Deus quer que o honremos mais do que tudo

- Texto para reflexão: Portanto, diz o Senhor Deus de Israel: Na verdade eu tinha dito que a tua casa e a casa de teu pai andariam diante de mim perpetuamente. Mas agora o Senhor diz: Longe de mim tal coisa, porque honrarei aos que me honram, mas os que me desprezam serão desprezados (I Samuel 2.30).

Um dia destes estava lendo R. C. Sproul – Cada um na sua. Foi quando me deparei com uma frase que falou profundamente ao meu coração: Infelizmente eu tenho um grande inimigo que fica no caminho da minha comunhão na prometida presença do Pai: eu mesmo (SPROUL, R. C. Cada um na sua. São Paulo: Mundo Cristão, 1998, p. 101).
Acredito piamente que nós é que na verdade somos o empecilho no honrar ao Senhor, no levar o Reino de Deus a sério. Somos nós mesmos os inimigos na relação de honra diante do nosso Pai. Aqui no texto, vemos esta realidade crucial na vida do sacerdote Eli. Analisemos esta realidade na vida deste homem.
Olhem para algo grave que acontece na vida deste sacerdote do Senhor. Ele recebe uma palavra do homem de Deus de que há pecado, há infidelidade na casa do Senhor. Esta palavra do homem de Deus era de juízo para a casa de Eli. Então, vejamos o que aprendemos de lições na vida deste homem chamado Eli.
O texto diz a partir do vers. 27 que vem um homem de Deus a Eli, e lembra-o de que o Senhor havia se revelado à casa de seu pai, estando eles ainda no Egito, sujeitos à casa de Faraó.
Diz que o Senhor havia escolhido Eli dentre todas as tribos de Israel para ser o seu sacerdote, para subir ao seu altar, para queimar o incenso, e para trazer o éfode perante o Senhor. E diz que o Senhor deu à casa de seu pai todas as ofertas queimadas dos filhos de Israel. Daí vem a pergunta crucial para o sacerdote Eli: Por que desprezais o meu sacrifício e a minha oferta, que ordenei se fizessem na minha morada, e por que honras a teus filhos mais de que a mim, de modo a vos engordardes do principal de todas as ofertas do meu povo Israel?
Que pergunta crucial para o coração de um servo de Deus? Ainda mais, um homem que tem a responsabilidade de cuidar do povo de Deus, de zelar pela vida espiritual da casa do Senhor. A pergunta é: Por que desprezais o meu sacrifício e a minha oferta, que ordenei se fizessem na minha morada. Por que honras a teus filhos mais de que a mim?.
Quando honramos as coisas, as posses, as pessoas mais do Deus. Deixamos de honrá-lo, deixamos de tê-lo como o nosso Senhor absoluto na vida. Isto aconteceu na vida do sacerdote Eli.
Eli estava em falta profunda diante de Deus, ele estava dando crédito para os filhos em detrimento do Senhor. Ele sabia da imprudência dos seus filhos, ele ouvia as barbaridades que seus filhos faziam na casa de Deus. E não fazia nada, não honrava o nome do Senhor na sua própria casa. Em outras palavra, estava sendo conivente com a situação. Daí, a palavra é: Por que desprezais o meu sacrifício e a minha oferta, que ordenei se fizessem na minha morada. Por que honras a teus filhos mais de que a mim?
Não podemos trocar o Senhor pelas pessoas, trocar o Senhor pelas coisas desta vida. Porque com certeza desfrutaremos de conseqüências terríveis. Perderemos a bênção da comunhão com o Senhor.
O texto diz a partir do vers. 30 que Eli e a sua casa perderiam a bênção de serem sacerdotes do Senhor. Não haveria ancião na casa de Eli. E os seus descendentes morreriam à espada. Isto só por causa da desonra de Eli na relação com o Senhor. Ele trocou Deus pelos filhos. Ele honrou mais seus filhos do que o seu Senhor.
Não troquemos Deus pelas pessoas. Às vezes, tratamos a nossa esposa como algo mais importante que o Senhor. Às vezes, tratamos os filhos como algo mais importante que o Senhor. Damos a vida por eles, e acabamos nos esquecendo de honrar aquele que é dono até dos nossos filhos. Às vezes, honramos mais o nosso chefe do que o nosso Senhor.
Não nos esqueçamos que o centro da nossa vida é o Senhor. A honra maior da nossa vida é para ele, não para os homens, não para as coisas.
Dizem que um rei ao ouvir pela primeira vez Aleluia de Hendel, disse aos seus súditos: A próxima vez que este Aleluia for cantado, todos nos colocaremos em pé e aplaudiremos, porque é cantado para aquele que é maior do que eu. É cantado para o Rei dos reis que é digno de toda honra e de toda a glória. Cristo o Senhor deve ser o motivo maior da nossa honra. Ele que deve estar no centro absoluto da nossa vida.
Certa vez perguntaram a Henri Nouwen: O que significa viver a espiritualidade? Ele respondeu: viver com Jesus no centro da vida.
Vejam o que o texto diz no vers. 30: Portanto, diz o Senhor Deus de Israel: Na verdade eu tinha dito que a tua casa e a casa de teu pai andariam diante de mim perpetuamente. Mas agora o Senhor diz: Longe de mim tal coisa, porque honrarei aos que me honram, mas os que me desprezam serão desprezados.
Os que honram ao Senhor serão honrados, mas aos que o desprezam, serão desprezados. Acredito que não existe desprezo maior para um homem e uma mulher do que perderem a comunhão com o Senhor Deus.
Em nome do Jesus honremos ao Senhor mais do que qualquer outra coisa.

______________
Alcindo Almeida

Comentários

Postagens mais visitadas