As chamas do romance

Tanto o casamento como os relacionamentos se baseiam na amizade. Temos de pensar em construir a vida na compreensão, no compartilhar as memórias, no envelhecer lado a lado e de ser honesto um com o outro em todo tempo. Isso ajuda no desenvolvimento da vida. Quando olhamos para o livro de Cantares 5.16 vemos a preocupação da amizade que a sulamita tem pelo seu amado: Tal é o meu amado, e tal o meu amigo. A amizade sustenta as chamas do romance, porque oferece a melhor proteção contra os sentimentos antagônicos para com o cônjuge. Na amizade vemos o outro como superior a nós mesmos e olhamos com mais graça e amor. Somos mais sentimentos e menos razão e alcançamos mais equilíbrio entre razão e emoção (Livro: Um jeito doce de viver com seu cônjuge).

Comentários

Postagens mais visitadas