Minuto de graça de Natal 8 - Ele assumiu o nosso lugar

A grande verdade é que em Adão todos nós fomos manchados pelo pecado e quando pensamos na estrutura humana caída, o mais inteligente a fazer seria descartar-se da raça humana; jogá-la fora e começar tudo de novo. Deus não precisaria mais contar com essa raça humana defraudada pelo pecado. Ele arrasou com a criação. Mas, Deus jamais faria isso e como ele é justo e ao mesmo tempo amor, ele resolveu preparar uma intervenção divina. Esse Deus amoroso e justo decidiu levar a raça humana para um lugar de mudança de natureza. Ele trocou os trapos manchados removendo a nossa pena por causa do seu eterno amor por seres para lá de desprezíveis. O amor divino celebrou esse ser amado chamado homem e ele amou ao enviar aqui na terra uma parte de si mesmo. Ele mandou Jesus Cristo, seu único Filho. Ele veio até nós para padecer, sofrer, ser humilhado. Para assumir num madeiro a nossa pena e nos trazer de volta para a amizade e comunhão com ele. A Bíblia é muito profunda em dizer que Jesus se fez pecado por nós. Ele assumiu o nosso lugar para que não fôssemos mais desprezíveis, mas objetos do amor e da graça do Eterno Deus. Isso tem a ver com aceitação, graça, perdão e compaixão. Isso é Natal, ver o que Deus fez por gente pecadora e terrível como nós. Amor que abraça, amor que resgata, amor que considera gente desprezível, como amada e aceita. Graças ao plano do Eterno Deus que nos trouxe de volta para si em Jesus (Alcindo Almeida). 


Comentários

Postagens mais visitadas