Leituras em julho de 2016


EGGERICHS, Emerson. Amor e respeito na família. O que os pais mais desejam, do que os filhos mais precisam. São Paulo: Mundo Cristão, 2016. O livro oferece orientações práticas para romper o que os autores denominam o ciclo insano que realimenta a discórdia, afasta pais e filhos e torna o lar um ambiente tóxico. A simplicidade da argumentação do autor surpreende e tem cativado centenas de milhares de pessoas em vários países, ao permitir que pais e filhos conheçam as próprias limitações e encontrem um caminho comum para um relacionamento saudável e que ainda os torne amigos para sempre. Contém 244 páginas. 

ARTERBURN, Stephen. A batalha de todo homem: Um guia para homens sobre como vencer as tentações sexuais. São Paulo: Mundo Cristão, 2004. A batalha de todo homem é um livro escrito exatamente para cristãos que estão em luta constante para manter a pureza sexual e a integridade de seu compromisso conjugal, na certeza de que Deus garante os recursos para que eles vençam esta guerra. Contém 256 páginas. 

ROOKMAAKER, Hans. A arte moderna e a morte de uma cultura. Minas Gerais: Ultimato, 2015. Rookmaaker apresenta de forma brilhante os movimentos e a turbulência cultural dos anos sessenta, bem como o seu impacto hoje, especialmente sobre o mundo das artes. Para Rookmaaker, o que está em jogo não são apenas os movimentos culturais e as tendências, mas também as questões espirituais e como relacionar a fé cristã com os diferentes campos da cultura. O livro é um marco na compreensão cristã das artes. Uma obra essencial para aqueles que se encantam com a produção musical, a arte performática, as artes visuais ou o cinema contemporâneo. Importante tanto para o leigo quanto para o profissional e o estudante de artes, ela aponta o abandono de crenças fundamentais e suas implicações para a nossa caminhada cristã. Contém 280 páginas.

DISCROLL, Mark. Pecado sexual. Publicação: Hermenêutica Particular. O livro mostra aos cristãos como eles podem, através de atitudes e da ajuda de Cristo, a se libertarem da escravidão do pecado sexual. Contém 20 páginas.

CHAN, Francis. Você e eu para sempre. O casamento à luz da eternidade. São Paulo: Mundo Cristão, 2016. Você eu para sempre é diferente de tantas obras sobre casamento, mas, se você está em busca de experimentar uma vida a dois, abençoada por Deus. Francis e Lisa Chan poderão ajudá-lo a compreender que é a partir da perspectiva do longo prazo oferecido por Deus àqueles que o amam que as questões do cotidiano podem ser mais bem equacionadas. Descubra como dar um novo e eterno sentido ao seu casamento. Contém 160 páginas.

STANLEY, Andy. Como ser rico. Não é o que você tem. É o que faz com o que tem. São Paulo: Vida, 2015. Você provavelmente não se sente rico; rico sempre é o outro e é ter mais do que você na realidade tem. Mas você pode ser rico e não se sentir assim. E esse é o problema. Andy Stanley está convencido de que, muitos são mais ricos do que pensam ser. Apenas não somos muito bons nisso. Uma coisa é ser rico; Andy quer nos tornar bons em ser rico. Contém 128 páginas.

Comentários

Postagens mais visitadas