A importância dos amigos...

Assim como o ferro afia o ferro, o homem afia o seu companheiro (Pv 27.17).

Nós sabemos e é algo proverbial e reconhecida universalmente a importância de ter amigos e da amizade. A amizade pode ser definida como “a inclinação eletiva recíproca entre duas pessoas. Os filósofos gregos atribuem importância grande à amizade. Aristóteles, por exemplo, fala de três tipos de amizade:

A que tem por objeto o prazer;
A que tem por objeto o interesse;
A que por objeto o bem moral.

Segundo Aristóteles, a amizade mais perfeita é esta, que busca o bem moral. Ele mesmo disse sobre a amizade: “Amigos verdadeiros são um refúgio seguro” (MAXWELL, John C. O valor de uma amizade. São Paulo: United Press, 2006, p. 44).
Foucauld salienta que só existe amizade onde existe o desejo de tudo compartilhar: cuidados, sofrimentos, alegrias, trabalhos, temores, idéias, projetos. São de Pierre Teillard de Chardin as seguintes palavras: “O mundo é redondo a fim de que a amizade o envolva” (OLIVEIRA, Moisés M. de. 7 Mil Ilustrações e Pensamentos. Rio de Janeiro: Juerp, 1981. Verbete Amizade, pp. 21-22).
Aprendemos neste texto de Provérbios que Deus quer nos usar para “afiar” a vida dos nossos companheiros. E esta prática exige de nós humildade, disposição e integridade para cooperar com Deus neste processo glorioso de ser um agente de transformação nas mãos de Deus. A humildade nos ajuda a entender que não construímos a vida e história sozinhos. Helen Keller afirma que seus amigos construíram a história da vida dela. De mil e uma formas, eles tornaram as limitações dela em privilégios maravilhosos e a capacitaram para caminhar de maneira serena e feliz na sombra produzida pela sua deficiência.
A amizade de um amigo nos fortalece porque ele pergunta como estamos, emociona porque ele se preocupa com os nossos pensamentos, dificuldades e anseios do coração. A amizade não nos faz ser rigorosos demais com o outro. A amizade nos torna tolerantes e amigáveis para com o fracasso do outro.
A amizade é real quando alguém vê os nossos piores defeitos. Mas nunca se esquece das nossas melhores qualidades. A amizade é real quando alguém que confia em nós o suficiente para dizer o que realmente pensa quando conversa conosco.
Charles Spurgeon afirmou: “A amizade é uma dos mais doces alegrias da vida. Muitos poderiam ter sucumbido sob a amargura de suas provações se não tivessem encontrado um amigo” (MAXWELL, 2006, p. 69).
A realidade é o que existe, precisamos dos amigos que nos afiam e nos ajudam a voltar paraco centro que é cristo Jesus!

__________
Alcindo Almeida

Comentários

Postagens mais visitadas