Um caminho excelente

- Texto para Reflexão: Ainda que eu falasse a língua dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine ( I Cor. 13.1).

 
Vivemos num mundo de pouca verdade, de pouca honestidade, mas dentro de toda escassez de virtude, falta uma principal: o amor. Creio que estamos um pouco raquíticos de amor.
Os poetas falam do amor, os amantes se encantam com o amor, os filósofos discutem sua possibilidade, os pastores divinizam o amor, mas quem de fato sabe o que é amar, quem de fato entende este caminho sobremodo excelente?
Creio que definir o amor ou quantificá-lo é uma tarefa por demais difícil, mas aprender a aprofundar-nos nele, deve ser a primordial disciplina nossa. Porque essa é a mais essencial de todas as virtudes, esse é o caminho sobremodo excelente em que devemos tentar andar. Pois, o amor é o diagrama da graça divina sobre o ser humano.
O amor é a mais santa de todas as dádivas da alma, o amor é o elo que nos une ao dever e à verdade. O amor é o princípio redentor que reconcilia o coração com a vida, e mostra o bem eterno.
Algumas pessoas amam pela gratidão; outras por companheirismo, outras por compromisso. Porém, a mais sublime dimensão do amor ocorre quando ele reverencia, quando se consegue ver no semelhante qualidades, virtudes às quais nos curvamos. É por isso, que quando um cônjuge não mais reverencia o outro, acabou-se, terminou-se o amor.
Os casamentos só são sustentados, em meio a tanta conturbação da sociedade hodierna mediante o amor. Pois, só com amor é que o marido consegue respeitar a esposa e a mesma ao marido.
Foi esse amor sublime que moveu Deus a nos tirar do lixo de pecado e nos trazer para uma vida de amor e de paz, isto por meio da cruz do Calvário. Portanto, resta-nos somente uma caminhada, a do caminho sobremodo excelente que é o amor.
____________
Alcindo Almeida

Comentários

Postagens mais visitadas