As maiores riquezas da graça de Deus

Temos observado que a pobreza da cristandade hoje requer recursos de todos os vinte séculos de tradições espirituais, sejam eles ortodoxos, católicos ou protestantes. Teríamos então necessidade de sermos hesitantes quanto a receber uma enorme variedade católica de experiência que outros santos de Deus experimentaram através dos séculos de culturas da humanidade? Na verdade, aqueles que experimentaram maiores riquezas da graça de Deus são os que mais têm condições de serem ecléticos em suas leituras espirituais. É isso que eles podem fazer sem perder de modo algum a firmeza de fé e de doutrina, nem serem descuidados quanto à verdade essencial do Evangelho (James Houston. Cristianismo Verdadeiro de William Willbeforce pela Editora Palavra, p. 179).

Comentários

Postagens mais visitadas