Leituras no mês de maio de 2011

AGRESTE, Ricardo– Vários autores. A jornada – devocionário. São Paulo: Editora Z3, 2010. Como homens e mulheres, como você e eu, construíram uma relação significativa com Deus? Como eles ouviram sua voz? Como eles compreenderam sua vontade? Como eles reagiram às Suas intervenções? Como eles expressaram gratidão a ele? Ao longo das páginas deste livro você certamente será guiado às respostas destas e de muitas outras perguntas de fundamental importância em sua jornada. Lendo e refletindo sobre a vida de homens e mulheres do passado que, envolvidos nas mais variadas situações, ouviram a voz de Deus, compreenderam Sua vontade e foram alvo de suas intervenções, você será estimulado a uma caminhada de maior intimidade com ele. Contém 386 páginas.

NEE, Watchman. Uma mesa no deserto. São Paulo: Editora dos Clássicos. É um clássico dos devocionais. A aurora é o portão do dia, e deve ser guardada com orações. Quem sai correndo da cama para os negócios, e não espera para adorar, é tão tolo quanto quem não se veste ou não lava o rosto, ou tão insensato quanto o que se lança na batalha sem armas nem armadura. Que nos banhemos no rio refrescante da comunhão com Deus, antes que a solidão e o peso da estrada comecem a nos oprimir (Charles Spurgeon). Um tesouro é sempre um excelente presente. Dê um tesouro como esse para quem você ama! Contém 376 páginas.

PIPER, John. Finalmente Vivos – o Novo Nascimento. São Paulo: Editora Fiel, 2011. Importa-vos nascer de novo. Essa afirmação de Jesus ou está enganada ou é devastadora para aqueles que se consideram donos de sua alma. Poucas realidades bíblicas são tão bem designadas por Deus, como essa, para revelar nossa impotência quanto ao pecado. Entretanto, hoje em dia, nem todos têm o zelo de estimar o novo nascimento como a maravilha que ele realmente é. A expressão nascer de novo é muito preciosa e importante na Bíblia. Saber o que Deus quer dizer quando a Bíblia usa essa linguagem deve ser a nossa maior preocupação, a fim de que, por meio de sua graça, experimentemos este nascimento e ajudemos outros a fazer o mesmo. É muito importante que saibamos o que nascer de novo significa verdadeiramente. Contém 192 páginas.

LUCADO, Max. Você mudou minha vida para melhor. Rio de Janeiro: Thomas Nelson, 2010. Um verdadeiro herói é aquele que faz a diferença, mesmo quando não recebe o devido destaque. Neste livro, Max Lucado conta diversas histórias de pessoas cujos passos de fé (grandes e pequenos) resultaram em uma mudança duradoura na vida de outras. Criado na formato gift book e com um espaço especial para dedicatória, Você mudou minha vida para melhor traz uma mensagem que honra a pessoa que recebe o livro e também nos inspira a ver que um simples gesto pode mudar vidas. Contém páginas.

Foster, Richard. Santuário da alma. São Paulo: Editora Vida, 2011. A jornada rumo à oração meditativa é longa. Mas, com o tempo, algo maravilhoso começa a acontecer dentro de nós. Devagar, mas sem falta, cada um de nós começa a se transformar na imagem de Cristo. O bem floresce. O mal perde sua força. Os velhos jogos de manipulação e controle começam a perder seu poder de atração. O engano vai desaparecendo como padrão na nossa vida diária. Estamos tornando-nos amigos de Jesus. Contém 144 páginas.

LOPES, Hernandes Dias. De pastor a pastor. São Paulo: Editora Hagnos, 2010. Em de pastor a pastor Hernandes Dias Lopes, apresenta princípios para os àqueles que desejam ser pastores segundo o coração de Deus. O autor exorta a que antes de pastorear os outros o pastor precisa cuidar a si mesmo. O pastor não pode ser um homem inconsistente. Sua vida é a base de sustentação do seu ministério. O sermão da vida é o mais eloqüente sermão pregado pelo pastor. "O sermão mais difícil de ser pregado é aquele que pregamos para nós mesmos."

WILLARD, Dallas. Conhecendo a Cristo hoje. Rio de Janeiro: Ichtus Editorial, 2011. O autor de A Conspiração Divina desafia os valores contemporâneos, argumentando que o pensamento cristão é o verdadeiro conhecimento e não apenas o produto de preferências e emoções. Willard também aborda o desaparecimento de conhecimentos morais, descreve o modo de compreender os milagres, e oferece uma resposta cristã para o pluralismo. Contém 251 páginas.

MONTENEGRO, Raimundo. Gênesis – O princípio de tudo. São Paulo: Editora Fôlego, 2011. O ser humano foi criado originalmente por Deus com a capacidade de escolher algo contrário às inclinações dominantes do seu coração, esta capacidade de escolha contrária é chamada na Teologia de livre arbítrio, o qual tragicamente foi usado pelo homem. Depois veio um desastre e vários fatos na vida do homem. O autor trabalha as histórias em Gênesis de homens que andaram com Deus mesmo cm os efeitos da queda. Contém 271 páginas.


Comentários

Postagens mais visitadas