Há uma parte do livro do Dr. Houston que ele afirma algo precioso:

Nós precisamos de dois tipos de amizades: a amizade de Deus, como Pai, Filho e Espírito Santo, e a amizade humana, que encorajem a vida espiritual na trivialidade tão comum do dia-a-dia. Richard Rolle, um místico inglês do século XIV, reconheceu o quão importante esta... “amizade de alma” poderia ser: A amizade santa verdadeiramente provém de Deus, de modo que em meio à desventura deste exílio, seremos confortados com o conselho de amigos até que cheguemos a ele. Amizades como estas nos conectam com a amizade de Deus. Uma alma amiga pode nos encorajar a prosseguir na fé cristã, permitindo-nos incorporar as qualidades da fé que somente podem ser expressas em relacionamentos com outras pessoas”
(HOUSTON, James. A oração. Aprofundando a sua amizade com Deus. Brasília, DF: Palavra, 2007, pp. 231, 232).

Comentários

Postagens mais visitadas