Uma civilização que nega Deus

“A legalização [do casamento gay] abre as portas para uma civilização que nega Deus e que apagará dois milênios de cristianismo baseado na dualidade. O passado será rotulado de ‘homofóbico’. As rimas infantis, a literatura e a arte que consideram a homossexualidade anormal (e isso inclui o evangelho) serão consideradas ilegais e obsoletas. O cristão será considerado um fora da lei. Quinze grupos de cristãos católicos e protestantes já foram expulsos do “campus” da Vanderbilt University, no Tennessee, por se recusarem, em princípio, a permitirem “gays” em sua liderança. Trata-se de uma antevisão típica daquilo que o futuro reserva” (Peter Jones).

Comentários

Postagens mais visitadas