O caminho diário da cruz


Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me (Mateus 16.25).
 
Precisamos do silêncio no coração. Precisamos aprender a silenciar o nosso coração para sermos sujeitos a Cristo. Precisamos silenciar o nosso coração para que guardemos a vida do Espírito dentro de nós. Assim falaremos menos e pecaremos menos. Porque o nosso ouvido será exercitado para ouvir a voz do Espírito em silêncio. A razão da vida cristã em sujeição a Cristo é a glória de Deus, não a nossa própria glória.
Para andarmos na perspectiva da glória de Deus todos os dias da nossa vida, precisamos entrar na estrada longa da renúncia e da abnegação. Precisamos entrar no caminho diário da cruz e cruz tem sentido de estar na descendente, para que Cristo cresça e nós diminuamos. Num mundo em que o compromisso é com o próprio bem-estar e o sucesso pessoal, a mensagem de Jesus nos convida a ter um compromisso de vida com Deus por meio da renúncia e da abnegação.
O nosso mestre Jesus nos deixou seu exemplo de compromisso conosco, pois, ele  escolheu o caminho da cruz e o foi até o fim por nós. Ele tomou a nossa cruz para nos resgatar do pecado e nos trazer vida plena por graça preciosa. Sejamos sujeitos a Cristo nesse caminho da cruz.
_______
Alcindo Almeida
 

Comentários

Postagens mais visitadas