Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2012

Pr. Ariovaldo Ramos sobre Integridade no ministério

"Nós somos a única e última fronteira que fala do ser humano. James Houston fez uma avaliação da psicanálise e diz que os analistas estão apenas transformando os seres humanos em objetos de estudo. E quando isso acontece isso, despersonaliza-se o próprio ser humano. Ele não é um objeto de análise. O problema é que se fala do sujeito e não com o sujeito".

Pr. Ariovaldo Ramos fala conosco sobre o tributo a Robinson Cavalcanti

O ufanismo não cabe na nossa fé cristã. É uma tendência identificar a violência dos homens de Deus como uma desqualificação da vida deles. O que temos de aprender que o justo mostra como o mundo precisa de mudança e precisa praticar a justiça. A morte de Robinson Cavalcanti é a evidencia de que a morte é experimentada pelos eleitos de Deus também. Ele é um homem que ajudou a escrever a história da igreja no Brasil. Ele ajudou a escrever uma teologia latino-americana totalmente respeitada. Não podemos deixar de registrar que pela graça divina passou aqui entre nós esse homem de Deus. Nós estamos aqui para dar a nossa contribuição no Reino de Deus. Para lutar contra essa anormalidade da criação. Essa violência contra o ser humano. Não podemos simplesmente apagar a luz e não notar quem passa na terra lutando contra a acomodação sobre o cuidado da criação. Alguém que lutou de maneira profunda contra a disfunção na criação.

Encontro do Projeto Timóteo - Pr. Ariovaldo Ramos falando sobre Integridade do ministério

"Devemos pensar na intregalidade do ser humano, nós o defendemos. Nós o tratamos como centro do projeto divino. Só que vivemos numa época difícil porque até o povo que se diz cristão já transformou o ser humano num objeto. O ser humano virou o grande financiador do projeto de alguns líderes no nosso país" (Ariovaldo Ramos).
"Precisamos tomar cuidado para que as nossas instituições não transformem seres humanos em máquinas, em objetos de manipulação" (Ariovaldo Ramos).
"Integridade do ministério é o resultado de investir em pessoas, em gente. Não é fazer o que a nossa instituição espera de nós e, sim, o que Deus quer de nós" (Ariovaldo Ramos).

O RESGATE - Série na IP Alphaville em abril

Pensando no assunto inveja

A excelência e o triunfo sempre trazem inveja. Vocês já perceberam que ninguém tem inveja de um miserável ou de um mendigo. Nós temos inveja das conquistas, da casa melhor dos outros, dos carros, da família melhor, das roupas melhores. Como diz Stamateas: "A inveja é uma profunda raiva produzida pela conquista dos outros". A palavra de Jesus é para que tenhamos cuidado com isso, porque a inveja não entra em nós, ela sai de dentro de nós por causa da nossa natureza corrupta. Lembram-se que somos filhos de Adão e Eva em termos de natureza? Precisamos fazer morrer a nossa velha natureza para que o coração moldado pelo Espírito Santo, vença todos os dias a inveja! ________ Alcindo Almeida

Alguns momentos marcantes I

Alguns momentos marcantes

O Eterno é poderoso para fazer tudo em nós

Paulo diz algo profunde em Efésios 3.20: Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós.
Essa dinâmica de crer no poder do Eterno é que realmente faz a diferença na vida de uma pessoa fiel na vida cristã. Então quando as nossas pressuposições são erradas, a imagem será errada. Quando a nossa vida não mostra na prática a fé em Deus, essa fé fica fora de foco. Deus não é realmente visto como realmente é. Assim a imagem em termos de fé em Deus fica defeituosa. Paulo nos dá a dica que o Eterno é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós. Isso tem a ver com a fé cujo foco, direção e alvo é Deus. Essa fé com foco nos dá a certeza de aplicar o credo nas crises. Eu creio em Deus. Essa fé com foco nos faz confiar em Deus mais no fracasso do que no sucesso. Interessante que a fé para muitos é infeliz e monótona e os tais dizem isso porq…

Entre heróis e amigos

Robinson Cavalcanti influenciou grandemente minha vida e minha formação
Despertei naquela segunda-feira no meio da madrugada. Liguei o computador e resolvi checar os e-mails. Fui então surpreendido com a notícia enviada por um amigo: o bispo anglicano Robinson Cavalcanti havia morrido na noite anterior, e de forma brutal. Passei o dia todo tentando cumprir minha agenda e sendo tomado por profundos momentos de reflexão. Lembrei-me de meu último encontro com Robinson, em novembro do ano passado. Ouvindo-o falar a um grupo de jovens pastores e conversando com ele durante o almoço naquele dia, percebi algo interessante em suas palavras: nunca havia visto e ouvido Robinson Cavalcanti tão pastoral como naquele momento. Talvez a percepção tenha sido decorrente do que muitos chamam de tempo de convergência. Ao longo da vida, na medida em que vivemos as mais variadas experiências, tendemos a nos conhecer melhor e a perceber o mundo com mais sabedoria. A partir daí, passamos a fazer menos, com m…

Cuidado com a culpa

A culpa é um dos sentimentos mais negativos que o ser humano pode ter e, ao mesmo tempo, uma das maneiras mais utilizadas para manipular os outros. Os psicólogos estabelecem que a culpa é a diferença entre o que fiz e o que deveria ter feito; entre o que quero e o que deveria fazer. A culpa é uma emoção que nos paralisa, que nos impede de continuar desenvolvendo todo o potencial que temos; a culpa é vingança, raiva e boicote contra si mesmo. Viver com culpa é viver condenado à prisão perpétua. É condenar- se a viver insatisfeito, sentindo-se vítima o tempo todo pela vida que nos tocou viver. Fico imaginando a culpa de Caim depois de ter tirado a vida do próprio irmão por causa da inveja. O problema como diz Bernardo Stamateas no seu livro Gente tóxica: “Desde o começo da humanidade, a partir da própria criação do primeiro homem, Adão, a culpa e a vitimização se inseriram no ser humano. A primeira culpa nasceu em Adão por ter obedecido a Eva e comido o fruto proibido. Então, por culpa,…

A fé em nós

A fé é o processo marcante da nossa vida aqui na terra. A nossa fé abre a porta para o Espírito; o Espírito revela Cristo em nós, Cristo enche o nosso coração, o nosso coração começa a compreender o amor que é o meio pelo qual nos enchemos de Deus porque Deus é amor. __________
Alcindo Almeida - equipe pastoral da IP Alphaville.

Stenio Marcius - Fim de tarde no portão

Ouçam essa canção, ela é profunda e mexe com o coração da gente!!!! Stenio Marcius - Fim de tarde no portão http://www.youtube.com/watch?v=eGLVeB4_gXE

Fotos da nossa Mirleide....

Exposição no livro de Efésios

No próximo domingo teremos a Exposição de Efésios 3.14-21. Tema: Uma fé com foco no Eterno Deus Será na celebração da noite às 19 hs. Venha participar desse momento na IP Alphaville!!!! _____________________ Largo da Igreja 1, Alphaville - Santana de Parnaíba.

Memórias da nossa amiga....Mirleide

Série glória da cruz do Pr. Glenio Fonseca Paranaguá

A MORTE DO GRÃO DE TRIGO
O evangelho é a obra exclusiva da graça de Deus em benefício do homem mais indigno, mas uma enxurrada de gente “ilustre”, sem o menor sinal da experiência legítima do novo nascimento, vem enchendo as igrejas atuais. Muitos confundem o ato humano de aceitar a Cristo, com o fato divino de sermos aceitos por Cristo. Por isso, as comunidades cristãs ficam inchadas de pessoas enxeridas, sem qualquer evidência de regeneração. O cristianismo é a única experiência espiritual em que a morte precede a vida. Se não houver a morte do pecador juntamente com Cristo, não haverá garantia de salvação, pois a ressurreição em novidade de vida é conseqüência da morte com Cristo. O livro é uma proclamação honesta dessa mensagem radical do evangelho, a única capaz de transformar o coração orgulhoso do homem.
AS BÊNÇÃOS NA AFLIÇÃO
Se alguém está passando por alguma luta dolorosa, há uma grande chance de ficar sangrando com as feridas causadas pela dor. Há uma multidão de mutilados, vít…

Lembranças...