Separados para Deus

Falar nessa palavra santidade hoje é algo complicado demais. Porque vivemos uma realidade no meio protestante de relativismo quase que total. Pregamos que devemos ter uma vida casta, porque a Bíblia nos ensina pureza nessa área, mas os casais de namorados têm relação sexual na boa. Pregamos que devemos ter uma vida de honestidade, mas vemos inúmeros cristãos envolvidos em negócios ilícitos e escandalizando o nome de servos de Cristo. 
A palavra santo significa: pertencente ou vindo de Deus; santificado: consagrado ou separado para Deus. Esta é realmente a essência da santidade, sermos dedicados a Deus e aos seus propósitos. Viver em santidade é viver para os propósitos divinos, ao invés de vivermos para nosso interesse e para o nosso prazer. Então se é assim mesmo, precisamos dar uma guinada na nossa jornada hoje. A Bíblia afirma em Êxodo 28:36: Também farás uma lâmina de ouro puro, e nela gravarás como as gravuras de selos: SANTIDADE AO SENHOR.
Urgentemente precisamos dessa consciência da santidade e pureza diante do Eterno Deus, sem ela não tem perspectiva séria na vida cristã. O sumo sacerdote só poderia entrar no santos dos santos com essa visão na mente e no coração. Se ele entrasse com alguma mancha no coração, seria exterminado na hora! Precisamos andar corretamente diante do Eterno Deus, precisamos ama-lo com todo o nosso ser, dedicando a nossa vida de maneira consagrada e separada! Que Deus nos ajude a fazer isso sempre! (Alcindo Almeida).

Comentários

Postagens mais visitadas