Leituras em novembro de 2016



CALDAS, Carlos. Dietrich Bonhoeffer e a teologia pública no Brasil. São Paulo: Garimpo, 2016. A assim chamada teologia pública é uma das mais recentes fronteiras da investigação teológica, tanto no mundo do Atlântico Norte (Alemanha, Holanda, Estados Unidos) como também no assim chamado Sul Global (África do Sul e Brasil). A teologia pública leva a reflexão teológica para além dos públicos da igreja e das escolas de teologia. Antes, faz com que a teologia entre em diálogo com as questões que estão em discussão na arena pública. Nesta perspectiva, a teologia não está limitada ao que está em discussão intramuros no cristianismo. A teologia pública amplia os interlocutores do diálogo teológico. Como se trata de uma produção recente, ainda em elaboração, a teologia pública está à procura de referenciais teóricos, que lhe sirvam de balizamento conceitual. Neste sentido, a teologia de Dietrich Bonhoeffer, um dos mais importantes teólogos cristãos do século passado, pode ser útil. É esta a proposta deste livro: encontrar no pensamento de Bonhoeffer, particularmente em seu conceito de igreja que existe “para os outros”, uma base teórica para a teologia pública no contexto brasileiro neste início de século XXI. 

KELLER, Timothy. Caminhando com Deus em meio à dor e ao sofrimento. São Paulo: Vida Nova, 2016. Explicar por que Deus permite dor e sofrimento no mundo é uma questão que tem exasperado o ser humano há milênios. Keller analisa essa questão mostrando que há sentido e razão por trás de nossa dor e sofrimento e defendendo o argumento forte e inovador de que essa parte essencial da experiência humana só pode ser superada pela compreensão de nosso relacionamento com Deus. 

GRÜN, Anselm À procura do ouro interior. Rio de Janeiro: Vozes, 2014. O dia a dia não é só um trabalho árduo ou uma carga que precisamos carregar. A maneira como vivenciamos o dia a dia depende do nosso ponto de vista. Nós podemos ver o dia a dia como um tesoureiro que põe uma riqueza incomensurável à nossa disposição. Este livro quer lhe dar coragem de procurar o ouro em tudo, em você e na sua vida, ao seu redor e em todo lugar onde você se move. Você vai encontrá-lo e reconhecerá que carrega um brilho de ouro em si, porque faz parte da vida divina. 

MONTOSA, Rodolfo. De repente acordei. São Paulo: Mundo Cristão, 2016. O Autor dá asas à imaginação e convida o leitor a sonhar com as maravilhas que o Criador preparou na eternidade para aqueles que o amam. O autor constrói uma narrativa fictícia que conforta o leitor angustiado e aflito, cuja esperança e fé estão pressionadas pela dor e pelo sofrimento. De repente, acordei mostra que é possível descansar nas promessas de Deus. 

MAXWELL, John. O poder da liderança. São Paulo: Garimpo, 2010. Ao longo dos séculos, homens e mulheres notáveis procuraram sintetizar em uma ou poucas sentenças, a essência da liderança. Registradas por seus contemporâneos, essas frases resistiram ao tempo por conterem verdades sólidas, servindo de referência para pessoas que se destacam no mundo moderno à frente de organizações, de empresas e dos mais diversos tipos de grupo. Este livro, um dos três que compõe a série "Pensamentos do líder", desvenda os princípios comprovados de uma liderança poderosa, apresentados e comentados por um reconhecido perito no assunto. 

Comentários

Postagens mais visitadas