A liberdade e a necessidade

Ter liberdade não significa fazer o que dá na cabeça, como agitar os braços e pular de uma ponte, esperando alçar vôo tranquilamente sobre o rio. Na verdade, a liberdade é incompreensível sem a necessidade. A liberdade e a necessidade são realidades entrelaçadas. Grande parte da arte de viver consiste em adquirir aptidões para negociar com esses dois elementos. No entanto, devemos considerar que é no âmbito do lugar, da dádiva do lugar, que a liberdade e a necessidade nos envolvem numa dialética incessante. A prática dessa dialética faz parte do cerne da condição humana, da essência daquilo que fazemos ao nos juntarmos a Cristo em sua atuação na criação.

Comentários

Postagens mais visitadas