A crise de não se parecer com Jesus

Ler o texto de II Cor. 3:18

Num Encontro do Projeto Timóteo ouvimos a seguinte afirmação do Pr. Ariovaldo Ramos: “O essencial de tudo é realmente ser parecido com Jesus". Mas, vejo que na realidade, temos uma crise dentro de nós mesmos.
Como parecer com Jesus tendo pensamentos impuros, com desejos sexuais terríveis, com uma língua muitas vezes ferina em relação ao nosso irmão? Como parecer com Jesus sendo tão pecadores? Como parecer com Jesus sendo tão falhos, tão insensíveis, tão fracos na vida espiritual?
Realmente é uma crise esta realidade de se parecer com Jesus e refletir a sua glória como um espelho. Então, como administrar esta crise no coração?
Creio que só podemos fazer uma coisa: é derramar o nosso coração, a nossa alma diante do altar do Senhor e pedir a sua graça para que imitemos a Cristo e assim, vivamos o próprio reflexo da imagem de Jesus através dos nossos atos, palavras e pensamentos.
Creio que precisamos nos prostrar de joelhos diante da majestade de Deus e clamar para que ele tenha compaixão da nossa vida e motive o nosso coração para se inclinar diante da sua vontade e propósito na nossa vida.
Precisamos daquele atitude do cego de Jericó: “Filho de Davi, tem misericórdia de mim”.

____________
Alcindo Almeida

Comentários

Postagens mais visitadas