Conexão com a existência humana

A hermenêutica de Jesus vai em busca de “algo mais”. Ele faz uma leitura muito mais do âmago das entrelinhas e não se detém na superficialidade das linhas. Nas linhas encontra bons rabiscos, interessantes roteiros e caminhos, mas às vezes bitolados, inflexíveis – “como está escrito”. Nas entrelinhas, Jesus encontra espaços possíveis, alternativas libertadoras, a revelação não convencional e a sua conexão com a existência humana – “Eu porém vos digo” (Livro: Ser é o bastante. Carlos Pinheiro Queiroz).

Comentários

Postagens mais visitadas