Lancemos o pão sobre as águas crendo na graça


- Texto para reflexão: Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás. Reparte com sete e ainda com oito, porque não sabes que mal sobrevirá a terra (Eclesiastes 11.1,2).

Assisti a um filme chamado Quase deuses . O filme é simplesmente emocionante. Baseado em fatos reais mostra a atuação de duas mentes brilhantes no desenvolvimento de uma técnica revolucionária na cirurgia cardíaca. Só que uma delas não é médico, é um negro em plena ebulição da segregação racial nos EUA na década de 50.
Vivien Thomas (Mos Def) é um hábil marceneiro, que tinha um nome feminino, pois sua mãe achava que teria uma menina e, quando veio um garoto, não quis mudar o nome escolhido. Ele é demitido quando chega a grande depressão, pois deram preferência para quem tinha uma família para sustentar.
A depressão o atinge duplamente, pois, sumiram as economias de sete anos, que ele guardou com sacrifício para fazer a Faculdade de Medicina, pois o banco faliu. Thomas consegue emprego de faxineiro, trabalhando para Alfred Blalock (Alan Rickman), um médico pesquisador que logo descobre que ele tem uma inteligência privilegiada e que poderia ser melhor aproveitado.
Blalock acaba se tornando o cirurgião-chefe na Universidade Johns Hopkins, onde está pesquisando novas técnicas para a cirurgia do coração. Os dois acabam fazendo uma parceria incomum e às vezes conflitante, pois, Thomas nem sempre era lembrado quando conseguiam criar uma técnica, já que não era médico. O filme é ao mesmo tempo muito inteligente e também comovente. Esses homens revolucionaram a medicina no mundo, salvando a vida de milhares de pessoas. E isso tem a ver com a realidade nossa hoje porque precisamos revolucionar a nossa história mesmo sem saber a seqüência dos capítulos que Deus reservou para ela.
Mesmo sem saber o futuro não podemos viver em vão aqui nessa terra. Como pessoas, precisamos marcar a vida como esses dois homens com ética, determinação, disciplina, ousadia, humanismo e humildade. E no texto Salomão aborda a idéia de lançarmos o pão sobre as águas mesmo sem sabermos o amanhã.
Salomão fala sobre a necessidade de trabalho mesmo que não saibamos exatamente o futuro. Interessante que no capítulo 9 até aqui ele faz várias declarações sobre a nossa ignorância quanto ao futuro. No texto ele usa o termo não sabes por 3 vezes. Parece-me que Salomão foi bem sábio quando desafiou aos homens e as mulheres da sua época. Porque a incerteza do futuro poderia paralisá-los e deixá-los inativos diante das realidades da vida.
Então ele mostra vários aspectos importantes para nossa vivência como pessoas que, mesmo sem saber o futuro, precisam investir e produzir na vida: generosidade e investimento, plantio, não ficar parado esperando o vento, trabalho árduo na vida, contemplação do dia como ele é, alegria nos dias da vida e a lembrança dos dias de trevas.
O desejo de Deus é que invistamos tudo o que somos e significamos nos dons que ele nos deu. Não é para olharmos para o vento e para as nuvens. Porque, do contrário, nunca colheremos nada.
Devemos nos lembrar também que no meio de tudo haverá dias de trevas porque é o curso da vida. Teremos tempo de alegria, mas de tristezas também, e jamais nos esqueçamos de que Deus está no controle de tudo.
• Para refletir e viver:
Lançar o pão é confiar na ação de Deus e investir tudo da nossa vida naquilo que ele nos chamou para fazer e assim glorificarmos o nome dele.
• O Senhor Jesus nos leva a colocar a nossa vida nas mãos dele.
• O desejo de Deus é que invistamos tudo o que somos e significamos nos dons que ele nos deu.
• Não temos controle de nada na vida.
• Não dá para prever nada na vida.
• Vençamos a doença egoísmo e aprendemos a repartir na vida.
• Philip Yancey no seu livro Para que serve Deus. Conta de suas muitas viagens pelo mundo como palestrante. Ele tem colecionado recordações nem sempre agradáveis. O livro apresenta os bastidores de dez situações especialmente tensas em que Yancey esteve presente para falar sobre a graça de Deus na Índia. Ele se aventura na investigação do sentido prático da fé para aqueles que vivem momentos dramáticos e aparentemente sem esperança. Uma das experiencias mais complicadas é a moça do lanche Mc Donald's. Ela tem 14 anos e lhe contou que vendeu sua virgindade para poder matar a fome com um lanche do Mc. Nós precisamos lançar o pão e ajudar pessoas sofredoras e carentes ao nosso redor.

Que Deus seja sobre nós no sentido de lançarmos o pão sobre as águas crendo na graça e na ação do eterno!
_____________
Alcindo Almeida

Comentários

Postagens mais visitadas