Identidade pessoal

  • fevereiro 23, 2018
  • By Alcindo Almeida
  • 0 Comments

James Houston disse: "O narcisista, é, por definição, um ser mirrado, incapaz de relacionar-se e conhecer-se a si próprio. A tendência de nossa cultura de adotar uma identidade funcional, que define a pessoa pelo que ela faz e não pelos seus relacionamentos, gera em nós tendências reducionistas".
A nossa identidade não é reconhecida através do que fazemos, mas diante do que somos. O entendimento de que somos identificados como filhos escolhidos por Deus traz a verdadeira alegria cristã e a certeza do nosso significado. O teólogo e amigo Ricardo Barbosa afirma: "À medida que nos abandonamos nas mãos de Deus, nossa identidade passa a ser uma responsabilidade dele e não mais nossa. Eu sou quem sou, não pelo fato de não ser você, nem mesmo pela comparação que desde cedo faço em relação aos outros, mas porque sou único diante de Deus e é somente na presença dele que me descubro verdadeiramente. A partir daí, a identidade pessoal do homem não é afirmada pelo que faz ou tem, mas pelo que é na relação com o outro. É assim que a Trindade vive, é assim que as pessoas na Trindade definem sua identidade".
Somos o que somos através do Pai, através de Cristo Jesus e do Espírito Santo. A nossa identidade vem de cima, vem do Senhor da nossa vida! (Alcindo Almeida).

Você também pode gostar

0 comentários