O grande amor divino

Hoje refleti um pouco sobre o grande amor divino e vejo de maneira profunda que o seu amor não tem limites, vejo que o seu perdão não tem tamanho. Não é por acaso que Davi disse no Salmo 86: Tu sempre foste generoso para comigo — quanto amor! Tu não me deixaste cair no abismo! Como é bom descansar nesse Deus amoroso, gracioso e perdoador de gente pecadora como nós! (Alcindo Almeida).

Comentários

Postagens mais visitadas