O sentido da existência

Paulo faz do momento de prisão uma declaração porque ele estava ali e o que ele desejava na vida. Ele queria ver Jesus. O sentido da sua existência era Jesus de Nazaré. Por isso ele dizia aos gálatas que ele levava no seu corpo as marcas de Cristo. Saibamos que quando Cristo é Senhor da nossa vida, o nosso agir é diferente diante das dificuldades da vida. Precisamos da consciência no coração de que Jesus está no centro do nosso coração. Paulo tem essa consciência e assim pode afirma que o morrer é lucro. Mas, ele entende que se o propósito de Deus é que ele fique na terra, ele continuará pregando e ajudando naquilo que é necessário para pregação do Evangelho (Livro Alegria verdadeira). 

Comentários

Postagens mais visitadas