deus e que apagará dois milênios de cristianismo baseado na dualidade. O passado será rotulado de ‘homofóbico’. As rimas infantis, a literatura e a arte que consideram a homossexualidade anormal (e isso inclui o evangelho) serão consideradas ilegais e obsoletas. O cristão será considerado um fora da lei. Quinze grupos de cristãos católicos e protestantes já foram expulsos do “campus” da Vanderbilt University, no Tennessee, por se recusarem, em princípio, a permitirem “gays” em sua liderança. Trata-se de uma antevisão típica daquilo que o futuro reserva” (Peter Jones).

Ao lado das pessoas

A liderança é não é algo que se impõe às pessoas, mas é algo que se faz com elas (Ken Blanchard).

A tentação política e a ética da renúncia por Paul Freston

“Se me adorares, tudo será teu.” (Lc 4.7)
A segunda tentação evidentemente é uma espécie de visão (não há montanha da qual se possa ver todos os reinos da terra). Talvez provocada pela vista do pico de uma montanha real.

Tente visualizar a cena: o deserto rochoso e montanhoso, Jesus subindo um morro, arrastando-se sobre as rochas, chegando ofegante em cima. A vista é espetacular; lá em baixo, várias cidadezinhas espalhadas. Jesus olha e, de repente, em sua imaginação, vê as grandes cidades do mundo, os palácios e os templos, os reis e os imperadores, o ouro e a prata, os campos, as oficinas, as minas. Agora, vê as ruas cheias de gente, oprimida,
miserável, supersticiosa.

Então, em sua mente, vem a sugestão: “Jesus, está vendo aquelas cidades lá em baixo? De direito, você é quem teria autoridade sobre elas. E não só sobre elas. Pense também em Jerusalém, Damasco, Antioquia, Alexandria, Atenas, Roma... Você não seria um governante mais justo? Não teria ideias para dar paz e prosperidade a e…

Maria Madalena - A mulher presente na vida de Jesus

Texto de João 20.1-18
Essa mulher Maria Madalena é muito especial para a história do cristianismo. Interessante que antes de conhecer ao Senhor, ela tinha uma vida miserável, morava numa cidade que ficava a oeste da Galileia, chamada Magdala. Ela não era feliz, nem se parecia com outras mulheres que moravam lá. Ela era possuída por vários demônios. Apesar desta vida de sofrimento e pesadelos, certo dia, ouviu a voz de u homem que a tiraria para sempre do mundo de trevas e a levaria para a luz. Jesus de Nazaré a libertou daqueles demônios que a atormentavam e dominavam e a transformou numa nova criatura. Maria Madalena saiu daquele mundo de pecado e se tornou uma nova criatura. Tudo ficou para trás e agora a nova vida em Cristo a deixou leve, sensível e presente na vida do Senhor Jesus. Através dessa vida temos algumas lições.
1.Aprendamos a cultivar a amizade do nosso Senhor:
Maria se tornou grata ao Senhor por tudo que Ele fizera na sua vida. Olhando para o seu passado, jamais poderia im…

Momento de recordar

Hoje tive um momento de recordar várias músicas da fase de adolescência e essa do Gipsy Kings - Baila Mea lembra o bom tempo na casa do Marcos Barbosa Dos Santos. E lembrei-me hoje de dois amigos que marcaram minha vida e história: Peron e Carlão. Que saudade desses amigos da alma com quem dividi minha vida e coração.

The Global Leadership Summit 2014

Venha celebrar o Summit 2014 na IPAlpha. Dias 06 a 08.11 https://www.youtube.com/watch?v=FRKsLKfKRwk

Conheça o preletor Summit 2014 - Louie Giglio

Meu legado espiritual

O verdadeiro cristianismo é transformar o possível em real. É este o papel do profeta: desafiar-nos a obedecer à palavra do Senhor. É por isso que a vida cristã é uma vida subjuntiva. Nossos sentimentos e desejos precisam ser trocados e, na verdade, redimidos, para que entremos na realidade indicativa ou profética da vida cristã. Faz tempo que as palavras de Moisés estão dentro do meu campo de visão: “Tomara todo o povo do Senhor fosse profeta!” - Nm 11:29 (James M. Houston. Meu legado espiritual: Uma jornada de fé na pós-modernidade. São Paulo: Mundo Cristão, 2008, p.20).

Anderson Freire - Raridade

https://www.youtube.com/watch?v=G0FBO5v5JqI#t=85

Implicações valiosas para a vida

A visão teológica é uma reafirmação fiel do evangelho, com implicações valiosas para a vida, para o ministério e para a missão, em determinado tipo de cultura e em certo momento da história (Keller, Timothy. Igreja centrada: desenvolvendo em sua cidade um ministério equilibrado e centrado no evangelho. São Paulo: Vida Nova, 2014, p. 29).

Livro Igreja centrada

A visão teológica moderna deve buscar levar todo o conselho de Deus à sociedade de sua época para que sua época seja transformada (Keller, Timothy. Igreja centrada: desenvolvendo em sua cidade um ministério equilibrado e centrado no evangelho. São Paulo: Vida Nova, 2014, p. 20).

O grande amor divino

Hoje refleti um pouco sobre o grande amor divino e vejo de maneira profunda que o seu amor não tem limites, vejo que o seu perdão não tem tamanho. Não é por acaso que Davi disse no Salmo 86: Tu sempre foste generoso para comigo — quanto amor! Tu não me deixaste cair no abismo! Como é bom descansar nesse Deus amoroso, gracioso e perdoador de gente pecadora como nós! (Alcindo Almeida).

Desenvolvendo o nosso potencial

Lutar continuamente por seus direitos só o deixará ressentido e com raiva. Essas são emoções destrutivas que exaurem nossa energia e nos tornam negativos. Além disso, quando as pessoas se concentram nos próprios direitos, é comum que estejam olhando para trás, em vez de voltarem os olhos para a frente. Quando paramos de nos preocupar com nossos direitos, fixamos a atenção na direção certa e nos libertamos para avançar em nossa jornada. Reconhecemos as ofensas de que fomos vítimas, porém perdoamos quem nos ofendeu. Concentramo- -nos naquilo que podemos controlar — nossas responsabilidades. Agindo assim, aumentamos nossa energia, desenvolvemos nosso potencial, e nossas perspectivas se alargam (Maxwell, John. Liderança: inspiração para cada dia do ano. São Paulo: Editora Vida, 2010, 54).

Desenvolvendo o potencial nos outros

Aos líderes, cabe auxiliar as pessoas a se tornarem quem Deus as criou para serem. São chamados para encontrar o que está escondido, encorajar o incerto, desenvolver o destreinado e capacitar o impotente. São habilitados para desenterrar pedras preciosas. Jamais esquecem que Jesus olhou para um pescador impulsivo e rude chamado Simão e viu um diamante bruto. Jesus inclusive chamou Pedro de pedra. Assim como Jesus enxerga seu potencial, se você é líder, ele o quer descobrindo e desenvolvendo esse potencial nos outros (Maxwell, John. Liderança: inspiração para cada dia do ano. São Paulo: Editora Vida, 2010).

A arte da atenção

A atenção é uma das forças mais poderosas do mundo. Além de água e comida, o bebê precisa do olhar atento de um rosto humano. Quando, deitado em seu berço, o bebê sorri e um rosto retribui-lhe o sorri, ele percebe que alguém está olhando, respondendo, e o que ele faz é importante. A alegria, a raiva ou a tristeza do bebê está refletida no rosto de alguém[1]. Os psicólogos chamam esse fenômeno de sintonização. O bebê descobre que existe uma maneira de estabelecer um vínculo — entrar em sintonia — com outro ser humano. Se o rosto olhar feio ou desaparecer, o bebê tentará descobrir o que aconteceu, como trazê-lo de volta. Esse rosto torna-se o espelho pelo qual a criança aprende se é uma fonte de alegria ou decepção. Ela simplesmente não sobrevive sem o rosto. É o rosto que diz ao bebê que ele é importante. Quando crescemos, ainda precisamos de atenção. De uma forma ou de outra, todos os seres humanos necessitam de atenção. As pessoas sofrem de solidão muitas vezes, porque não têm alguém…

Está na hora!

Há um texto em Gênesis 2.15 que diz que nós fomos colocados aqui nessa criação (jardim) para cuidar e cultivá-lo. Deus nos criou com propósito, ele nos planejou, ele nos esculpiu e nos criou para sermos pessoas com uma missão aqui nesse jardim chamado terra. Se temos falhado, é porque saímos fora dos trilhos divinos e geralmente fazemos isso por causa do pecado. O pecado nos tira do foco que é honrar o nosso criador na vida. Lembremos que não precisamos ficar à margem do caminho. A redenção nos restaura na habilidade e graça para cumprir nossa visão que é realizar a vontade de Deus com nossos dons e talentos que ele nos deu.  A vontade de Deus é que cuidemos do seu jardim como seres que são inteligentes, seres que compreendem a necessidade de cuidado e manutenção dessa criação. Quando olhamos para as histórias bíblicas, vemos homens zelando por essa terra e horando o nome do Deus criador. José é um homem que coopera para o cuidado do jardim de Deus quando ele ouve a voz do Eterno em to…

PALAVRAS QUE CURAM com Bianca Toledo - Há um Tesouro na dor

Vineyard - Me Derramar (David Quinlan)

Um par de mãos

“Precisamos uns dos outros, os arrogantes e orgulhosos fingem que não precisam, que piada! Um par de mãos me tirou do útero...outro trocou minhas fraudas, me alimentou, me nutriu, outro ainda me ensinou a ler e escrever. Agora, outros pares de mãos cultivam minha comida, entregam minha correspondência, coletam meu lixo, me fornecem-me eletricidade, um par de mãos cuidará de mim quando eu ficar doente e velho, e me levará de volta à terra quando eu morrer” (HUNTER, James. O Monge e o executivo. 2004, p. 34).

The Global Leadership Summit 2014 na IPAlpha

https://www.youtube.com/watch?v=xl7zymAZ_vo Dias: 06, 07 e 08 de novembro  Local: IPAlpha  Largo da Igreja, 1Santana de Parnaíba • São Paulo (011) 4153-1514  ipalpha@ipalpha.com.br Horários: Quinta: das 19 às 22hs. Sexta: das 19 às 22hs. Sábado: das 9 às 18hs. Site para inscrição: http://willowcreek.org.br/produto/summit-alphaville-sp/ Esperamos vocês nesse tempo precioso de crescimento na vida e caminhada!

Investindo tempo nos relacionamentos

Se as pessoas amarem nossas ideias, mas acharem que não as amamos, elas não nos ouvirão. Precisamos investir tempo na relação pessoal com elas. Influenciamos as pessoas mais ouvindo-as do que falando. Não adianta dizermos que nos preocupamos com as pessoas e não andarmos com elas e vendo as suas lutas, dores, alegrias e sentimentos. Andar com as pessoas é aprender a dividir o coração com elas (Pr. Alcindo Almeida).

Fotos dos 23 anos da IPAlpha