Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2008

A vaidade do poder humano.......

A vaidade do poder humano
(Eclesiastes 3.16-22)
Reflexões em Eclesiastes

Neste final de semana (dia 05.10) na IP Pirituba às 18:30 - refletiremos em Eclesiastes.

Nunca se viu em toda a história da humanidade um culto ao ego tão exacerbado como nos dias atuais.....Como diz Leonardo Boff: Todo menino quer ser homem. Todo homem quer ser rei. Todo rei quer ser Deus. Mas, só Deus quer ser menino.

Um abraço e até lá se o Pai permitir...
______________________________________________________
IGREJA PRESBITERIANA DE PIRITUBA
R. Joaquim de Oliveira Freitas, 2466

Deus se lembra das nossas ações na sua providência divina

Imagem
-Texto para reflexão:Naquela mesma noite fugiu do rei o sono; então ele mandou trazer o livro de registro das crônicas, as quais se leram diante do rei. E achou-se escrito que Mordecai tinha denunciado Bigtã e Teres, dois dos eunucos do rei, guardas da porta, que tinham procurado tirar a vida ao rei Assuero. E o rei perguntou: Que honra, ou dignidade, foi conferida a Mordecai por Isso? Responderam os moços do rei que o serviam: Coisa nenhuma se lhe fez(Ester 6.1-3).

Francis Schaeffer num artigo: “A Forma e Liberdade na Igreja” disse: “São as verdades centrais da Palavra de Deus que fazem do cristianismo o cristianismo” (SCHAEFFER, Francis A. A forma e liberdade na igreja -A Missão da igreja no mundo de hoje. São Paulo: ABU, 1990, p. 212).
Há uma verdade preciosa que tem escapado da nossa realidade: Deus cuida de nós e nada acontece por acaso.
Vejam como Deus está conosco em todo tempo. Houve uma tentativa de assassinato do rei Assuero (Ester 2.19-23). Mardoqueu ouviu a conspiração e levo…

Solidão: A fornalha da transformação

Imagem
Henri Nouwen comenta sobre a solidão que é a fornalha da nossa transformação:

“A solidão é, assim, o lugar da grande luta e do grande encontro. Ela não é apenas um meio para alcançar um fim. É o lugar onde Cristo nos remodela à sua imagem e nos liberta das enganosas compulsões do mundo”.[1]

A solidão que nos leva a compaixão leva-nos a solidariedade, nela “percebemos que as raízes de todos os conflitos, guerras, injustiças, crueldade, ódio, ciúme e inveja são inerentes ao nosso coração”. Na solidão, o coração de pedra se transforma em carne. Este momento de solidão de silêncio, para os pais do deserto, significa não apenas não falar, mas também uma postura diante de Deus e de nós mesmos. É um silêncio que nos habilita a ouvir, meditar e contemplar as obras e mistérios de Deus. Eles diziam: Um homem pode parecer silencioso, mas se em seu coração está condenando os outros, está falando sem cessar. Na meditação esotérica o silêncio é uma tentativa de esvaziar a mente; já na contemplação cr…

Amando com coração puro, consciência tranqüila e fé sem hipocrisia

Imagem
- Texto para reflexão: Mas o fim desta admoestação é o amor que procede de um coração puro, de uma boa consciência e de uma fé não fingida (I Tim. 1.5).

Estamos carentes de uma geração que ama, que acolha com afeto e sinceridade o próximo. Estamos carentes de pessoas que reconheçam a sua pequenez, a sua miséria de serem pecadoras e dependentes da graça de Deus. Estamos carentes de pessoas que reconheçam a graça abundante de Deus em sua vida pelo fato de terem sido escolhidas para a obra dele.
Estamos carentes de pessoas que abracem a causa de Cristo e combatam o bom combate dele. Estamos carentes de líderes assim e servos de Deus com este caráter, com esta fé. Por isso, Paulo escreve conselhos a Timóteo, para que reflita e assim, seja um praticante destas verdades na presença do Pai.
Paulo dá algumas ordens do Pai, do eterno da vida de Timóteo, para que o jovem pastor ser bem sucedido na vida cristã.
A primeira observação de Paulo é quanto ao amor, este deve ser praticado com um coração p…

O ensino de Jesus sobre o perdão em Mateus 18:15-35

Imagem
 Perdão: remissão de pena, desculpa, indulto
 Perdoar: desculpar, absolver, poupar, conceder perdão
 Culpa: conduta negligente ou imprudente, sem propósito de lesar, mas da qual proveio dano a outrem.

“Se teu irmão pecar contra você, vai argüi-lo entre você e ele só. Se ele te ouvir, ganhaste a teu irmão. (...) Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra terá sido ligado nos céus, e tudo o que desligardes na terra terá sido desligado nos céus. Em verdade também vos digo que, se dois dentre vós sobre a terra, concordarem a respeito de qualquer coisa que, porventura pedirem, ser-lhes-á concedida por meu Pai, que está nos céus.” Então Pedro, aproximando-se, lhe perguntou: Senhor, até quantas vezes meu irmão pecará contra mim, que eu lhe perdoe? Até sete vezes?”

Este texto, que descreve o ensino de Jesus sobre o perdão, nos alerta sobre a necessidade individual de cada um em manter a comunhão com o próximo e com Deus, nosso pai celestial.
A perplexidade do apóstolo Pedro, que levou…

Pensamento

Imagem
“Quem nada conhece, nada ama. Quem, nada pode fazer, nada compreende. Quem nada compreende, nada vale. Mas quem compreende também ama, observa, vê... Quanto mais conhecimento houver inerente numa coisa tanto maior o amor” (Para Celso).

___________________________________
(Erich Fromm. A arte de amar.)

Uma reforma espiritual

Imagem
- Texto para reflexão:Pois no oitavo ano do seu reinado, sendo ainda moço, começou a buscar o Deus de Davi, seu pai; e no duodécimo ano começou a purificar Judá e Jerusalém, dos altos, dos aserins e das imagens esculpidas e de fundição. Foram derribados na presença dele os altares dos baalins; e ele derribou os altares de incenso que estavam acima deles; os aserins e as imagens esculpidas e de fundição ele os quebrou e reduziu a pó, que espargiu sobre as sepulturas dos que lhes tinham sacrificado. E os ossos dos sacerdotes queimou sobre os seus altares; e purificou Judá e Jerusalém. E nas cidades de Manassés, de Efraim, de Simeão e ainda até Naftali, em seus lugares assolados ao redor, derribou os altares, reduziu a pó os aserins e as imagens esculpidas, e cortou todos os altares de incenso por toda a terra de Israel. Então, voltou para Jerusalém (II Cron. 34.3-7).

Há algo que Deus não requer na igreja: acalorados programas e programações frenéticas. Ele deseja somente que seu povo o c…

A busca pelo poder na vida é infatilidade

Imagem
- Texto para reflexão:Porque Deus sabe que no dia em que comerdes desse fruto vossos olhos se abrirão e sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal (Gn. 3.5).

Satanás sabia que oferecendo a Eva a idéia do fruto proibido não constituiria um prazer em si mesmo. Ele sabia que a idéia de riqueza não traria atração para Eva. Mas, quando ele fala do poder de conhecer como Deus mexeu com a sensibilidade e vulnerabilidade na vida dela. Esta frase foi lá no fundo do coração de Eva: E sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal.
A serpente abriu a cortina da sala da eternidade e convidou Eva de maneira gentil para se sentar. Foi mais ou menos assim: Eva, você está vendo a coroa de Deus? Pegue é sua! Eva, você está vendo o cetro de Deus e o seu manto? Pegue-os são seus!
Isto é o processo de ter um nome de ter o poder no controle da vida. E o Diabo é astuto em querer nos levar ao poder sempre. Eva morde a isca e cai direitinho!
Esta é uma crise que vivemos todos os dias. A crise do poder. É o outro que…

A obesidade do ego - Glênio Fonseca Paranaguá

Imagem
A descendência de Adão encontra-se contaminada pela síndrome de altar. (...) Somos uma raça que gosta de viver em destaque. (...) O ser humano comum sente anseio pela celebridade e não gosta da sombra do ostracismo. (...) O exibicionismo no palco é uma deformação que denota obesidade do ego, em conseqüência da teimosia dominante do pecado original. (...) O gênero adâmico é presunçoso ao extremo e não concorda com a fronteira da insignificância. (...) Ninguém gosta de viver à margem do êxito e das lentes de observação. O velho homem, espécie gerada no útero da rebeldia no Éden, não aceita viver no deserto social ou afastado das luzes da ribalta. Ele pode até aturar essa condição por falta de escolha, mas não é de bom grado. A expectativa reservada no seu interior é sempre de uma visibilidade pública e de prestígio diante da coletividade. Muitos não querem perder a sua privacidade, mesmo assim, não gostam de viver na carceragem do anonimato. O risco da elevação é você alcançar o alto da…

Frase preciosa de Lucado........

Imagem
“Em breve você estará em casa. Talvez ainda não tenha notado, mas está cada vez mais perto de casa. Cada momento é um passo dado. Cada respiração é uma página virada. Cada dia é um quilômetro percorrido, uma montanha escalada. Você está mais perto de casa do que imagina. Antes que você perceba, seu dia marcado chegará; você descerá a rampa e entrará na Cidade. Verá rostos familiares aguardando por você. Ouvirá seu nome ser proferido por aqueles que o amam. E, talvez, digo talvez - no fundo, atrás da multidão - Aquele que preferiu morrer a viver sem você retirará as mãos feridas de dentro de seu manto celestial e… aplaudirá".
(LUCADO, Max. Aplauso do céu. São Paulo: Hagnos, 2005).

Pensando nos aspectos da eternidade

Imagem
- Texto para reflexão:O homem, nascido da mulher, é de bem poucos dias e cheio de inquietação. Sai como a flor e se seca; foge também como a sombra e não permanece (Jó 14.1-2).

Algo que nos faz refletir sobre o dia do nascimento de alguém é que o nascimento traduz a depravação na raça humana que está neste mundo.
Quando olhamos para as palavras de Davi percebemos algo sério: Eis que em iniqüidade fui formado e em pecado me concebeu minha mãe (Salmo 51.5). Alienam-se os ímpios desde a madre; andam errados desde que nasceram, proferindo mentiras (Salmo 58.3).
A vida passa sempre pelo processo de depravação. Então temos guerras, tristezas, doenças, violência, poluição, a vida de algumas pessoas que permanecem num ódio cruel. Vemos a natureza gemendo e aguardando a sua redenção exatamente por causa desta depravação, desta situação que a culpa de Adão e Eva causou na criação. Daí a nossa conclusão quando Salomão fala que a morte é melhor do que o dia do nascimento é que a morte remove essa de…

DESENVOLVA UMA CONSCIÊNCIA TRANQÜILA

Imagem
Texto para reflexão:Por isso também me esforço por ter sempre consciência pura diante de Deus e dos homens (Atos dos Apóstolos 24.16).

A vida é feita de relacionamentos, e isso a torna complexa e, muitas vezes, difícil e cheia de desafios.
Mas não há nada melhor do que viver! O desafio é viver em uma sociedade tão frágil de princípios e valores como a nossa.
Lembro-me de uma entrevista que li de Peter Singer, filósofo australiano (Revista Veja, Edição de 21/02/2007), onde ele fazia a seguinte ponderação sobre a ética nos relacionamentos em nossa sociedade: “O que pode causar o enfraquecimento dos valores éticos numa sociedade? A ética é um exercício diário; precisa ser praticado no cotidiano. Só assim ela pode se afirmar em sua plenitude numa sociedade. Se uma pessoa não respeita o próximo, não cumpre as leis de convivência, não paga seus impostos ou não obedece às leis de trânsito, ela não é ética. Num primeiro momento, pequenas infrações isoladas parecem não ter importância. Mas, ao lo…

O “mas” de Deus é importante para o nosso crescimento espiritual

Imagem
- Texto para reflexão:Então o rei Davi se pôs em pé, e disse: Ouvi-me, irmãos meus e povo meu. Em meu coração havia eu proposto edificar uma casa de repouso para a arca do pacto de Senhor, e para o escabelo dos pés do nosso Deus, e tinha feito os preparativos para edificá-la. Mas, Deus me disse: Tu não edificarás casa ao meu nome, porque és homem de guerra, e tens derramado muito sangue (I Crônicas 28.2-3).

A frase forte no texto é: Eu tinha no coração o propósito...Todo mundo ouve esta frase do velho Davi. Todos os conselheiros e servos dele o aprovam, inclusive Natã – o profeta. Ele queria construir um templo para o Senhor. Ele queria proteger a Arca da aliança. O que ele fez no reinado de Jerusalém ele desejava para as demandas espirituais. Ele tinha no coração o propósito de construir um templo para o seu Deus. Tudo estava projetado no seu coração. Mas, Deus disse não.
É interessante que no capítulo 17 foi tratado sobre o desejo de Davi construir o templo para o Senhor. E o assunto …

A excelência na vida cristã

Imagem
- Texto para relfexão:Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder em muito a dos escribas e fariseus, jamais entrareis no reino dos céus (Mateus 5.20).

Nesta última sexta-feira acordei pensando no céu. Ouvi esta canção de Gerson Borges: Estrangeiros. Ela tem uma letra que nos faz pensar seriamente no nosso papel aqui na terra. A letra diz:

Eu queria um mundo de paz E que ninguém se sentisse só Mas a coisa é bem diferente De repente lembro da mulher de Ló Eu não teria saudades daqui Subir com Cristo será melhor
Somos estrangeiros, nossa casa não é aqui

Este mundo não é nosso país Somos forasteiros, somos viajantes Nossa pátria é bem mais feliz
Eu queria não ver tanta dor
Que o sofrimento chegasse ao fim Mas a coisa é bem diferente Se eu tivesse asas como um Serafim Eu não teria saudades daquiVoava embora que bom pra mim

Uma parte da letra diz que somos estrangeiros, nossa casa não é aqui. Este mundo não é nosso país. Somos forasteiros, somos viajantes e nossa pátria é bem mais feliz. Então vem …

Deus nos amou em Jesus

Imagem
- Texto para reflexão:Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermi­dades e sobre si levou as nossas doenças; contu­do nós o consideramos castigado por Deus, por Deus atingido e afligido. Mas ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniqüidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feri­das fomos curados (Isaías 53.4-5).

Uma frase que ecoa no meu coração é: Ele tomou sobre si nossas enfermidades.
Creio que há uma grande discussão sobre este texto. Porque alguns defendem que Jesus levou na cruz as nossas enfermidades da carne. E por isso, dizem alguns teólogos que podemos orar pela cura que ele é certa.
Não deixo de acreditar que está implicita a realidade de Cristo ter levado as enfermidades do físico, Mas, quero crer e ser confortado com a firme convic­ção de que as piores enfermidades que o nosso amado Senhor levou na cruz foram as da alma e do nosso caráter cruel por causa do pecado. Ele levou as injustiças da h…

A VIDA, ARTE DOS ENCONTROS

Imagem
- Texto para reflexão:“Uma coisa sei: Eu era cego e agora vejo” (João 9.25).

Há algum tempo atrás li um artigo com o tema acima, assinado por Marcos Inhauser, que evidenciou-nos uma verdade sobre a qual vale a pena refletir.
“Viver, diz ele, é a arte dos encontros, e eles nos fazem ser mais ou menos efetivos na vida dos outros e na própria vida”.
Isso porque há vários tipos de encontros na vida. Há aqueles que são inevitáveis. Pode ser a pessoa chata, a grossa, a escandalosa no jeito de ser ou falar, a mal educada, a mal cheirosa. Desse último tipo, lembro-me de subir as escadarias que levavam à torre da Catedral de Strasbourg (França) atrás de um senhor e seu pequeno filho, sem possibilidade de ultrapassá-los. Não se tratava de uma penitencia, mas, foi um tormento sem fim.
Há encontros em que você se sente bem em ter encontrado, ter podido ajudar e nem fica sabendo quem era a pessoa.
Há os encontros que ocorrem quando não se espera mais nada. Há encontros em que as pessoas trocam idéias, …

Davi, um homem que tinha a ajuda de Deus

Imagem
- Texto para reflexão:Então veio o espírito sobre Amasai, chefe dos trinta, que disse: Nós somos teus, ó Davi, e contigo estamos, ó filho de Jessé! Paz, paz contigo, e paz com quem te ajuda! Pois que teu Deus te ajuda. E Davi os recebeu, e os fez chefes de tropas (I Cron. 12.18).

Quando percorremos as páginas das Sagradas Escrituras percebemos que as orações de Davi estão imersas na imagem e na convicção do governo soberano de Deus. A soberania de Deus é o componente que mais se sobressai no sistema de crenças que liga as muitas e variadas orações reunidas e dispostas, através dos séculos, nos Salmos atribuídos a Davi.
Sabemos que cerca de 300 anos depois de Davi, em Jerusalém, Isaías pregava aquilo que Davi orou: sermões poderosos e eloqüentes a partir do texto. O Senhor reina. Mil anos depois, Jesus iniciava seu ministério público pregando a partir do texto. O Reino de Deus está próximo (Mc. 1.15). Realmente Davi é um homem que marca a vida de um servo de Deus que impactou. Nele vemos…

Deus quer que tenhamos uma vida de retidão diante dele

Imagem
- Texto para reflexão:Josias tinha oito anos quando começou a reinar, e reinou trinta e um anos em Jerusalém. O nome de sua mãe era Jedida, filha de Adaías, de Bozcate. Ele fez o que era reto aos olhos do Senhor; e andou em todo o camimho de Davi, seu pai, não se apartando dele nem para a direita nem para a esquerda (II Reis 22.1-2).

Saibamos de uma coisa: a vida espiritual requer um aprofundamento e um avivamento constantes e vigilantes na presença de Deus em nosso coração (NOUWEN, Henri. Estrada para a paz. São Paulo: Loyola, 1999, p. 230).
Precisamos de uma disciplina contemplativa para ver Deus. Para isto não podemos viver no mundo, nos padrões do mundo. A nossa vida espiritual precisa ser vivida num contínuo processo de confissão e perdão. Para que a retidão e a pureza façam parte do nosso vocabulário cristão.
Creio que esta foi a dinâmica na vida deste rei chamado Josias.
Josias cujo significado do nome é Yahweh sustenta, era filho de Amon, um rei que fora mau, um rei que não fez o …

Deus, tem compaixão de mim!

Imagem
Agora estava num tempo de oração e Deus falou ao meu coração através de uma velha canção: Renova-me....
"Renova-me Senhor Jesus Já não quero ser igual Renova-me Senhor Jesus Põe em mim Teu coração Porque muito do que há dentro de mim Necessita ser mudado Senhor Porque tudo que há dentro do meu coração Necessita mais de ti".

Depois eu orei assim:

Deus faze do meu coração algo puro, singelo e sincero.
Não permitas que jamais eu viva em função de mim mesmo!!!
Faze com que eu dependa e necessite de ti toda hora, todo dia e toda semana.
Tem compaixão do meu coração!!!
E enche-o da tua graça, do teu amor e do teu amor...amém!!!
_______________
Pr. Alcindo Almeida

Deus nos deu a graça de recebermos vida de comunhão por meio de Jesus Cristo

Imagem
- Texto para reflexão:Depois de assim falar, Jesus, levantando os olhos ao céu, disse: Pai, é chegada a hora; glorifica a teu Filho para que também o Filho te glorifique, assim como lhe deste autoridade sobre toda a carne, para que dê a vida eterna a todos aqueles que lhe tens dado. E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti como o único Deus verdadeiro e a Jesus Cristo, aquele que tu enviaste. Eu te glorifiquei na terra, completando a obra que me deste para fazer. Agora, pois, glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo com aquela glória que eu tinha contigo antes que o mundo existisse(João 17.1-5).

Este texto nos convida a resgatar a idéia de adoração ao Pai por causa da obra redentora que ele realizou no nosso coração. Este texto nos convida a ter como modelo a comunhão que há entre o Pai e o Filho. Jesus pede ao seu Pai para glorificá-lo, pede para que dê a vida eterna a todos aqueles que lhe tens dado. Ele mostra que a vida eterna passa pela relação espiritual que tem como modelo …

Dependendo de Deus na hora da crise

Imagem
- Texto para reflexão:Partiu toda a congregação dos filhos de Israel do deserto de Sim, pelas suas jornadas, segundo o mandamento do Senhor, e acamparam em Refidim; e não havia ali água para o povo beber. Então o povo contendeu com Moisés, dizendo: Dá-nos água para beber. Respondeu-lhes Moisés: Por que contendeis comigo? Por que tentais ao Senhor? Mas o povo, tendo sede ali, murmurou contra Moisés, dizendo: Por que nos fizeste subir do Egito, para nos matares de sede, a nós e aos nossos filhos, e ao nosso gado? Pelo que Moisés, clamando ao Senhor, disse: Que hei de fazer a este povo? Daqui a pouco me apedrejará. Então disse o Senhor a Moisés: Passa adiante do povo, e leva contigo alguns dos anciãos de Israel; toma na mão a tua vara, com que feriste o rio, e vai-te. Eis que eu estarei ali diante de ti sobre a rocha, em Horebe; ferirás a rocha, e dela sairá água para que o povo beba. Assim, pois fez Moisés à vista dos anciãos de Israel. E deu ao lugar o nome de Massá e Meribá, por causa…

A visão de Deus na vida

Imagem
- Texto para reflexão:Tendo o moço do homem de Deus se levantado muito cedo, saiu, e eis que um exército tinha cercado a cidade com cavalos e carros. Então o moço disse ao homem de Deus: Ai, meu senhor! que faremos? Respondeu ele: Não temas; porque os que estão conosco são mais do que os que estão com eles. E Eliseu orou, e disse: Ó Senhor, peço-te que lhe abras os olhos, para que veja. E o Senhor abriu os olhos do moço e ele viu; e eis que o monte estava cheio de cavalos e carros de fogo em redor de Eliseu(II Reis 6.15-17).

Para se ter uma vida vitoriosa não pelo meios humanos, mas, pela graça de Deus, dois elementos são indispensáveis: visão e fervor.
Sabemos de homens que lutam contra fortíssimas oposições da crítica carnal humana e tomam de assalto os picos pedregosos do território inimigo, tão-somente para “fincar” a cruz de Cristo em lugares onde habita a crueldade. Por quê? Porque tiveram uma visão e se encheram de intenso fervor.
Alguém já advertiu que não devemos estar tão envol…

Meus livros editados.........

ALMEIDA, Alcindo. Dores, lágrimas e alegrias nos Salmos - Reflexões no Livro de Salmos - Volume I (Salmos 1-50). São Paulo, Edição do autor, 2008. Neste livro vemos Alcindo nos dando uma saída consistente e uma ótima oportunidade para descobrirmos um mundo repleto de esperança e cheio de expectativas, de que, no Senhor e no seu Ungido (Cristo), o Deus-Homem, e somente nele, há mudanças reais. Somos advertidos a nos preocupar com a nossa vida devocional, a despertar nosso coração para esse ponto tão crucial que tem sido muito negligenciado em nossos dias. Nós vemos isso claramente no Salmo 5, portanto, a coerência se fecha em vários pontos, mostrando lições definidas e claras que nos ajudam na maturidade e no crescimento cristão. Contém 146 páginas.
De: R$ 36,00 Por: R$ 25,00

ALMEIDA, Alcindo. Dores, lágrimas e alegrias nos Salmos - Reflexões no Livro de Salmos - Volume II (Salmos 51-100). Paulo, Edição do autor, 2008. Os Salmos nos ajudam a equalizar o que cremos sobre a vida (nossa conf…