Desenvolvendo o nosso potencial

Lutar continuamente por seus direitos só o deixará ressentido e com raiva. Essas são emoções destrutivas que exaurem nossa energia e nos tornam negativos. Além disso, quando as pessoas se concentram nos próprios direitos, é comum que estejam olhando para trás, em vez de voltarem os olhos para a frente. Quando paramos de nos preocupar com nossos direitos, fixamos a atenção na direção certa e nos libertamos para avançar em nossa jornada. Reconhecemos as ofensas de que fomos vítimas, porém perdoamos quem nos ofendeu. Concentramo- -nos naquilo que podemos controlar — nossas responsabilidades. Agindo assim, aumentamos nossa energia, desenvolvemos nosso potencial, e nossas perspectivas se alargam (Maxwell, John. Liderança: inspiração para cada dia do ano. São Paulo: Editora Vida, 2010, 54).

Comentários

Postagens mais visitadas