Um coração cheio de perdão

Olhando para o momento de encontro de José com seus irmãos, percebemos que ele tinha tudo para se vingar deles. Ele poderia pegar o seu batalhão de soldados egípcios e acabar com Rubem, Judá, Simeão e os demais. Ele poderia apenas salvar seu pai, Diná e Benjamim seu irmão mais novo. Ele poderia fazer isto e tudo ficaria absolutamente tranquilo. Mas, José é revestido de uma visão de Deus, que ele recebe temor de Deus e assim, trata os seus irmãos com o perdão no coração. José chora o choro do perdão e Deus nos convida para esta visão do perdão. Deus nos chama para olhar para as pessoas que nos magoaram e tratá-las como José tratou aos seus irmãos. Ele entendia o propósito de Deus na sua vida e, por isso, o seu coração estava cheio de perdão. Mesmo diante da maldade feita pelos irmãos dele. Ele perdoa com a graça que recebeu de Deus Pai. O convite de Deus para nós é que façamos o mesmo para com aqueles que nos feriram. Para com aqueles que nos humilharam. Para com aqueles que nos jogaram nos buracos da vida (Alcindo Almeida).

Comentários

Postagens mais visitadas