Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2009

Fé na graça versus impaciência

- Texto para meditar:Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia.Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente; Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas (II Coríntios 4 4. 16-18).

A impaciência é uma forma verdadeiramente de incredulidade. Quando começamos a desconfiar do caráter de Deus ou da sabedoria dele acontece este item na nossa vida.
Ela vem quando um plano é interrompido ou desfeito na vida. O oposto disto não é a negação superficial das perdas e desilusões da vida, mas a disposição permanente e profunda de esperarmos em Deus no lugar não planejado da obediência. Fé então é esperar no caminho dele de maneira absolutamente segura. Fé é acreditar com o coração na graça divina para a nossa vida.
É interessante avaliarmos que os pecados vêm da descrença nas p…

O CLAMOR EMOCIONADO DE DEUS

- Texto para meditar:Jeremias 2.1-13.
São impressionantes as semelhanças que há entre a vida de Jeremias e a de Jesus:1) Os dois nasceram e cresceram em pequenos povoados: Jeremias em Anatote e Jesus, em Nazaré.2) Os habitantes de Anatote rejeitaram Jeremias e procuraram mata-lo, da mesma maneira que os habitantes de Nazaré rejeitaram Jesus.3) Os líderes religiosos foram os principais inimigos de Jeremias, e a mesma coisa aconteceu com Jesus.4) Jeremias atacou o povo de então por causa da sua fé supersticiosa que tinham no Templo, e por crerem que a conduta moral não era importante, já que eles obedecem ao ritual do Templo. Jeremias disse assim: “Não confieis em palavras falsas, dizendo: Templo do Senhor, Templo do Senhor é este... Eis que vós confiais em palavras falsas, que para nada vos aproveitam... Será esta casa, que se chama pelo meu nome, um covil de salteadores aos vossos olhos? Eis que eu, eu mesmo, vi isto, diz o Senhor” (Jr 7:4,8-11). Jesus “tendo entrado no templo, expulso…

Cristo é a nossa redenção

- Texto para meditar:Princípio do Evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus (Mc. 1.1).

A Palavra de Deus é a nossa convicção da uma fé que já há muito tempo o Espírito Santo inspirou com conteúdos que trazem verdades essenciais para a nossa vida e dinâmica espiritual. Numa vida de fé, cada pessoa descobre todos os elementos de uma aventura original e única.
A Palavra de Deus (Bíblia) deixa bem claro que sempre quando há uma história de fé, ela é completamente original. Como diz o teólogo e escritor Eugene Peterson: “O gênio criativo de Deus é inesgotável. Ele jamais se fatigará em manter os rigores da criatividade, lançando mão dos recursos de uma produção de cópias em massa. Cada vida é uma tela em branco sobre a qual Deus utiliza todas as linhas e matizes de cores, sombras e luzes, diferentes texturas e proporções nunca antes usadas por ele”.
A nossa fé é evidenciada nos Evangelhos que contam a história da nossa redenção quando Deus participa da história humana através da encarnação de …

O declínio da sabedoria

- Texto para meditar:Agora, pois, ó Senhor meu Deus, tu fizeste reinar a teu servo em lugar de Davi meu pai; e sou apenas um menino pequeno; não sei como sair, nem como entrar. E teu servo está no meio do teu povo que elegeste; povo grande, que nem se pode contar, nem numerar, pela sua multidão. A teu servo, pois, dá um coração entendido para julgar a teu povo, para que prudentemente discirna entre o bem e o mal; porque quem poderia julgar a este teu tão grande povo? (I Reis 3.7-9).
Vivemos dias de pouca fé e mais humanização de tudo. A tecnologia que é uma boa ferramenta para nós tem levado muitos a dependência do hoje, do agora. Não se fala em sabedoria para vida, fala-se em como progredir mais para ganhar mais. A grande verdade é que quanto mais o confia em si mesmo ocorre uma ruptura da noção da sabedoria.
Na visão do texto de Salomão, a sabedoria que ele recebeu de Deus é a consciência do mistério num mundo estruturado, não o exercício da vontade própria dos espíritos livres. Não é…

SUA ALTEZA, O MENDIGO. XXXII

Bill Gates tentou conectar com Sua Alteza, o mendigo, mas não teve êxito na empreitada. O pedinte tem ponto fixo na calçada, mas não tem laptop. O celular até traz embutida a bolsa do governo para o pobre ter acesso, porém o mendigo não faz parte do projeto “fome zero”, nem das cotas da discriminação racial. Ele é apenas humano. Jamais será classe no humanismo.
Ele tem fome, sim, mas do Maná do céu, o Pão nosso de cada dia. Essa é uma iguaria estranha da cozinha celestial. É Pão raríssimo nas padarias humanistas. Aliás, inexiste.
No deserto não havia supermercado a vista, nem boteco para o happy end no finalzinho da tarde. Só havia Maná e mais Maná. Todos os dias e o dia todo. Maná de manhã, de tarde e de noite... Até enjoar. Foi assim que os hebreus deram início à murmuração. O coaxar do sapo na lama. Os religiosos sempre reclamam, rezingam e só gostam de menu rico e variado, exigindo uma mesa requintada. Mendigo só come Maná, a esmola da graça.
Sua Alteza não se importa com a variedade…

VEJAM ESTE FILME: A HISTÓRIA DE NÓS DOIS

Ben e Katie Jordan, após 15 anos, estão lutando com o paradoxo universal: por que as qualidades que os fizeram loucos apaixonados agora são os motivos para que eles se afastem? Emocionalmente esgotados devido ao relacionamento, os Jordan tentam uma separação judial enquanto seus filhos, Josh, de 12 anos, Erin de 10, estão numa colônia de férias. Para os dois adultos, brigar tornou-se uma condição e não mais uma exceção, onde a única opção foi a retirada para campos neutros. Durante esse afastamento, Ben e Katie refletem sobre o valor de sua história compartilhada - a dança, aperfeiçoada com o passar dos tempos, que tornaram "nós". A História de Nós Dois, é uma avaliação real e engraçada da vida de um casal, estrelada por, Bruce Willis e Michelle Pfeiffer

Contemplemos a justiça de Deus sempre

- Texto para reflexão:O Senhor prova o justo e o ímpio; a sua alma odeia ao que ama a violência. Sobre os ímpios fará chover brasas de fogo e enxofre; um vento abrasador será a porção do seu copo. Porque o Senhor é justo; ele ama a justiça e os retos, pois, verão o seu rosto. (Salmo 11. 5 a 7).

O texto fala que o Senhor prova o justo e o ímpio. Afirma também que a sua alma odeia o que ama a violência. E Davi diz que sobre os ímpios, Deus fará chover brasas de fogo e enxofre e um vento abrasador será a porção do seu copo. Por quê?
Porque o Senhor é justo e ama a justiça. Deus vê cada ação e retribuirá com a sua justiça. Ele pesa na balança as ações do justo e do ímpio. Alguns pensam que podem praticar o mal na vida inteira e se esquecem que Deus está no seu trono vendo tudo e contemplando tudo.
O texto diz que Deus abomina a violência e fará chover brasas de fogo e enxofre sobre os ímpios. Em outras palavras, haverá terror para aqueles que praticam o mal como houve para Sodoma e Gomorra (…

Não fuja para Társis

No seu livro A vocação espiritual do pastor Eugene Peterson mostra que Jonas é um personagem querido por todos. Pessoas de fora que têm um mínimo de conhecimento ou interesse pelas Escrituras sabem o suficiente sobre Jonas para rirem de uma piada baseada na história.
Jonas se dispôs, mas para fugir da presença do Senhor para Tarsis; e, tendo descido a Jope, achou um navio que ia para Társis; pagou, pois, a sua passagem e embarcou nele, para ir com eles para Tarsis, para longe da presença do Senhor (Jonas 1:3). Fiz muitas coisas em minha vida que atrapalharam os grandes alvos que eu tinha estabelecido — e algo sempre me trouxe de volta ao verdadeiro caminho.
Jonas é um personagem querido por todos. As crianças em geral adoram sua história, e os adultos também ficam fascinados. Pessoas de fora que têm um mínimo de conhecimento ou interesse pelas Escrituras sabem o suficiente sobre Jonas para rirem de uma piada baseada na história. Os estudiosos, estufados de tanta erudição, escrevem artig…

Vem aí......O anseio furioso de Deus

O anseio de Deus por você é maior e mais forte que qualquer elemento impulsionador da pior catástrofe que você consiga imaginar. Deus não descansa enquanto não o encontra, esteja onde e como estiver, e o traz para ele de volta, para o seu afável cuidado. Você é o que Deus tem de mais precioso. E nada é capaz de separá-lo do amor “furioso” do Criador. Aprender a viver nesse amor e confiar em Deus é o convite que só Brennan Manning, com seu toque peculiar, poderia fazer. O anseio furioso de Deus fala sobre um relacionamento de profundo amor com Deus, o amor com o qual ele ama o homem e que o fez entregar seu único filho para a morte na cruz. Deus nos ama e espera que cultivemos uma relação íntima com ele. É para este anseio divino que Manning nos desperta e leva. Cada capítulo encerra-se com algumas perguntas e reflexões nas quais vale a pena meditar. O objetivo não é que você encontre a resposta “certa”, e sim que essas reflexões o façam parar e meditar sobre o tema tratado naquele capí…

Leituras no mês de novembro

LOPES, Hernandes Dias. Como conciliar os decretos de Deus com a oração. Vol. II. São Paulo: Arte Editorial, 2009. Quem nunca ouviu ou nunca fez uma das seguintes perguntas: Como entender a finalidade da oração dentro do decreto de Deus? Se tudo já foi decretado antes da fundação do mundo, qual é o papel da oração na vida do crente? Se Deus sabe todas as coisas, por que devo orar? Se você já fez ou já ouviu alguma dessas perguntas, então este livro foi feito para você. Com certeza, você será enriquecido e receberá munição para responder e auxiliar aqueles que fazem as mesmas inquirições. Essas e outras perguntas inquietaram muitos cristãos e ainda continuam a provocar muitas indagações pelos cristãos contemporâneos. Porém, finalmente, a luz raiou em nossa pátria. Deus jamais deixa os seus eleitos na escuridão da ignorância. Este é o volume 2 da Coleção Grandes Temas da Fé Cristã, escrita pelo Rev. Hernandes Dias Lopes, autor já consagrado pelos leitores no Brasil e no exterior. Outros …