Quarto dia de missão na viagem missionária ao Malawi

Malawi - 13.07.14

Ontem à noite o Pr. Gilberto pregou sobre o texto de João 3.16 e falou sobre o envio do Filho de Deus para trazer resgate para nós como pecadores e necessitados da graça e redenção nele. Ele veio para tirar o vazio existente no coração e para nos trazer vida eterna. Ele nos livra da condenação por meio da sua morte e ressurreição. E no final ele fez o desafio para as pessoas entregaram a vida para o Senhor Jesus, oramos por todos eles e pelos enfermos e necessitados.
Hoje já tomamos o café da manhã, desmontamos a barraca grande e estamos nos preparando para o culto no templo de Tocida.
Um aspecto interessante é a construção do templo onde estamos. O Pr. Marcos disse que houve uma briga entre os dois régulos e o templo antigo foi derrubado. O Pr. Marcos conversou com os dois líderes e tentou a reconciliação entre ambos. E pela graça tudo correu bem e resolveram construir juntos. Metade de um vilarejo e a outra de outro. E agora estamos reunidos em nome de Jesus com os dois vilarejos. Somente a graça do Evangelho pode fazer isso no nosso meio.
O culto será com um período de adoração quando eles estão na frente e simplesmente começam a cantar, dançar e expressarem a alegria através da música. Estou aqui escrevendo enquanto eles cantam e a emoção invade meu coração e minha alma. Eles dançam para Deus, cantam para Deus no meio de tanto sofrimento, mas a expressão do rosto das crianças e adultos deixa a gente com o coração grato e faz a gente vibrar na presença de Deus. Quem está ministrando o louvor é um madala (um ancião) foi a primeira vez que vimos um senhor fazendo isso, ele é vibrante e animado e tem uma voz muito bonita e dança como meu amigo negão Andi lá do Brasil.
Nesse culto eu preguei e falei do texto de João 10.10-11 - sobre o pastor da alma que vem ao nosso encontro em todos os momentos da vida. Ele vem para dar vida para nós na cruz do Calvário. O Diabo quer destruir, roubar e matar, mas Jesus veio para nos dar vida e vida em plenitude. No final convidei os irmãos para orarem e colocarem a vida na presença do bom pastor que dá a vida pelos seus. Depois de uma noite e uma manhã com o povo de Tocida, partiremos para outro vilarejo no meio das montanhas. Chegamos no vilarejo de Gabo e tivemos um tempo joia com os irmãos de lá.

- Motivos de gratidão a Deus: 

1. Agradecemos a Deus pela vida do Pr. Marcos. Nós ficamos felizes pela disposição e dedicação do Pr. Marcos que é o mentor do projeto em Tocida. Ele conhece a estrutura do povo, ele não se importa com as dificuldades que passa para vir aqui. Ele compartilhou que vem aqui e come de tudo, tipo cabeça de bode, rato e qualquer coisa. Ele vem com roupas e as vezes deixa até as dele para suprir a necessidade do povo. Ele acorda cedo, vai atrás de tudo. Ele quem desmontou a nossa barraca e só então foi tomar o café conosco e quando terminamos, ele que lavou a louça. Insisti com ele para lavar e não deixou. Ele é um servo no sentido mais profundo da palavra.

2. Agradecemos a Deus pela vida do Pr. Israel e da sua esposa Daniela. Eles não medem esforços para trabalharem na missão. Israel é sério no que faz, dedicado, atencioso. E toda nossa alimentação ficou por conta dele, ele fazia a comida e servia todos, primeiro e depois comia. Sempre quieto e comedido nas palavras, mas bem sábio. E fiquei edificado com a mentoria dele na vida do Manuel - um malawiano que mora com ele. Ele investe no coração do rapaz e tem passado os princípios do Reino para ele. Ele também cuida do material de som e vídeo. É uma correria para montar toda a estrutura para apresentar o filme Jesus. Foi muito precioso vermos a seriedade e envolvimento dele no trabalho missionário.

3. Eu e o Giba que estamos nesse projeto missionário, agradecemos a Deus de coração pelo investimento do Erick com ajuda financeira das passagens, lembrando que é algo bem caro. Ele foi o instrumento de Deus para estarmos aqui vivendo essa experiência profunda, singular e marcante para nós como pastores. Os momentos que passamos nesse lugar, ficarão marcados para sempre no nosso coração. É profundo demais ver o mover de Deus no meio de uma terra sofrida, sem estrutura, sem recursos. Mas, com um coração alegre, solto e cheio de esperança. Só temos que agradecer por tudo que vimos, ouvimos e presenciamos nessa terra!

Comentários

Postagens mais visitadas