Precisamos de pessoas

- Texto para reflexão: Já que tendes purificado as vossas almas na obediência à verdade, que leva ao amor fraternal não fingido, de coração amai-vos ardentemente uns aos outros (I Pedro 1.22).

O caminho para a nossa construção como seres humanos é que precisamos das pessoas. Mesmo que as amemos ou não, nós precisamos delas. Podem crer que uma hora dessas precisaremos daqueles que menos amamos.
Quantas foram às vezes que eu recebi ajuda inesperada de pessoas com quem eu não tinha relacionamentos fortes de amizade. E a vida é assim, passam pelo nosso caminho pessoas que nos abençoam de alguma maneira. Seja com um gesto de carinho, algo que alguém faz para nos socorrer sem esperar nada de volta.
Quantas vezes julgamos pessoas por conta de pensamentos e conclusões nossas, e lá na frente elas são colocadas por Deus em nosso caminho para nos ajudar.
Algo que precisamos entender é que pessoas que não precisam de outras não amam. O fato é que não começamos a amar de verdade até o dia em que precisamos profundamente de alguém. Deus sempre nos surpreende mostrando a necessidade de amarmos as pessoas. Lembro-me de um exemplo da minha adolescência. Havia uma pessoa que eu detestava, nós não podíamos nos ver que saia briga. Estas coisas de meninos com 13 ou 14 anos de idade. Eu dia Deus me fez precisar dele, eu estava no caminho de volta para casa e passei muito mal. Não tinha para onde correr, a não ser na casa exatamente desta pessoa. Tive que ter a humildade de lhe pedir socorro. Qual foi a minha surpresa?
Este rapaz me tratou como alguém que ele conhecia há muito tempo. E depois deste dia nos tornamos amigos inseparáveis. Eu o levei na minha comunidade e ele foi tocado pela graça de Deus. E hoje tem a sua família inteira no Evangelho.
Quando estamos em crise ou com alguma dificuldade, Deus coloca pessoas em nossa direção. Assim vínculos são estabelecidos e a nossa vida espiritual é fortalecida através de pessoas.
Pedro mostra que em Jesus somos purificados pela obediência à verdade. E esta verdade nos leva a uma prática de amor não fingida para com o nosso próximo e isto com um coração ardente, ou seja, fervorosamente, constantemente, pois, o amor para com o próximo deve ser parte da própria essência do povo de Deus.
Esta é uma razão de termos temor para com Deus, pois, em Jesus ele nos deu o privilégio de obedecer à Palavra amando as pessoas, servindo-as com coração sincero, fervoroso e bondoso.
A grande verdade é que deus nos convida a viver do lado das pessoas demonstrando amor para com elas porque como seres humanos nós precisamos de pessoas.
Não deixemos de reconhecer isto na vida!

____________
Alcindo Almeida

Comentários

Postagens mais visitadas