Leituras no mês de abril de 2010


1.LOPES, Hernandes Dias. Transformando vidas. São Paulo: Socep, 2007. O nosso tempo experimenta mudanças como nunca se viu na história da humanidade. Os avanços tecnológicos e médicos são exemplos de progresso e evolução. O mundo é hoje uma "Aldeia Global". Em contrapartida, os relacionamentos são superficiais, as famílias estão desestruturadas, o ser humano está só. Este é o momento que as pessoas mais precisam de Deus. Transformando Vidas traz reflexões de profundo impacto para cada leitor. O autor compartilha as verdades lindas e extraordinárias da Palavra de Deus. Hernandes utiliza sua capacidade de síntese sem deixar de lado a profundidade teológica. Os assuntos apresentados abordam aspectos da vida pessoal, familiar, social e espiritual. Contém 160 páginas.

2.
BITUN, Ricardo. Henri Nouwen de A a Z. São Paulo: Vida, 2009. Muitas obras trazem comentários e alusões sobre a vida e os escritos de vários teólogos. No entanto, é ainda mais enriquecedor recorrer à própria fonte que tem inspirado esses registros. Esse é o objetivo de Henri Nouwen de A a Z, obra cuidadosamente elaborada, que coleta alguns de seus mais importantes pensamentos, para todos os interessados em conhecer melhor o pensamento desse fantástico autor cristão. A coragem de despir sua alma diante de seus leitores, apresentando o lado mais sombrio e secreto de seus desejos, é que faz de Nouwen um escritor admirado, sincero e agradável de ler. Ao escrever sobre suas áreas de conflito, ele se humaniza, encurtando todo distanciamento que possa vir a existir entre sua vida humana — cheia de falhas e de insucessos — e a vida do leitor, também humana. Contém 479 páginas.

3. MAXWELL, John C.. O poder da liderança. São Paulo: Garimpo, 2009. Ao longo dos séculos, homens e mulheres notáveis procuraram sintetizar em uma ou poucas sentenças, a essência da liderança. Registradas por seus contemporâneos, essas frases resistiram ao tempo por conterem verdades sólidas, servindo de referência para pessoas que se destacam no mundo moderno à frente de organizações, de empresas e dos mais diversos tipos de grupo. Este livro, um dos três que compõe a série "Pensamentos do líder", desvenda os princípios comprovados de uma liderança poderosa, apresentados e comentados por um reconhecido perito no assunto. Em O poder da liderança, John C. Maxwell reúne dezenas citações de importantes personagens de diversos campos do conhecimento e da atividade humana sobre o tema e adiciona reflexões de grande valor que evidenciam a utilidade e a aplicação de cada frase na experiência do líder. Contém 160 páginas.

4.
CHAN Francis. Louco amor. São Paulo: Mundo Cristão: 2010. A intensidade e a vibração dos primeiros momentos aos poucos são tomadas pela rotina e o que antes era uma feliz dependência torna-se um fardo, quando não, a cínica indiferença para com o outro. Infelizmente, o mesmo ocorre em nosso relacionamento com Deus. Acabamos nos acostumando a viver longe dele... só demoramos a nos dar conta disso. Nossa suposta auto-suficiência torna difícil encaixar Deus num mundo cujas principais respostas já foram dadas. Se essa é a conclusão a que chegamos, vale a pena ler e ouvir alguém que não se conforma com desculpas fatalistas. Francis Chan dedica sua vida a ser um tipo diferente de cupido. Tendo experimentado com grande intensidade o amor de Deus, empenha-se em contagiar outras pessoas a (re)viverem a mesma paixão. Segundo Chan, apenas experimentando e nutrindo um honesto relacionamento com Deus podemos dar a necessária chacoalhada em nossa vida e espantar a terrível mornidão que caracteriza nossa atitude diante do Pai. Contém 176 páginas.

5.
MANNING, Brennan. O anseio furioso de Deus. São Paulo: Mundo Cristão, 2010. O anseio de Deus por você é maior e mais forte que qualquer elemento impulsionador da pior catástrofe que você consiga imaginar. Deus não descansa enquanto não o encontra, esteja onde e como estiver, e o traz para ele de volta, para o seu afável cuidado. Você é o que Deus tem de mais precioso. E nada é capaz de separá-lo do amor “furioso” do Criador. Aprender a viver nesse amor e confiar em Deus é o convite que só Brennan Manning, com seu toque peculiar, poderia fazer. O anseio furioso de Deus fala sobre um relacionamento de profundo amor com Deus, o amor com o qual ele ama o homem e que o fez entregar seu único filho para a morte na cruz. Deus nos ama e espera que cultivemos uma relação íntima com ele. É para este anseio divino que Manning nos desperta e leva. Cada capítulo encerra-se com algumas perguntas e reflexões nas quais vale a pena meditar. O objetivo não é que você encontre a resposta “certa”, e sim que essas reflexões o façam parar e meditar sobre o tema tratado naquele capítulo, operando grandes mudanças em suas atitudes para com o Deus que tanto te ama. “Acredito que a expressão anseio furioso é a melhor maneira de descrever o anelo que Deus sente por você e por mim. Se você conseguir levar consigo apenas uma mensagem da leitura deste livro, que seja a aquisição do hábito de orar essa passagem da Escritura (Cantares 7:10)”. Contém 112 páginas.

6. KEMPIS, Tomás de. A imitação de Cristo. São Paulo: Shedd, 2005. Este livro é um dos mais lidos nos últimos 500 anos. É um manual de espiritualidade para aqueles que estão dispostos a crescer no discipulado radical. Pode inclusive, ser usado, seguindo as divisões de capítulos, como leitura diária devocional. Contém 216 páginas.

Comentários

Postagens mais visitadas