O começo da esperança

O caminho entre o domingo de Ramos e o domingo de Páscoa é o caminho da paciência, o caminho do sofrimento. A nossa palavra paciência deriva do antigo radical patior, que significa sofrer. Aprender a paciência é não nos rebelarmos contra cada adversidade, porque, quando insistimos em esconder nossas dores com “Hosanas” fáceis, corremos o risco de perder nossa paciência.
Quando a frivolidade do caminho fácil se desgasta, nós tornamo-nos amargurados e cínicos, ou violentos e agressivos. Em lugar de tudo isso, Cristo convida-nos a permanecer em contato com os muitos sofrimentos de cada dia e a experimentar o começo da esperança e da nova vida, justamente aí onde tivemos, no meio das feridas, dores, falência. Ao observar sua vida, os seguidores de Cristo perceberam que, quando todos os gritos “Hosanas” da multidão cessaram, discípulos e amigos o abandonaram.
____________
NOUWEN, Henri. Transforma meu pranto em dança. São Paulo: Thomas Nelson, 2009, p. 24.

Comentários

Postagens mais visitadas