Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2011

Meditando em Lucas 7.36-39

Imagem
Fiquei emocionado com este texto de minha devoção de hj. Interessante que Lucas usa a frase “mulher pecadora” para designar que era má mulher entregue ao pecado, alguém que tinha algum tipo de vício, aqui no caso desta mulher, o vício da prostituição. Mas, ela, mesmo na situação, sabendo que Jesus estava à mesa na casa do fariseu, fez algumas coisas que têm a ver com a disposição d...o coração.
1- Trouxe um vaso de alabastro com bálsamo; 2 - Chorou sobre os pés de Jesus; 3 - Regou os pés de Jesus com as suas lágrimas; 4 - Enxugou os pés de Jesus com os seus cabelos: o que era um escândalo para uma judia, soltar os seus cabelos em público; 5 - Beijou os pés de Jesus: interessante que ela o fez antes de Jesus fazer com os seus Seus discípulos na páscoa; 6 - Ungiu os pés de Jesus com o bálsamo (ungüento).
Que exemplo profundo de alguém que ouviu falar de Jesus e num encontro sem ser convidada, ela realiza um gesto tão maravilhoso e tão singular. Esta mulher só ouviu falar de Jesus e fez o melh…

Lectio divina em Lucas 9.23

Imagem
Eterno Deus como é complicado tomar a minha cruz para seguir-te. Isso implica em morrer pra mim mesmo todos os dias. Matando meu ego, minha soberba e orgulho, algo que é inerente a nós homens. Tem compaixão de mim e ajuda-me a negar-me, a humilhar-me, a prostrar-me em tua presença para que Cristo cresça e eu diminua. Ajuda-me a seguir-te carregando a cruz da renúncia para tua glória em nome de Jesus!

Ensine com a vida

Imagem
“Ensine... com a vida: pela palavra, pelo procedimento, pelo amor, pela fé, e pela integridade” (I Tm 4:12 em “The Message”)
- Ensinar é uma arte!
- Não me refiro apenas a uma atividade exercida profissionalmente pelos nossos professores e mestres, que nos acompanharam nos primeiros passos pelas descobertas na sala de aula. - O termo educar é originário do latim educare ou ec-ducere e quer dizer extrair de dentro (eduzir). Isso nos leva a perceber, portanto, que a educação não se constitui em mero estabelecimento de informações, mas sim em se trabalhar as potencialidades interiores de uma pessoa, a fim de que essas potencialidades floresçam. - Isso vai muito além de uma sala de aula. Isso diz respeito à vida, aos relacionamentos. Assim é que um pai ensina o filho caminhando com ele o dia a dia. Partilhando a vida com ele em ambientes e lugares, situações e circunstancias, “assentado em casa, ao deitar-se e ao levantar-se” conforme o escritor sagrado (Dt 6:7). - Ouvi recentemente o teste…

Não basta dizer, é preciso fazer

Imagem
Colunas — O caminho do coração
Muitos gostariam que o Sermão do Monte terminasse com a conhecida “lei áurea” -- “Tudo quanto, pois, quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles; porque esta é a Lei e os Profetas” (Mt 7.12). E o mais famoso sermão de Jesus terminaria com um bom resumo de tudo o que ele havia acabado de ensinar. Porém, Mateus não termina assim. Ele segue com uma recomendação e conclui com uma pequena parábola, na qual Jesus deixa claro o que ele espera dos seus ouvintes. Uma forma de entender a conclusão desse sermão são os pronomes: “nem todo o que “me” diz”, “aquele que faz a vontade do “meu” Pai”, “hão de dizer-‘me’”, “apartai-vos de ‘mim’”, “ouve as ‘minhas’ palavras”. Eles nos levam a considerar quem ensina, e não apenas o que se ensina. São essas palavras que formarão o texto que definirá o julgamento, que terá como fundamento o que as pessoas fizeram com suas palavras. Jesus começa sua recomendação dizendo: “Entrai pela porta estreita” (v. 13). …

Novo livro: O Habitat Humano de Heber Carlos de Campos

Imagem
O tema paraíso é fascinante, porque nos lembra do carinho de Deus ao criar o lugar onde, originalmente, colocou sua obra-prima, o ser humano, assim como o rigor de sua justiça ao retirar o homem do paraíso e o paraíso do homem. E isso tudo se deu por causa da Queda. Não se pode esquecer, também, de sua bondade graciosa que nos promete a restauração do paraíso, para nosso deleite, na consumação de nossa rendeção, no fim dos séculos. A intenção, portanto, é trazer ao público cristão uma noção, ainda que não exaustiva, do lugar original que Deus deu para o homem viver em sua presença e, assim, despertar o povo de Deus para o estudo de um dos tópicos mais importantes de nossa vida: o lugar de nossa habitação.

VII Encontro dos diáconos

Imagem
Igreja Presbiteriana da Lapa R. Roma, 465 - SP.

Meditando em Marcos 7.37

Imagem
O povo ficava simplesmente maravilhado e dizia: Ele faz tudo muito bem. Faz até o surdo ouvir e o mudo falar. Fico pensando aqui nas nossas ações terríveis contra o nosso próximo, mentimos, falamos mal, pisamos na bola. Ofendemos amigos que andam conosco. Temos inveja da prosperidade na vida dos outros. Sentimo-nos mal com o sucesso dos amigos e perguntamos: por que não eu? Olhando para esse texto percebo o toque divino do nosso mestre. Ele ama, ele abraça, ele cura, ela redime. Ele transforma vidas, ele tem tanta graça que sai virtude até da sua veste para um moça que é tida como um lixo na sociedade porque teve uma hemorragia crônica durante 12 anos. Mas, quando ela toca no mestre a cura vem no seu corpo. De fato, a resposta do povo para as ações do mestre é: Ele faz tudo muito bem. Que nós imitemos o nosso Senhor que fazia tudo bem. Ele olhava para os pecadores e os acolhia por graça, amor e perdão. Façamos o bem em nome de Jesus.
________ Alcindo Almeida

Expectativa de redenção

Imagem
- Texto para reflexão: E não só isso, mas nós mesmos, que temos os primeiros frutos do Espírito, gememos interiormente, esperando ansiosamente nossa adoção como filhos, a redenção do nosso corpo. Pois nessa esperança fomos salvos. Mas, esperança que se vê não é esperança. Quem espera por aquilo que está vendo? Mas se esperamos o que ainda não vemos, aguardamo-lo pacientemente (Romanos 8.23-25).
Nós os cristãos esperamos a plenitude das bênçãos da nossa adoção. Nós fomos adotados quando convertidos pela graça do Evangelho que Paulo fala em Romanos 1.16 e 17. A nossa natureza foi mudada por causa da redenção feita por Jesus na cruz do Calvário. E o Espírito aplica esta redenção em nós como temos visto no livro de Romanos. Mas, Paulo fala de uma espera no sentido de totalidade dos nossos privilégios de adoção na família de Deus. Agora nós somos sustentados e confortados na expectativa que já possuímos (versículo 24). É aquela vida da nova terra sem a presença do pecado para sempre. É o te…

A linguagem de Deus - Eugene Peterson

Imagem
A língua é antes de mais nada um meio de revelação , tanto para Deus quanto para nós. Usando palavras, Deus revela-se a nós. Usando palavras, nós nos revelamos a Deus e uns aos outros. Por meio da linguagem, todo o ciclo de falar e escutar, tanto Deus quanto seus homens e mulheres criados pela Palavra são capazes de revelar vastos interiores antes inacessíveis a nós. A linguagem que aprendemos na companhia de pais, irmãos e amigos tem sua origem no Deus revelador. Tudo o que falamos e escutamos ocorre num mundo de linguagem que é formado e sustentado pelo falar e pelo escutar de Deus. As palavras que Deus usa para criar, dar nomes, abençoar e ordenar em Gênesis são as mesmas palavras que ouvimos Jesus usando para criar, dar nomes, curar, abençoar e ordenar nos Evangelhos. Jesus fala, e ouvimos Deus falar (pp. 17 e 18).

Fotos de recordações.....

Imagem

Deus não cabe na nossa caixa de religião

Imagem
Deus aparece nos lugares mais estranhos da nossa vida. Ele faz aos nossos olhos as coisas mais esquisitas, como permitir que por causa de um pedido louco de uma mulher, João Batista seja morto e sua cabeça vire prêmio para esta louca. Deus produz sorrisos onde havia apenas carrncas e muita dor. Deus faz uma prostituta salvar os homens dele. E ela vira um membro do povo de Israel. Deus gera brilho onde havia apenas lágrimas como aconteceu na vida de Rute - a moabita. Deus coloca uma estrela brilhando num céu escuro como era o tempo de Israel antes de vir o Messias. A última palavra de Malaquias é maldição. Mas, no meio das trevas brilha a estrela em Belém. Deus coloca um arco-íris no meio de nuvens de tempestade. E salva um povo especial depois de um dilúvio. Deus chama gente como eu e vocês que não valem nada, de gente e coloca até nomes em nós. Deus chama gente para ser povo dele que nós nem gostaríamos que estivessem nos nossos jantares de comunhão. Que Deus maravilhoso não!
_________…

Sexualidade na igreja: a visão bíblica sobre o sexo.

Imagem
Com o tema Sem Homofobia, Mais Cidadania - Pela Isonomia dos Direitos, aconteceu a 13ª Parada do Orgulho Gay de São Paulo (domingo 14 de junho de 2009). Neste ano, o tema da parada foi escolhido como uma forma de realizar uma campanha a favor da aprovação do projeto que está em trâmite no Congresso um projeto de lei que transformaria a homofobia em crime e prevê penas para pessoas com comportamentos ou atitudes homofóbicas. Houve cerca de três milhões e meio de pessoas e algumas autoridades presentes como o governador José Serra e o prefeito Gilberto Kassab. Na verdade, o desejo dos participantes era estravazar um pouco e trabalhar o tema já que é a discussão do momento em vários setores da sociedade. E na igreja a questão tem sido muito debatida. Porque ela presencia todos os campos da sociedade e meios de comunicação que dão um apoio maciço para o Homossexualismo e Lesbianismo no mundo inteiro. Por exemplo, as igrejas britânicas serão forçadas a aceitar homossexuais ou “transexuais” p…

O final da lua de mel e o cair na real

Imagem
Talvez a maior complicação de um casamento é quando os dois voltam da lua de mel e percebem que a realidade chega. Os casados chegam e da lua de mel e passam os seus primeiros 5 meses e a aquela perspectiva de embarcar no casamento com a grande esperança de que duas pessoas serão completamente realizadas como seres humanos e sem maiores conflitos, é irreal. Alguns eram felizes antes de se casar e esperavam que o casamento apenas melhorasse a vida já alegre. E a maioria casa com este propósito de buscar a felicidade e matar muito da solidão que está no coração. O grande problema é que todos nós nos casamos com o conceito de queremos ser felizes. Desta forma, que começa desespero, o aperto e as decepções. Neste processo da pessoa querer ser feliz abre-se cada vez mais espaço para o egoísmo, indiferença, mágoas e frustrações. Então depois de pouco tempo começa a fazer parte do vocabulário do cônjuge a palavra divórcio. No processo de cair na real, as pequenas diferenças se avolumam na rel…

O fardo leve de Jesus

Imagem
- Texto para meditar:Vocês estão cansados e enfastiados? Venham a mim! Andem comigo e irão recuperar a vida. Vou ensiná-los a ter descanso verdadeiro. Caminhem e trabalhem comigo que sou manso e humilde de coração. Aprendam os ritmos livres da graça! Não vou impor a vocês nada que seja muito pesado ou complicado demais. Sejam meus companheiros e aprenderão a viver com liberdade e leveza. Porque o meu fardo é leve e o meu jugo é suave (Mateus 11.28-30).


Um dia eu recebi um recado no e-mail de uma amiga. Ela começou dizendo que Deus fizera um milagre na sua vida. Depois de várias tentativas e um tratamento intenso para gravidez. Ela dizia com alegria que estava grávida. Sei do que ela estava falando e do fardo que esta amiga carregou no coração e na alma.
A nossa vida sempre é caracterizada pelos momentos em que carregamos um fardo. Carregamos os pesos que vêm sobre nós que são nossas lutas diárias da vida. É o fardo da mãe que tem seu filho envolvido com drogas. O pai que está confuso…

Temos um ego do tamanho da soberba

Imagem
A grande verdade é que nos achamos melhores do que os outros. Então, para não ficar para trás, julgamos, medimos e condenamos as pessoas. Esse é o coração miserável que Jeremias fala no capítulo 19 do seu livro. Somos os justos cheios de justiça própria. Nós nos julgamos bom demais, e as vezes parece que Deus depende de nós de tão bons que somos. Somos algumas vezes parecidos com aqueles fariseus que viviam questionando o mestre em tudo o que ele dizia e fazia. Eles cuidavam tanto da vida dos outros e nem eram capazes de perceber o quanto eram perdidos na sua arrogância e justiça própria. Eles julgavam a mulher pecadora, mas eram piores do que ela. Eles julgaram Jesus por tomar um café na casa de Zaqueu, mas eram piores do que Zaqueu no coração e na mente. Nosso Deus! Que capacidade é essa de julgamos os outros e não olhar para nós mesmos e percebermos que somos tão pecadores e miseráveis como qualquer outro! Que o Eterno na sua graça nos livre dessa arrogância! __________ Alcindo Almeid…

O reflexo de Cristo em nós

Imagem
Paulo mostra a realidade de fazermos parte de Cristo tanto na morte como na sua glória. Ele diz em Filipenses 3.21: Que transformará o corpo da nossa humilhação, para ser conforme ao corpo da sua glória, segundo o seu eficaz poder de até sujeitar a si todas as coisas. Qual a implicação desta verdade para nós? É que a realidade da imagem e reflexo de Cristo em nós criam uma dinâmica na vida de tal forma que caminhamos para a glória de Cristo e não de nós mesmos. E só teremos uma compreensão maior acerca da glória de Cristo, quando compreendermos melhor a nossa necessidade de ser modelo, de ser exemplo do Reino de Cristo. A implicação desta verdade para nós é que nós precisamos compreender que quando não imitamos a Cristo, imitamos a nós mesmos. Daí só há vazão para a idolatria na vida. O reflexo da imagem, da glória de Deus através do seu Filho nos faz buscar o seu caráter na vida.
Somos o reflexo da imagem de Cristo aqui na terra. Carregamos a sua cruz. Carregamos a sua glória em todos …

Jean Vanier no seu livro O despertar do ser diz algo significativo:

Imagem
“A comunhão está no âmago do mistério da nossa humanidade. Ela significa aceitar a presença do outro dentro de si e também aceitar o chamado recíproco para entrar dentro do outro. A comunhão implica a segurança e a insegurança da confiança , é uma luta constante contra todos os poderes do medo e do egoísmo dentro de nós” (VANIER, 2002, p. 35).

Leituras no mês de agosto de 2011

Imagem
LUCADO, Max. Na jornada com Cristo. São Paulo: Editora Mundo Cristão, 2011. Com certeza em algum momento da sua vida você já se questionou o porquê de trabalhar, estudar, se casar e formar uma família, ter dinheiro e bens materiais, entre tantos outros porquês. Questionamentos fazem parte da essência humana, mas fato é que não podemos passar anos e anos nesta terra, desfrutando do que temos de bom ou lutando para conquistar o mínimo de conforto, sem que haja um significado para tudo isso. Muita gente não sabe qual é o sentido da vida, ou o de sua própria existência. E você, sabe? Max Lucado quer ajudar você a descobrir não só um sentido para sua vida, mas também a melhor forma de vivê-la, para que alcance sua tão sonhada realização pessoal. As meditações apresentadas pelo autor oferecem inspiração e força para enfrentar as subidas, descidas e estradas tortuosas que encontrará em sua jornada. Contém 160 páginas. LUCADO, Max. Sorria. 316 pensamentos para aquecer sua alma. São Paulo: Thom…