O pão nos lembra a dor na cruz

- Texto para reflexão: Enquanto comiam, Jesus tomou um pão e pronunciou a bênção. Depois, partiu o pão e deu-lhes, dizendo: Tomai, isto é o meu corpo” (Mc 14.22).

Sabemos que Jesus estava em Jerusalém para a festa da Páscoa. Ele tinha chegado antes do dia desse evento. Quando pensamos nesta hora, dá um gelo em nós porque nos lembramos que Jesus o Cordeiro de Deus, entra numa hora que seria o cumprimento da Palavra de Deus, ele morreria no dia da Páscoa.
E o momento da cruz é precedido por este simbolo maravilhoso, a Ceia do Senhor. Jesus se apresenta aos seus discipulos como o alimento para a alma, portanto, e ela foi instituída pelo exemplo e a prática de nosso Mestre para que seguisse vigente até sua segunda vinda. Foi instituída com bênção e ação de graças para ser um memorial da morte dele em favor dos seus amados.
O derramamento do seu precioso sangue e a entrega do seu corpo para ser dilacerado foi o preço da nossa redenção. Quando ele pega o pão e dá graças ao parti-lo, ele lembra aos seus discipulos o que seu corpo sofreria para trazer a redenção a eles. Jesus quando vai para a cruz, ele experimenta uma dor profunda demais, é dor de pecado de outros. E não podemos esquecer que ele está naquela cruz como o Deus - homem. Ele poderia dizer não se quisesse, mas, ele diz sim para a cruz e diante da tamanha dor do nosso pecado, ele recorre para o seu Pai.
Para que ele cumpra o plano da redenção segundo o querer dele. Ele diz: Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito, e dito isto expirou. Jesus vai até o fim e jamais desiste da sua trajetória, da sua caminhada que é a cruz do Calvário. E lá ele experimenta a sua e minha dor para que realize a obra da redenção no nosso coração. Ele o faz voltando-se para aquele que é o seu Pai, aquele que na hora certa o consolaria, o abraçaria, o fortaleceria.
O pão nos lembra a dor na cruz, aqueles espinhos da sua coroa, o ferimento com uma lança no lado, as esbofetadas dadas pelos soldados, os gemidos que ele teve ao carregar aquela cruz que era nossa. Tudo para cumprir o plano da redenção.

- Oração do coração: Senhor Jesus, louvado seja o teu nome porque tu és o nosso pão vivo que desceu do céu! O pão que trouxe redenção! O pão que alimenta a nossa alma. Bendito o teu nome divino!

Comentários

Postagens mais visitadas