Profundidade e significado

A oração nos coloca na presença de Deus. Os pais do deserto nos ajudaram na descoberta da prática das disciplinas espirituais. A mudança começa pelo nosso mundo interior. A verdadeira transformação é fruto do treinamento da nossa alma na presença de Cristo. O texto de Marcos 1.35 afirma: De madrugada, ainda bem escuro, Jesus levantou-se, saiu e foi a um lugar deserto; e ali começou a orar. Esse trecho de Marcos mexe com a nossa estrutura porque é o mestre divino que na estrutura humana, sente a necessidade de buscar a face do Pai. O próprio Deus nos ensina um caminho do coração que nos coloca na presença do Pai, a oração.
O Jesus histórico diariamente tinha um tempo para estabelecer pausas na sua agenda e contemplar em silêncio e solitude a face do Pai. Na vida Jesus, esses momentos eram recheados de profundidade e significado. Saibamos que esses encontros íntimos com Deus em oração e contemplação nos aproximam mais da sua presença e coração. Precisamos dessa prioridade diante do Pai, precisamos de momentos de oração que que resultam em intimidade e crescimento na dependência da Trindade em todos os processo da nossa jornada de espiritualidade (Alcindo Almeida).

Comentários

Postagens mais visitadas