Aprendendo com as críticas

- Texto para reflexão: A língua dos sábios adorna o conhecimento, mas a boca dos insensatos derrama a estultícia (Provérbios 15.2).

Algo que percebemos no dia-a-dia é o fato de receber críticas. Todos os dias alguém tem algo para falar da nossa pessoa ou de alguma atitude. A grande verdade é que a crítica faz parte da vida e quem trabalha em equipe ou realiza alguma atividade para o público acaba sempre recebendo uma parcela dela, seja crítica justa ou não.
Devemos compreender que lidar com a crítica é um desafio enorme e que muitas vezes causa dor e dificuldades no coração da gente.
Acredito que muitas vezes as críticas partem de injustiças que freqüentemente se baseiam na inveja. Geralmente elas são fruto do espírito competitivo que há no ser humano. É algo que temos e outros não têm, o resultado é a defesa com a crítica. E assim todos nós de alguma maneira dentro deste universo passaremos pelo momento no qual seremos criticados.
É bom que nos preparemos para enfrentar este processo na vida porque nem todos celebrarão nossas vitórias com grande alegria como se fosse a deles. Então a chave para aprender com as críticas é nunca levá-las para o lado pessoal e aprendermos a adornar a nossa boca com a sabedoria e conhecimentos divinos. Quando fazemos isto seguindo o conselho de Salomão, passamos a elogiar as pessoas que estão ao nosso redor mesmo que não sejamos lembrados neste quesito.
Quando as críticas não penetram o nosso coração, mas produzem mais crescimentos, estamos preparados para o elogio a outros. Porque o nosso coração não estará azedo e poderá ver o belo de Deus na vida dos nossos amigos.
Deixo algumas dicas para refletirmos e vivermos:

· Comemoremos as vitórias do nosso próximo sempre;
· Quando formos criticados, avaliemos o que é verdade e não deixemos a vingança tomar conta do coração;
· Nós não somos os melhores de todos, temos falhas e precisamos aprender com as críticas vindas principalmente dos amigos;
· Determinemos a validade da crítica. Pensemos atentamente nela. Oremos sobre ela a fim de que Deus nos ajude a aceitar as mudanças que sejam necessárias. Tenhamos a determinação para fazer mudanças na vida;
· Cuidado para não falarmos mal das pessoas, Salomão trata isto como insensatez e estultícia;
· Sejamos humildes em tudo o que fizermos lembrando sempre da graça de Deus na vida.

Não podemos viver com a visão idealista da vida pensando: sou uma boa pessoa, sou doce e amoroso, ninguém jamais falará mal de mim.
Um dia, seremos alvo de críticas e precisamos nos preparar com graça da parte de Deus para entender este processo e aprender com ele.
Que Deus nos dê graça do seu trono!
_________________
Pr. Alcindo Almeida é membro da equipe pastoral da Igreja Presbiteriana da Lapa em São Paulo.
Casado com Erika de Araújo Taibo Almeida e pai da pequena Isabella. É autor de várias obras.

Comentários

Postagens mais visitadas