Tecendo e dando cores na criação - Gênesis 1.3-25


A grandeza de Gênesis 1 é que cada construção, cada elaboração na criação, cada detalhe tudo sem sombra de duvidas passa pelas mãos do divino e sábio arquiteto. O Pai, o Filho e o Espírito estão tecendo e dando cores aquilo que era vazio, sem forma. A luz aparece e há separação das trevas. O firmamento é formado e há separação entre as águas. Ao firmamento o nome céu e o texto diz que se foi a tarde, foi-se a manhã. Vem a ideia de oceano e o arquiteto divino diz que tudo aquilo era bom. Vem todo tipo de planta com semente e começa a brilhar o firmamento do céu! Vem a lua que toma conta da noite e o sol para o dia e ele faz as estrelas. Os peixes e de toda espécie de vida marinha aparecem no oceano! Pássaros e todos os seres vivos surgem no meio da criação divina. E novamente o texto diz: Deus viu que tudo aquilo era bom. Realmente só podemos dar graças ao bom Deus porque Gênesis é uma realização artística e majestosa!
Lembro-me do que o Dr. B. B. Warfield disse acerca da criação: “Uma janela de vidro está diante de nós. Levantamos os olhos e vemos o vidro; notamos sua qualidade, observamos seus defeitos e especulamos sobre sua composição. Ou olhamos através dele na perspectiva de ver além da terra, céu e mar. Da mesma forma, há duas maneiras de se olhar o mundo. Podemos ver o mundo e ficar absorvidos pelas maravilhas da natureza. Essa é a maneira científica. Ou podemos olhar diretamente através do mundo e ver Deus por detrás dele” (Alcindo Almeida).


Comentários

Postagens mais visitadas