Juízes divinos

Interessante analisarmos o significado da palavra juiz. A palavra significa ereto, reto. O juiz é alguém que endireita alguma coisa. Ele tem uma análise final para orientar as pessoas na direção de sua verdadeira natureza. A função dele é de tornar tudo mais fácil para que a essência apareça. Olhando para os juízes das Escrituras Sagradas, a função deles era orientar as pessoas na direção divina. 
A palavra no grego "krites" tem o significado de separar, distinguir e decidir. Ele é uma espécie de árbitro colocando a vida das pessoas em ordem. Ele profere a sentença sempre de forma correta e reta. O juiz no Velho Testamento oferece uma oportunidade de um novo começo e de uma volta para a vontade de Deus. Assim que o grande juiz e profeta Samuel viveu. Ele disse: Se com todo o vosso coração vos converterdes ao Senhor, tirai dentre vós os deuses estranhos e os astarotes, e preparai o vosso coração ao Senhor, e servi a ele só, e vos livrará da mão dos filisteus (1 Samuel 7:3). A fala desse homem de Deus era para que o povo praticasse o que era reto e sensato para a vida. 
O desejo é que tenhamos juizes semelhantes a Samuel, pessoas que olham para o que é reto, honesto, sensato e que traga direção para o coração das pessoas. Para que elas se voltem para a Palavra, para o que é honesto, para aquilo que agrada o coração do Eterno Deus! Que clamemos por essa arte de juízes divinos no nosso meio! (Alcindo Almeida).

Comentários

Postagens mais visitadas