Não dê as costas para Deus


- Texto para reflexão: Mas tens praticado o mal, pior do que todos os que foram antes de ti, e foste fizeste para ti outros deuses e imagens de fundição, para provocar-me à ira, e me lançaste para trás das tuas costas (I Reis 14.9).

Hoje pela manhã ouvi uma canção que mexeu com o meu coração: Abraça-me de David Quinlan.
A canção diz:

“Quero ser como criança. Te amar pelo que És. [Voltar à inocência]. Voltar à inocência [E acreditar em Ti]. E acreditar em Ti. Mas às vezes sou levado pela vontade de crescer. Torno-me independente e deixo de simplesmente de crer. Não posso viver longe do Teu amor, Senhor. Não posso viver longe do Teu afago, Senhor. Não posso viver longe do Teu abraço, Senhor. [Não posso]. Não posso viver longe do Teu amor, Senhor. Não posso viver longe do Teu afago, Senhor [Abraço]. Não posso viver longe do Teu abraço, Senhor. Abraça-me, abraça-me, abraça-me, com Teus braços de amor. "Levante sua voz e peça pra Ele te abraçar". Abraça-me, abraça-me, abraça-me, com Teus braços de amor. Abraça-me. Abraça-me, abraça-me, abraça-me, [Abba Pai]. Com Teus braços de amor. Abraça-me, abraça-me, abraça-me, com Teus braços de amor. Com Seus braços de amor. [Não posso viver]. Não posso viver longe do Teu amor, Senhor. Não posso viver longe do Teu afago, Senhor. Não posso viver longe do Teu abraço, Senhor. [Eu não posso] Não posso viver longe do Teu amor, Senhor. Não posso viver longe do Teu afago, Senhor. Não posso viver longe do Teu abraço, Senhor. [Senhor]. Abraça-me, abraça-me. Abba Pai, Abba Pai. Abraça-me, abraça-me, abraça-me com os Teus braços de amor” (Composição: David Quinlan).

O que me chamou a atenção é o desejo expresso de querer ser como criança, de amar ao Senhor e de voltar à inocência. E a parte que enfatiza que não pode viver longe do amor do Senhor.
Olhando para a realidade da vida de Jeroboão percebemos um abandono destas verdades.O texto afirma que ele teve algumas atitudes terríveis diante de Deus?
· Praticou o mal, pior do que todos os que foram antes dele;
· Fez para ele outros deuses e imagens de fundição;
· Provocou a ira de Deus;
· Lançou Deus para trás das costas.

Vejam que Jeroboão não confiou em Deus e em sua promessa. Ele temeu que o povo de Israel voltasse a Jerusalém para celebrar suas festas religiosas anuais, e então decidiriam rejeitá-lo como rei. Em vez de confiar em Deus, ele pôs sua confiança em sua própria sabedoria. Para distrair o povo da verdadeira religião praticada em Jerusalém, ele instituiu engenhosas imitações dentro de Israel. Ninguém teria que ir a Jerusalém se ele lhes oferecesse uma religião substituta. Ele deu ao povo um novo conjunto de símbolos, novos sacerdotes e novos dias festivos. Com seus bezerros de ouro, ele, como Arão, ofereceu ao povo um objeto de adoração visível, que aparentemente pretendia representar o Deus verdadeiro que os tinha tirado do Egito (I Reis 12.28).
Jeroboão levou Israel a perder de vista a verdadeira adoração espiritual do coração. Ele usou sacerdotes humanos e pastores não qualificados, em vez de escolher os servos que Deus quer. Daí a afirmação de que fez pior do que todos outros.
Jeroboão tinha tudo que precisava para ser muito bem sucedido. Quando Deus mandou o profeta Aías falar com Jeroboão sobre o plano divino de lhe entregar as 10 tribos de Israel, ele prometeu a permanência da família de Jeroboão no trono, se este fosse fiel ao Senhor: Se ouvires tudo o que eu te ordenar, e andares nos meus caminhos, e fizeres o que é reto perante mim, guardando os meus estatutos e os meus mandamentos, como fez Davi, meu servo, eu serei contigo, e te edificarei uma casa estável, como edifiquei a Davi, e te darei Israel (I Reis 11.38). Ele tinha a oportunidade de estabelecer sua dinastia em Israel! Mas, houve esta condição
Esta condição de obediência foi o problema de Jeroboão. Com atos absolutamente corruputos Jeroboão virou as costas para Deus.
Este homem depois de ouvir as histórias de seus antepassados não compreendeu a dimensão da obediência como item primordial para ser rei.
Não podemos dar as costas para Deus em hipótese alguma. Quando Deus fala, devemos ouvir a sua voz sempre. Na vida de Jeroboão, Deus o chamou a atenção 5 vezes. E daí a idéia forte de que ele virou as costas para Deus. Se Jeroboão tivesse respeitado a lei já revelada, poderia ter evitado muito sofrimento (Provérbios 16.20 e 19.16).
Não podemos dar as costas para aquele que nos ama e nos quer bem. Devemos abandonar o erro e buscar um lugar para servir ao Senhor conforme a vontade dele.
É terrível alguém ouvir Deus falando: Lançaste-me para trás das tuas costas!
Em nome de Jesus não demos as costas para o Senhor, diante de quem, não podemos viver longe jamais!
____________
Alcindo Almeida

Comentários

Postagens mais visitadas