Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2012

Meus 15 anos de pastorado

Hoje pela graça do Eterno, completo 15 anos de pastorado e muitas pessoas passaram na minha história. Com toda certeza elas foram marcantes. Lembro-me de alguns momentos que foram extrardinários no tempo de pastorado. Mentores que marcaram profundamente minha caminhada pastoral. Ricardo Barbosa foi jóia demais para o coração. Ele disse:

O ministério é o meio pastoral para buscarmos uma relação pessoal com o Pai. E contribuir para que as pessoas façam isto no relacionamento com o Pai. A grande tarefa da dotação ministerial é levar as pessoas a relacionarem-se com o Pai. A razão primeira das pessoas que entram na igreja é saber orar. Portanto, o nosso ministério resume-se em ensinar o cristão a orar.
Isso foi referencial para minha vida. E agradeço ao Eterno pela vida deste amigo que é um dos mentores do nosso grupo chamado Projeto Timóteo. Um grupo que completará ano que vem 15 anos de existência na nossa caminhada. Agradeço pelas igrejas: de Ermelino, Pirituba, Lapa e onde estou hoje …

15 anos de pastorado

Na sexta-feira dia 31 de agosto, se o Eterno permitir, eu, o Marcos Suel e Luiz Barreto completaremos 15 anos de pastorado. Depois de muita luta e com a graça divina usando a vida do Pr. Antonio Maspoli, Pr.Gilberto Pires de Moraes e outros colegas, fomos aprovados e ordenados no dia 31.08.1997 na IP de Ermelino Matarazzo. Recordar é viver!!! Nos 15 anos de pastorado, aprendi que precisava buscar disciplinas espirituais, ser alguém com compromisso na oração e na Palavra. Aprendi que precisava buscar conexões com pessoas e estabelecer relacionamentos duráveis.

Pensando um pouco sobre a criação em Gn.1.26

Fomos criados não para sermos só religiosos, mas humanos, humanos que refletem minimamente o caráter do Eterno Deus. Quando visamos Deus em nossa vida, somos humanos e gloricamos a ele dentro de nós amando e honrando-o. Seja humano olhando para o Eterno e você refletirá algo dele: caráter, bondade, afeição, amor, graça e perdão. (Alcindo Almeida)

Tim Keller no seu livro Deuses Falsos

“O coração humano toma coisas boas como uma carreira de sucesso, amor, bens materiais, e até a família, e faz delas seus bens últimos. Nosso coração as diviniza como se fossem o centro de nossa vida porque achamos que podemos ter significado e proteção, segurança e satisfação se as alcançarmos" (p. 13).
"O caminho a seguir em frente, para longe do desespero, é discernir os ídolos do nosso coração e nossa cultura. Mas isso não será suficiente. A única forma de nos libertarmos da influência destrutiva dos falsos deuses é nos voltarmos para o verdadeiro Deus, o Deus vivo, que se revelou, tanto no Monte Sinai quanto na cruz, é o único Senhor que, se for encontrado, pode realmente satisfazê-lo; e, se você falhar, ele será o único que poderá realmente perdoá-lo" (Tim Keller, Deuses Falsos. p. 21).

A mágoa é um processo duro

Atentando, diligentemente, porque ninguém seja faltoso, separando-se da graça de Deus; nem haja alguma raiz de amargura, que, brotando, vos perturbe, e, por meio dela muitos sejam contaminados (Hebreus 12.15).
Pensando um pouco hoje sobre a mágoa percebo que ela tem certa duração no coração e que ela fica remoendo o passado, as chateações e tristezas geralmente em relação e pessoas que tiveram alguma convivência conosco. Mágoa é sempre um processo crônico e perigoso dentro de nós, ela é visceral, ela endurece o nosso coração e destrói a vida, ela nos faz suspeitar de tudo, nos torna cínicos e também nos deprime.
Lembro-me de uma pessoa que me interrompeu numa oração de maneira pública porque ela queria que eu orasse do jeito dela. Aquilo me irritou e provocou uma mágoa enorme dentro de mim. Levei algum tempo para compreender o efeito dela no coração. Pela graça perdoei a pessoa, mas os efeitos foram cruéis dentro de mim. Muitas pessoas vivem com a raiva calculista dentro de si mesma. …

A Lista de Oswaldo Montenegro

Faça uma lista de grandes amigos
Quem você mais via há dez anos atrás
Quantos você ainda vê todo dia
Quantos você já não encontra mais...

Faça uma lista dos sonhos que tinha
Quantos você desistiu de sonhar!
Quantos amores jurados pra sempre
Quantos você conseguiu preservar...

Onde você ainda se reconhece
Na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria
Quantos amigos você jogou fora?

Quantos mistérios que você sondava
Quantos você conseguiu entender?
Quantos segredos que você guardava
Hoje são bobos ninguém quer saber?

Quantas mentiras você condenava?
Quantas você teve que cometer?
Quantos defeitos sanados com o tempo
Eram o melhor que havia em você?

Quantas canções que você não cantava
Hoje assobia pra sobreviver?
Quantas pessoas que você amava
Hoje acredita que amam você?

A abertura do nosso coração a Deus

Na solidão da oração podemos paulatinamente desmascarar as ilusões de nossas atitudes possessivas; descobrimos no fundo do nosso ser que o importante não é tentarmos controlar ou conquistar as outras pessoas ou coisas, mas lhes passar aquilo que nos é dado por Deus... Se a reflexão teológica consiste em abrir nossa cabeça para a sabedoria e verdade de Deus, a formação espiritual consiste na abertura do nosso coração a Deus e ao seu povo" (NOUWEN, Henri. Formação espiritual. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 2012, pp. 65 e 70).

Um momento de aprendizado

E te lembrarás de todo o caminho pelo qual o Senhor teu Deus tem te conduzido durante estes quarenta anos no desertoa fim de te humilhar e te provarpara saber o que estava no teu coraçãose guardarias ou não os seus mandamentos (Dt. 8.2).
Visitando um casal da igreja refleti sobre algumas questões bem importantes na vida. Quando a crise vem sobre nós é bom avaliarmos que ela é um tempo de oportunidade. As grandes experiências e lições da nossa vida são aprendidas no deserto e na hora da crise. O momento da crise é um deserto e um momento de aprendizado, de teste, de treinamento na nossa vida espiritual. O deserto é o diagnóstico dos desígnios do coração das motivações profundas da nossa alma. Nos momentos de desertosomos chamados para obedecer à voz do Pai somos convidados por elepara crer mesmo quando não há nada de concreto a ser mostradovisto. No meio da crisenão percamos de vista o ensino de Deus para o nosso coração. Ele quer falar algo para o nosso amadurecimento espiritual. Na ho…

Você é ouro três vezes para o Brasil

Valeu José Roberto Guimarães, você é ouro três vezes para o Brasil. Esse cara é respeitável! Ele ganhou medalha de ouro com os homens em 1992 e duas vezes seguidas com as meninas. Acredito que precisamos de gente assim no esporte. Gente séria, gente honesta, digna e que honra a nossa pátria. Fico orgulhoso de ver gente assim lá em Londres. Parabéns também a jovem Nathalia por ter homenageado a sua concorrente vestindo a camisa dela. Que coisa linda essa seleção feminina!! Parabéns à família Falcão pelas duas medalhas também. Gente simples q marcou história!!!!

Q tempo legal ontem na Bienal...Nos divertimos em família!!!!

Comemoração dos 21 anos da igreja Presbiteriana em Alphaville

Tema da Série: Igreja: qual é a Graça? Graça maravilhosa que nem todos reconhecem, mas, é para todos. Graça que nem todos sabem, mas, é redentiva. Graça que custou muito, mas, é totalmente de graça. Preletores convidados: Pr. Glênio Fonseca Paranaguá e Hernandes Dias Lopes. Louvor: Gerson Borges e outros. Aguadem esses momentos no mês de setembro!

Exposição em Efésios

No próximo domingo teremos a exposição de Efésios 4.17-24. Tema: Aprendendo da nova vida em Cristo. Será na celebração da noite às 19 hs. Você é o nosso convidado nesse tempo de celebração e aprendizado nas Escrituras. _________________________________ Igreja Presbiteriana em Alphaville - Largo da Igreja, 1 - Santana de Parnaíba - SP.

Somos escolhidos pelo amor

Nós somos chamados pela graça de Jesus Cristo. Somos escolhidos pelo amor dele para carregar a sua paz no coração porque o eterno Deus nos ama com um amor eterno. Somos amados dele chamados para o projeto da santidade, da vida de comunhão com o eterno todos os dias da nossa vida. Como diz John Piper “que Deus nos conceda conhecer esse amor. Agarrá-lo. Saboreá-lo. Descansar nele. Ser libertado e ser feito radical por ele. E que passemos o resto de vida elogiando-o a todos que conhecemos”.
______ Por Alcindo Almeida

Leituras em julho de 2012

John Piper: Pense. A vida da mente e o amor de Deus. São Paulo: Editora Fiel, 2012. É muito comum colocarmos o pensar e o sentir em oposição. Em especial no que diz respeito à experiência cristã. No momento, glorificar a Deus com nossa mente e coração não é "ou pensar", e sim "tanto pensar como sentir". Focalizar a vida da mente ajudará você a conhecer melhor a Deus, a amá-lo mais e a se interessar pelo mundo. Este livro o ajudará a pensar sobre o pensar e sobre como o coração e a mente glorificam a Deus juntos. O autor define da seguinte maneira seu entendimento sobre a importante tarefa do pensar: "Considerar. Meditar. Ponderar. Pensar. Quanto a mim, esse tem sido o caminho para ver, experimentar, cantar e proclamar - e permanecer. Ano após ano, este tem sido o meu trabalho - pensar, saturado de oração, em dependência do Espírito, sobre o que Deus tem revelado de si mesmo, para prover o combustível para o amor e a pregação". Ele contém 300 páginas.
GRAY,…