Cristo crucificado

Nós cristãos protestantes cremos que em Cristo e através do Cristo crucificado Deus substituiu a is mesmo por nós e levou os nossos pecados, morrendo em nosso lugar a morte que merecíamos morrer, a fim de que pudéssemos ser restaurados em seu favor e adotados na sua família. O Dr. J. I. Packer com acerto escreveu que esta crença "é o Marco distintivo da fraternidade evangélica mundial e ela nos leva ao próprio coração do Evangelho cristão”. A cruz é o começo da trajetória redentiva na história humana. Sem cruz não tem redenção e sem cruz não tem vida eterna com Deus. Paulo diz: Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores (Romanos 5.8).
Jesus, como Filho de Deus, era o único que podia morrer pelos pecados do seu povo. Ele o fez por você e por mim! Deus o Pai é amor em si mesmo; amor é uma característica do seu ser. Por isso, ele doa seu próprio Filho em amor e graça. Agostinho definiu esse amor de Deus de maneira muito apropriada: "Deus ama tanto a cada um de nós como se não existisse ninguém mais a quem ele pudesse dar Seu amor". Este amor não tem como ser medido porque é um amor demonstrado para gente pecaminosa. Esse amor é demonstrado através de uma cruz, onde o nosso mestre padece e morre. Louvado seja o nome do Eterno Senhor que trouxe redenção através da cruz!
________________
Alcindo Almeida - Equipe pastoral da IP Alphaville.

Comentários

Postagens mais visitadas