Deus nos olha quando estamos angustiados e aflitos


-Texto para reflexão: Ouve, ó Deus, o meu clamor e atende à minha oração. Desde a extremidade da terra clamo a ti, estando abatido o meu coração, leva-me para a rocha que é mais alta do que eu. Pois, tu és o meu refúgio, uma torre forte contra o inimigo. Deixa-me habitar no teu tabernáculo para sempre, dá que me abrigue no esconderijo das tuas asas. Pois, tu, ó Deus, ouviste os meus votos, deste-me a herança dos que temem o teu nome. Prolongarás os dias do rei e os seus anos serão como muitas gerações. Ele permanecerá no trono diante de Deus para sempre, faze que a benignidade e a fidelidade o preservem. Assim cantarei louvores ao teu nome perpetuamente para pagar os meus votos de dia em dia (Salmo 61.1-8).

Davi apresenta a Deus a sua oração porque ele está num profundo momento de angústia da alma. E mesmo no meio da angústia ele apresenta como sempre um cântico de gratidão e louvor a Deus por estar com ele e ampará-lo sempre.
Ele pede ansiosamente para que Deus ouça o seu clamor e atenda a sua oração. Muito provavelmente tenha sido a angústia gerada pela conspiração do seu próprio filho Absalão que intentava usurpar o trono de seu próprio pai. Quando vemos a palavra clamor podemos identificar a veemência de seu desejo, o seu fervor íntimo e o tom profundo de submissão a Deus. Ele identifica o seu Deus como o único a quem pode recorrer e clamar pedindo alívio e a resposta de oração. Mesmo sendo rei ele diz que desde a extremidade da terra ele clama a Deus. Ele reconhece que só Deus é poderoso para lhe responder aos dramas que ele está enfrentando.
Ele afirma que o seu coração está abatido. Em outras palavras, o seu coração estava inquieto e agitado. O seu coração estava envolvido em preocupações sobre o que Absalão poderia aprontar. Davi estava angustiado e oprimido. Parece que nós vivemos assim hoje diante das nossas crises. Ficamos com o coração inquieto, agitado e profundamente angustiado. Com isso perdemos o sono e somos acometidos por um negócio chamado depressão. Desta forma não temos cabeça para nada na vida diária. Davi está mais ou menos assim. Até que na sua oração ele pede: Leva-me para a rocha que é mais alta do que eu. Pois, tu és o meu refúgio, uma torre forte contra o inimigo. Deixa-me habitar no teu tabernáculo para sempre, dá que me abrigue no esconderijo das tuas asas. Pois, tu, ó Deus, ouviste os meus votos, deste-me a herança dos que temem o teu nome.
Davi cai em si mesmo e percebe o quanto Deus é maravilhoso no cuidado da vida dele. E então ele pede para que Deus o leve para a rocha que é mais alta do que ele. Ele pede para que Deus o conduza àquela segurança que ele não poderia ter com seus soldados e nem com outros homens (CALVINO, p. 562). Deus era o único que poderia ser sua fortaleza segura (Salmo 46.1). Só Deus era capaz de resgatá-lo diante dessa luta com seu próprio filho. Ele entende que Deus era sua esperança se lembrando dos grandes feitos que Deus realizou na sua vida. Ele entende que Deus é a sua torre forte contra qualquer inimigo. Na verdade no texto nós não deveríamos usar: pois e sim porque tu és. No texto porque indica a certeza de que Deus, de fato, era a torre forte e a esperança de Davi.
Davi pede para habitar no tabernáculo de Deus para sempre porque na casa de Deus ele tinha paz e era mesmo como o pássaro protegido pelas asas da sua mãe. Davi termina o Salmo afirmando que Deus ouviu seus votos e deu a ele uma herança. E diz que Deus prolongaria os seus dias como rei. Ele profeticamente afirma que permanecerá no trono diante de Deus para sempre como um próprio tipo de Cristo. E ele pede para que Deus faça com que a benignidade e a fidelidade o preservem. E diz que cantará louvores ao nome do Senhor perpetuamente para pagar os seus votos de dia em dia.
O que vemos de extraordinário neste Salmo é que Davi permanece confiante diante de Deus em todo tempo da sua vida.
O convite do eterno Deus é tenhamos esta confiança sempre na vida. O convite é que tenhamos a certeza de que Deus está ao nosso lado mesmo nos momentos mais complicados dela!
_____________________
Alcindo Almeida IP Pirituba.

Comentários

Postagens mais visitadas