Um referencial de companheirismo


Hoje li esse texto e fiquei pensando mais uma vez na vida de Davi e como ele estava. Ele vem fugindo de um lugar para o outro. O seu corpo está cansado, ele está desanimado de tanta perseguição de Saul sem ele ter feito nada para o rei. E quando ele está numa crise enorme, Deus envia seu pai e seus irmãos para a caverna de Adulão, cujo significado é refúgio e Ali estiveram com ele. O texto diz que todos os que se achavam em aperto, todos os endividados e todos os amargurados de espírito se ajuntaram a Davi e ele se fez chefe deles. O número era cerca de quatrocentos homens.
Agora imaginem o rei perseguindo Davi, ele estava em total apuro e o texto mostra claramente que no meio da crise de Davi, vem mais pepino para ele. Homens em aperto com problemas, homens e endividados e todos os amargurados de espírito. Todo este grupo está com outro homem em crise total. Mas, o texto diz para nós que Davi se fez chefe deles.
A minha pergunta é: Que tipo de pessoa extraordinária é este Davi? Pois, no meio de um terremoto Grande na sua vida, ele ainda tem tempo para ser companheiro de endividados, de amargurados de espírito e de homens em aperto?
Davi é um referencial de companheirismo no meio de uma crise horrível. Ele não se preocupa somente consigo mesmo, mas com os outros também e estende o seu ombro amigo para gente que eu e vocês não gostaríamos de estar perto. Esta é a proposta do Evangelho do Reino de Deus, é a proposta de gente em crise cuidar de outros em crise. E a proposta de se doar.
I Samuel 22.1: Depois Davi, retirando-se desse lugar, escapou para a caverna de Adulão. Quando os seus irmãos e toda a Casa de seu pai souberam disso, desceram Ali para ter com ele. Ajuntaram-se a ele todos os que se achavam em aperto, todos os endividados, e todos os amargurados de espírito; e ele se fez chefe deles; havia com ele cerca de quatrocentos homens.
_______
Alcindo Almeida - Equipe pastoral da IP Alphaville
(11) 4153-1514 IPAlpha.

Comentários

Postagens mais visitadas