Uma parte do livro Filhos: da sobrevivência ao sucesso

Não existe essa história de pais perfeitos; sendo assim, sem dúvida, você errou feio em muitas áreas. É óbvio — infelizmente — que não podemos desfazer erros do passado. Confesso que daria quase tudo por outra chance de poder aplicar os princípios que só consegui descobrir depois dos erros crassos que cometi. Mas temos duas alternativas: passar o resto dos anos nos lamentando no quintal das lembranças ou olhar para a frente e tomar a iniciativa de criar um futuro mais positivo. Vamos ficar com a segunda opção. Se não podemos corrigir os erros do passado, podemos repará-los e recomeçar. Descobri, muitos anos depois de criar meus filhos, que nunca é tarde demais para começar o processo de cura (Swindoll, Charles. Filhos: da sobrevivência ao sucesso. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2007, p.11).

Comentários

Postagens mais visitadas