Vejam o filé que vem por aí...

PIPER, John. Justificados em Cristo -Devemos Abandonar a Imputação da Justiça de Cristo?

“Esta é uma obra magnífica, maravilhosa em sua clareza, notável por seu tratamento fiel e minucioso dos textos bíblicos e poderosa na força de sua argumentação. A resposta simples e potente do Dr. Piper aos ataques recentes à compreensão protestante histórica da justificação pela fé irá curar uma multidão de doenças teológicas. Este é certamente um dos livros mais belos e mais importantes a serem publicados em muitos anos.”

JOHN MACARTHUR. Pastor da Grace Community Church em Sun Valley, Califórnia. Presidente da Universidade The Master’s College

“Esta é certamente a defesa mais sólida da justiça imputada de Cristo, desde a obra de John Murray, cinquenta anos atrás. Estou encantado que o Dr. Piper tenha estabelecido esta doutrina importante, não como um mero artigo da tradição confessional, mas no alicerce sólido da Palavra de Deus.”

JOHN M. FRAME. Professor de Teologia Sistemática e Filosofia. Reformed Theological Seminary, em Orlando

“Sou grato pelo zelo de John Piper pela glória de Cristo e pelo bem da Igreja, e por sua exegese cuidadosa dos textos relevantes.

JOHN STOTT. Reitor emérito da All Souls Church, em Londres, presidente do London Institute for Contemporary Christianity, e conhecido mundialmente como mestre da Bíblia e escritor.

“John Piper prova de maneira clara e poderosa que esta é a visão da Bíblia e não apenas da teologia protestante ortodoxa. A Igreja deve dizer ‘não!’ para aqueles que declaram que a imputação é ultrapassada. Se a imputação é ultrapassada, então o Evangelho também é.”

R. C. SPROUL. Presidente do Ministério Ligonier Ministries. Professor Emérito de Teologia Sistemática e Apologética. Knox Theological Seminary“

Com John Piper, creio que assim como a doutrina da justificação pela fé é um meio vital para a saúde da igreja, da mesma forma, a justiça imputada de Jesus Cristo é um elemento vital em afirmar tal doutrina. Portanto, de bom grado recebo a reafirmação cuidadosamente argumentada do Dr. Piper.”

Comentários

Postagens mais visitadas