Escrevendo em Romanos 12

O culto que prestamos a Deus é a nossa própria vida e com todo o nosso coração. Mas, este culto deve ter sensibilidade espiritual. A nossa oferta diante de Deus é uma apresentação do nosso ser como um serviço vivo, santo e agradável a Deus. O culto na vida diária a Deus com inteligência passa pela sensibilidade. Passa pelo coração a verdadeira adoração a Deus. É impossível eu prestar um culto a Deus sem coração. É impossível eu prestar um culto a Deus de maneira viva, santa e agradável a Deus se não for com o coração.

Comentários

Postagens mais visitadas