Leituras em julho de 2014

CONLON, Carter. Cristão 180º. São Paulo: Vida, 2013. À medida que o mundo se torna mais sombrio, a sociedade fica cada vez mais esgotada e protestos irrompem em todo o mundo por motivos bem mais profundos que os próprios manifestantes podem identificar, evidencia-se um prenúncio universal de perigo. A pergunta do pastor Carter Conlon é: Nós, como seguidores de Cristo, faremos a diferença? Este livro tem uma palavra do Senhor para aqueles que desejam verdade, força e direção e promete manter-nos firmes nos dias em que o mundo for abalado, de modo que possamos ser fontes de bênção e esperança para os outros. 

QUEIROZ, Carlos. Ser é o bastante: felicidade à luz do sermão do Monte. Viçosa, MG: Ultimato, 2006. A novidade não é o Sermão do Monte, mas a forma cativante como o autor traz o desafio do Mestre para dentro do nosso cotidiano, fazendo-nos subir ao monte (ou seriam as dunas das praias nordestinas?) junto com Jesus e ouvi-lo ensinar na linguagem e no sotaque do nosso povo: Felizes são os pobres, os humildes, os que choram. Olhem para as aves do céu e os lírios do campo. Um jeito simples e profundo de falar do desafio que é ser discípulo de Jesus. 

CHAPMAN, Gary & Chris Fabry. Inesperada graça. São Paulo: Mundo Cristão, 2014. A busca por Deus pode se revelar uma jornada frustrante quando nos sujeitamos a padrões inalcançáveis de santidade. Erroneamente, costumamos mirar os diversos personagens bíblicos como modelos de perfeição, quando na realidade são pessoas comuns, com virtudes e defeitos, que passaram por experiências extraordinárias. Basta olhar para os personagens que fazem parte da genealogia de Jesus para perceber que o Criador escolheu pessoas como você, mas que, ao serem alcançadas pela graça divina, tiveram participação decisiva na história da humanidade. E o que fizeram para se tornar merecedoras da graça? Nada. A graça de Deus transformou imperfeição em perfeição, aos olhos do Criador. Inesperada graça resgata as histórias desses homens e dessas mulheres da linhagem de Jesus que nos inspiram e desafiam com seus anseios, suas contradições, vitórias e derrotas. São relatos de amor, perdão, aceitação e restauração. São histórias reais que podem ser a sua história. 

CRAIG, Adolf Guggenbühl. O abuso do poder na psicoterapia e na medicina, serviço social. Sacerdócio e magistério. São Paulo: Paulus, 2008. A maioria das profissões, de uma forma ou de outra, presta serviço à saúde e ao bem-estar da humanidade. Porém, as atividades do médico, do sacerdote, do professor, do psicoterapeuta e do assistente social envolvem um trabalho especializado e deliberado para ajudar os infelizes, os doentes, aqueles que de algum modo se perderam. A presente obra analisa como e por que os membros dessas profissões de ajuda podem também causar enormes danos, devido a seu próprio desejo de ajudar. 

DAMBERG, Carlos F. Uma só flecha. Quando não se pode errar no caminho do sucesso. São Paulo: Hagnos, 2009. Uma Só Flecha é um livro indicado para pessoas que querem melhorar sua eficiência e qualidade não apenas no âmbito profissional, mas também para a vida pessoal, ponto ressaltado por Damberg. Afinal, sejam quais forem os papéis que desempenhamos na vida – como professor, pai, mãe, cientista, médico, consumidor, amigo ou inquilino – realizar tarefas é algo sempre presente. E quanto maior excelência nós tivermos ao realizá-las, mais completa será nossa vida. 

Comentários

Postagens mais visitadas