Humildade divina

O orgulho é tão perigoso que quando ele reina, toma o lugar do Eterno dentro de nós e vivemos como se não precisássemos da graça divina! Como diz C. S. Lewis: "O orgulho leva a todos os demais pecados: trata-se de um estado mental totalmente anti-Deus. É a comparação que nos torna orgulhosos: o prazer de estar acima das outras pessoas. Uma vez eliminado o comportamento competitivo, desaparece o orgulho. O homem orgulhoso, mesmo quando conquistou mais do que poderia desejar, tentará conseguir sempre mais só para garantir o seu poder. Uma pessoa orgulhosa está sempre olhando os outros de cima para baixo. É claro que, enquanto você estiver olhando para baixo, não terá como enxergar o que se encontra acima de você. O orgulho não vem da nossa natureza animal, mas diretamente do inferno. Ele é puramente espiritual, e, por isso, é o mais sutil e mortal. O Diabo se contenta em ver você se tornando casto, corajoso e controlado, desde que consiga instaurar em você a ditadura do orgulho o tempo todo - da mesma forma que ele ficaria contente em ver você curado de um resfriado, para substituí-lo por um câncer. O orgulho é um câncer espiritual. Ele corrói a própria possibilidade de amor, de contentamento ou, até mesmo, de bom senso". O texto de Provérbios 16.18 afirma: A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito, a queda. Orgulho, soberba, prepotência, arrogância, são todos os elementos que destrói a nossa alma. O orgulho é um dos itens da nossa pecaminosidade latente. Nascemos e crescemos com essa propensão na vida. O orgulho anda com a gente do berço até o túmulo. Temos que vencê-lo todos os dias na vida. Temos que dizer não para esse negócio que está lá no fundo do ser. Para a derrota do nosso orgulho precisamos de um item divino em nós, a humildade. A humildade massacra nosso narcisismo, a humildade destrói nossa obsessão de querer estar no centro. A humildade massacra a nossa vaidade e soberba. Precisamos encarar a humildade que João Batista teve na presença divina. Ele dizia sobre Jesus: Importa que ele cresça e que eu diminua. Vençamos o orgulho com a humildade divina! (Alcindo Almeida).

Comentários

Postagens mais visitadas